categoria8 category image

Caixa Postal Di Moça (Novembro)

16 . dezembro . 2014

Ai que saudade de compartilhar com vocês os produtos que recebi e comprei durante o mês! Adoro interagir com vocês para que a gente possa conhecer os produtos, marcas e até valores mais próximos do nosso orçamento, né?
Este mês recebi bastante produtos e comprei outros também – porque não sou de ferro e logo logo vou ter que dividir o cartão de crédito com o Lucca. Decidi postar algumas coisas porque o post ficaria muito extenso, com muitas fotos. Espero que gostem das dicas também!

Aqui fica a legenda da foto agora

CD com músicas celtas de ninar!

Tive uma surpresa muito agradável e inesperada em Novembro. O escritor Pete Nelson (livro Queria que estivesse aqui) enviou três CDs, dois deles sendo de sua autoria e outro com músicas celtas de ninar para o Lucca. Quanto amor em um pacote só, meu Deus. E não é que o Pete canta muito bem? As músicas celtas são tão lindas e espero que o Lucca caia no soninho ao ouvir o CD compilado com tanto afeto!

Recebi de parceria da Gutenberg um dos livros mais fofos deste ano e que estava na minha wishlist. O Livro do Bem oferece em cada página a chance de tornarmos a vida mais alegre. Logo vou fazer um post sobre ele!
Vocês viram que o Livro do Bem estava por R$ 9,00 no Black Friday das Lojas Americanas? Tentei comprá-lo mas meu carrinho estava com problemas (-.-‘). Quem conseguiu comprá-lo?

Já da Editora Novo Conceito recebi um pacote com os lançamentos do mês e adorei! Entre eles estão Apenas um dia de Gayle Forman (mesma escritora de “Se eu ficar”), Eve & Adam de Michael Grant (adoro esse escritor), As estranhas e belas mágoas de Ava Lavender de Leslye Walton. Alguém já leu algum deles? Por favor, me contem nos comentários!

Outro livro surpresa que os parceiros da Record receberam foi o Indo Longe Demais da Tina Seskis. Adorei a sinopse do livro e não vejo a hora de começar a leitura. Mas confesso que tenho receio de ler alguns livros com o Lucca na barriga, vai que as minhas sensações e sentimentos passam para ele e o deixam assustado? Hihihi.

Mais um livro de parceria, dessa vez com a Editora Valentina que enviou Almanova com muito carinho e rapidez. Já terminei a leitura e tem resenha aqui. Quem já leu e quiser deixar as impressões sobre ele nos comentários, fique à vontade! ;)

Aqui fica a legenda da foto agora

Muito amor pelo meu Gru! Será que vou ter que disputá-lo com o Lucca?

Meu aniversário foi em Setembro mas só pude ir até à casa da minha amiga Gabriela no mês passado, acreditam? Me falta vergonha na cara, eu sei. Tivemos um dia super agradável e ainda ganhei esse boneco Gru que dorme do ladinho da minha cama! Muito amor, né? Também ganhei uma camiseta linda do Jack Sparrow (amo!) mas por enquanto não serve por causa da barriga!
Muito obrigada Gabis, eu amei tudo-tudo!! ;*

Aqui fica a legenda da foto agora

Compre na loja online por R$ 36,00.

E esses chinelos das Havaianas com estampas de cachorrinhos! Sem contar esse pingente de dog que já vem incluso no chinelo! Minha mãe acertou no presente! Também, depois de falar e mostrar várias imagens pra ela, é difícil errar né?
O único problema é que preciso mantê-los afastados dos meus sete lhasas que amam morder meus chinelos.

Aqui fica a legenda da foto agora

Agenda Snoopy na Saraiva por R$ 22,90.

Quem é desesperada para comprar agendas antes mesmo do ano acabar levanta a mão! \o. Em Novembro já fui em algumas livrarias da cidade pra achar a agendinha perfeita de 2015. Quando vi essa do Snoopy em capa dura, me apaixonei! Prefiro assim porque cabem melhores dentro da bolsa (não gosto com espirais). Outro detalhe que eu sempre observo é que temos um dia por página, inclusive os sábados e domingos, me oferecendo mais espaço para escrever. Quero utilizá-la tanto para o blog quanto para o meu dia a dia. Muito linda a turma do Snoopy, né?

Aqui fica a legenda da foto agora

Livro Mamãe Walsh na Fnac por R$ 14,30.

E quem é fã de Marian Keyes não poderia deixar de fora da coleção o lançamento Mamãe Walsh – Pequeno Dicionário da família Walsh. Eu não tinha ideia de que ele fosse menor e com menos páginas porque todos os livros da Marian Keyes lançados no Brasil têm bastante páginas. Mas, pensando bem, já que se trata de um dicionário faz sentido ele ser curtinho. Gente, esse livro é altamente recomendado para quem é fã da família Walsh. Que livro divertido! Tem resenha dele aqui.
Infelizmente não aproveitei o Black Friday para adquiri-lo no valor mais barato então acabei comprando na Saraiva da minha cidade.

Enquanto eu circulava pela Saraiva, procurando o que comprar, encontrei na seção infantil vários toys com esses olhos grandões e lindos-de-morrer. Nhóin, queria comprar um para o Lucca mas os que tinham lá eram mais femininos. Porém, quando dei de cara com esse unicórnio ultra-mega-fofo, não resisti, abracei e já me encaminhei ao caixa. Os bichinhos Beanie Boos têm esse detalhe de olhos grandes e fofinhos, com cara de quem quer carinho. Tem vários modelos (zebra, leão, pinguim, cachorro, elefante, polvo, macaco) e já quero uma coleção deles! Posso?
Aqui eu paguei R$ 29,90 mas é possível encontrá-los em outros lugares por outros valores.

Essa comprinha foi para o Lucca. Chegou o momento de eu lavar as roupinhas do meu bebê, montar a malinha de maternidade (oi, Kipling!) e comprar o berço e uma cômoda para colocarmos os produtinhos dele. No começo eu queria comprar os produtos de limpeza das marcas mais conhecidas e que têm aquele cheirinho típico de bebê mas a mãe do meu sobrinho orientou que tais produtos possuem ingredientes muito fortes para um recém-nascido. A pediatra do Guilherme recomendou a linha da Granado e resolvi ir à loja para conferir os produtos.
O kit já veio prontinho mas inseri outro produto que não vinha junto (o creme para assaduras). Ainda não testei, claro, mas pretendo fazer um post sobre todos os produtos da linha e minhas impressões sobre eles depois de usá-los no Lucca.

Aqui fica a legenda da foto agora

Bolsa Maternidade Camama

Como vocês já viram neste post, eu queria muito uma bolsa maternidade que coubesse tanto minhas coisas como as do Lucca. Claro que me lembrei da Kipling porque tenho algumas bolsas dela e são sensacionais, tanto pela versatilidade quanto pelo espaço oferecido para guardarmos nossas coisinhas. Fiquei tão feliz quando vi a linha maternidade que fui até o Shopping da minha cidade atrás da Camama. Não resisti e comprei na cor azul marinho. Logo logo estarei organizando a malinha do Lucca e mostro tudo para vocês aqui no blog!

Aqui fica a legenda da foto agora

Nécessaire Creativity XL

Aproveitando o momento comprinhas, fiquei apaixonada por essa nécessaire também da Kipling! Eu estava à procura de uma que coubesse minha câmera digital e outros itens quando eu precisasse fazer um passeio rápido. E ela é perfeita para esses momentos! Quando eu não estou afim de levar bolsa, só o essencial como a chave do carro, celular e documentos, ela me serve como luva já que tem três divisórias! Também é ideal para os itens de beleza e, assim, eles não ficam perdidos dentro da sua bolsa. Uma beleza!

Antes de me despedir de vocês queria a opinião de cada um sobre a Caixinha Postal: vocês preferem em vídeos ou em fotos? Às vezes fico com receio de encher o post com fotografias e enjoá-los, por isso aguardo a resposta de vocês aqui nos comentários! *-*
Espero que tenham gostado dos produtos e, caso tenham se interessado em algum deles, compartilhe com a gente onde comprou, o que achou e se tem dicas de valores!
Beijos di moça!

categoria2 category image

As Joias de Manhattan :: Carmen Reid

21 . janeiro . 2013

Eu me impressiono com a capacidade que alguns escritores tem em me surpreender no decorrer da leitura. Quando menos esperamos, um acontecimento, uma fala ou um personagem pode nos cativar e tornar a leitura, antes desanimadora, em adrenalina e sorrisos.
Um livro pode mudar o jogo quando menos esperamos…

As Joias de Manhattan (The Jewels Of Manhattan)
Autora: Carmen Reid
Páginas: 350
Editora: Bertrand

* Livro enviado pela editora como cortesia.
Sinopse:

Como todos os planos malucos, este foi planejado em um guardanapo de papel. 1. Roubar joias fabulosas 2. Vender as joias por milhões 3. Viver feliz para sempre Era um plano brilhante e parecia tão simples… depois de ter tomado vários coquetéis. Não era tão simples assim… se nunca roubou nada antes e se namora um policial. As três irmãs Jewel, Amber, Sapphire e Em, foram para Nova Iorque em busca da vida perfeita. Mas precisam roubar seu sonho? Ou vão conseguir resistir à tentação? Um conto romântico, maravilhoso e cintilante para quem já sonhou em ter uma vida mais brilhante

Crédito: Skoob

“O que quero saber é: quanto dinheiro você acha que uma garota precisa?”

Três irmãs com personalidade totalmente diferente mas um desejo em comum: realizar seus sonhos em Manhattan. Todo mundo vai para Nova York por uma razão. Para encontrar o sucesso, para encontrar o amor, para encontrar uma vida mais excitante do que a oferecida pela cidade natal.
Amber Jewel, uma menina-mulher de 24 anos que saiu de Bluff Dale, Parker County, Texas em busca de uma vida melhor. Dividindo um apêzinho com as duas irmãs, Amber trabalha no banco Dedalous há sete meses para ajudar sua mãe com o orçamento e a hipoteca da fazenda (no Texas). O que a moça não esperava era a rasteira que Nova York lhe daria.

Amber e sua irmã, Sapphire Jewel, encantadas com a vitrine da Bijoux Rox, entram na loja de joias hipnotizadas com a decoração natalina. Ah, quantas peças brilhantes e preciosas…. Essa vida de glamour deve ser fantástica mas com o salário que ganham não dá nem para sonhar com essa vida. Quase nove horas da noite, a loja está perto de fechar quando dois motoqueiros invadem a loja e roubam as joias. Oh meu Deus, que horror! Em menos de um ano as experiências das garotas não têm sido tão promissoras como achavam mas um assalto é traumatizante! Já não basta o relacionamento fracassado que Sapphire enfrentou, agora isso. Três milhões de dólares foram levados em joias e o que resta é o medo desta cidade grande.

Agora, Amber e Sapphire são duas testemunhas-chave para o detetive Jack Desmoine, 30 anos, branco, alto e musculoso (Amber não deixou de reparar, ui). Será tão fácil roubar uma loja de joias como os motoqueiros demonstraram? Oh não, Amber não pode pensar nisso. Sua irmã sofreu grandes traumas e o assalto é demais para elas.

Enquanto isso, Sapphire volta ao seu trabalho da maneira que pode. Na casa de leilões Aubrey Wilson & Sons a garota trabalha há mais de cinco meses no escritório de Catagolação Um. Ah, quantas joias passam por aquele escritório, quanta preciosidade em uma única peça. Além de valerem milhões de dólares. Incrível. Junto com Fergus, ambos fazem um trabalho incrível e estão aptos a trabalharem no próximo leilão na Wilson & Sons: as joias reais da duquesa de Windsor. Nossa, quanto não devem valer aquele colar, aquele broche? É uma responsabilidade muito grande para Sapphire e Fergus.

Porém, uma intimação no serviço de Amber pode mudar sua vida e colocar tudo em jogo. Ser chamada para o escritório do diretor de Recursos Humanos só pode significar uma coisa: demissão.
Ninguém vai para Nova York para ser despedida; gastar meses preenchendo formulários de vagas, buscando oportunidades, sendo reprovada em entrevistas, ficando preocupada com o aluguel e torrando o restante da poupança. Ninguém.
Será o fim das meninas em Nova York? O futuro as espera de volta no Texas?

“A vida parece ser muito mais fácil quando você tem muito dinheiro.”

Não, calma, é preciso manter a calma. Amber só precisa continuar firme, enviar currículos e procurar um outro emprego. E tudo vai dar certo. Vai dar certo.
Mas Emerald Jewel está de saco cheio! Com 21 anos, a garota sonha em “Ficar Famosa” e ser uma legítima MQNT: Mulheres que Não Trabalham. Sua atuação na peça teatral foi péssima, afinal de contas, jovens de várias escolas teatrais têm roubado seu momento de brilhar. Chega! Entre um coquetel e outro com Amber, Em cria um plano mirabolante e muito louco: roubar as joias da duquesa de Windsor! Não é louco, é fantástico! Sapphire tem todas as informações e acessos necessários às joias; Amber é planejadora e sabe mexer com contas de bancos e Em… bem, Em é irresponsável e imprudente! O trio perfeito! Só precisam encontrar o colecionador de joias que pagaria o preço das peças e bem vinda a vida de riquezas e sem trabalho!
Para isso, Em terá que se livrar de Fergus – o namoradinho de Sapphire -, e Jack, o detetive apaixonado pela sua irmã Amber. Em está pronta para entrar em cena e, muito mais do que isso, pronta para viver o seu próprio show.

“As únicas coisas que são impossíveis são aquelas que você nunca tentou.”

O plano foi arquitetado, nem Amber poderá impedi-la. Seu nome é Emerald e sua cena é agora… pera aí, alguma coisa deu errado… Na hora H, perto de roubar as joias, alguém as rouba primeiro! Os alarmes foram disparados, Em precisa sair correndo do prédio Wilson & Sons antes que alguém a pegue disfarçada de faxineira e… oh não, as joias foram parar na cesta de lixo em suas mãos! E agora? Quem vai acreditar em Em? Ninguém! É preciso fugir, do prédio, do páis, do continente…

Será que as irmãs Jewel terão, finalmente, uma vida de milhões? Mesmo de forma errada, às vezes é o jeito que conseguimos nossos sonhos. O que vale a pena: quatro milhões de dólares na conta ou uma vida digna e a mente em paz? Uma história romântica, maravilhosa e cintilante para quem já sonhou em ter uma vida de glamour.

A partir de uma invenção da própria filha, em que três irmãs roubavam joias em Nova York, a escritora Carmen Reid desenvolveu e aperfeiçoou a ideia, lançando As Joias de Manhattan. Uma versão mais adulta da que provavelmente sua filha inventou, mas que vale a pena desfrutar. Com o intuito de fazer o leitor sonhar, acreditar e se divertir, o livro traz uma dose bem gostosa de loucura e insensatez.

Impossível não rir com a personagem Em – Emerald -, a irresponsável com ideias mirabolantes e que podem dar certo. As conversas e filosofias que saem da boca de Em só podem resultar em diversão. Se você quiser levá-la a serio, fica por sua conta e risco, ok? ;)

Já Sapphire, a irmã romântica, que sonha com seu príncipe encantado, uma vida de pratos Italian Spode e talheres Old English Fiddle, nos faz sonhar mais alto também, afinal de contas, o romance é bem vindo em qualquer lugar e qualquer época, não é mesmo?

Amber é a irmã mais velha, aquela que cuida – das irmãs e da própria mãe. Responsável até demais, será que tem tempo para pensar em si mesma e no que realmente deseja?

De um modo geral, gostei da história e da ideia desenvolvida por Carmen Reid. Claro, confesso que a narrativa em terceira pessoa deixou a desejar, já que em chick lits e YA’s eu prefira narrativa em primeira pessoa. Outro aspecto que senti falta foi um personagem masculino encantador, do jeito que só encontramos nos chick lits. Jack Desmoine é um detetive engraçadinho, mas de um jeito bobo. Talvez ele precise ser esculpido mais vezes pela autora. Não sei.
Também não posso deixar de lado a torcida que eu fiz para Em conseguir a vida dos sonhos, com as joias “nos bolsos” e comprando seus casacos de pele, anéis de diamante e sapatos Chanel. E, lá no fundo, ficamos tentadas a pensar se seria possível realizar um roubo desses… Hahaha. Desespero?

Compartilhe conosco: o que seria uma vida perfeita para você?
Recomendado para quem deseja uma dose de descontração, diversão leve e uma vida repleta de sonhos!
Um beijo e até o próximo post! ;*

Carmen Reid

Carmen Reid é escritora, jornalista e… mãe de duas crianças. Já publicou diversos romances, além de escrever colunas semanais em dois jornais escoceses e contos para revistas.
Adora cozinha e, principalmente, escrever sobre a complicada vida da mulher moderna. Sua maior satisfação é fazer os leitores darem boas gargalhadas.
Carmen se mudou com o marido de Londres para Glasgow, na Escócia, logo após o nascimento do primeiro filho. “As Joias de Manhattan” é seu terceiro livro publicado no Brasil.


Site da autora | Site da Bertrand
uncategorized category image

Tem Alguém Aí? #4 :: Marian Keyes

21 . janeiro . 2011

Uuma das autoras que amo de paixão é Marian Keyes. O primeiro contato que tive com o mundo do chick lit foi o dela. Com Melancia, simplesmente me apaixonei pela autora, que me fez rir, chorar, xingar os homens de inúteis e cornos safados e ficar feliz por saber que nós, mulheres, realmente somos fortes, muito mais que possamos imaginar!
Eu tive a oportunidade de ler os livros da autora e essa é a primeira resenha que faço de um livro dela. Tem Alguém Aí? é o penúltimo livro da autora, lançado no Brasil, pela editora Bertrand.
Espero que gostem. Eu simplesmente amei esse livro e sou apaixonado pela família Walsh.

Tem Alguém Aí? #4 – Família Walsh (Anybody Out There? #4 – Walsh Family)
Autora: Marian Keyes
Ano: 2010
Páginas: 602
Editora: Bertrand Brasil
Sinopse:

Anna Walsh trabalha com relações-públicas em Nova York na Candy Grrrl – empresa que representa cosméticos – e tem todos os produtos que milhares de mulheres sonham em ter. Depois de um acidente de carro, Anna passa alguns dias em Dublin, na casa de seus pais, para se recompor fisicamente e colocar de volta os pedaços do seu coração no lugar.
Decidindo voltar para Nova York antes do tempo previsto, Anna tenta se envolver com o trabalho dos pés à cabeça, tirando dentro de si toda a energia que ainda resta após o terrível acidente, que não apenas deixou uma baita cicatriz no rosto, como deixou uma cicatriz em seu coração.
Tem Alguém Aí? é um livro que aborda temas cotidianos de forma diferente: séria, mas com um toque de humor. Ousada com um toque de respeito. Um dos livros mais legais que já li da Marian Keyes.

O tempo era o grande curador de todas as dores, diziam as pessoas. Só que eu não queria me curar, pois isso seria o mesmo que abandoná-lo.

Uma das coisas que aprendi com os livros da Marian Keyes é: tome cuidado para não deixar um spoiler. Esta é a primeira resenha que faço de Marian Keyes, apesar de ter lidos os livros anteriores a este.

Anna Walsh tem 31 anos e trabalha com relações públicas para uma empresa de cosméticos – a Candy Grrl.
Tentei fazer o Grrl, rosnado de gatinha/oncinha, mas juro que não consegui. Toda hora que eu fazia o grrl, eu babava. (-.-‘)
Assim como praticamente todo chick lit, Anna perde seu grande amor, mas de forma drástica, de um jeito que ela não poderá tê-lo de volta nem com “reza brava”. Depois de sofrer um acidente de carro, Anna vai para a casa de seus pais, na Irlanda, afim de colocar seu corpo no lugar (joelho e braço deslocados e uma terrível cicatriz na face) e o coração batendo como pode.
Mas aqueles dias na Irlanda estão a sufocando: a família com pena dela, sua mãe entupindo seu corpo com oito comprimidos por dia, todos a considerando uma coitada sobrevivente de um acidente inesperado. Durante esses dias em casa, nada que Helen – a irmã caçula – não tornasse a vida de Anna um pouco mais agradável. Helen decide trabalhar como investigadora de casos domésticos (traições, roubos, etc) e diverte Anna com suas histórias um pouco exageradas.
Mas estava mais que na hora de Anna voltar para Nova York, era lá o seu lugar. Resolvendo voltar mais cedo pra casa, Anna se entrega ao trabalho, se livra como pode de visitas forçadas e inesperadas e vai até visitar um grupo que espera respostas do além. Como viver com o coração faltando um pedaço? Viver como se ainda existisse um mundo lá fora, mesmo faltando uma pessoa importante nela?

Marian Keyes retrata o assunto morte com muito cuidado mas não a ponto de deixar nossos corações totalmente desconsolados. O toque de humor de chick lit deixa o livros menos pesado, mais gostoso e a gente não se sente culpada pelos ocorridos e pelo sofrimento de Anna.
Este é o penúltimo livro de Marian Keyes e para quem não leu Melancia e Férias!, super recomendo ambas as leituras! Cas você não tenha lido nenhum dos dois livros, não tem problema: Marian Keyes resume em poucas linhas o histórico da vida das suas irmãs que aparecem em livros anteriores.
O livro Tem Alguém Aí? conta sobre Anna Walsh, a penúltima irmã da família Walsh. Para quem não conhece a família Walsh, Melancia e Férias! são dois livros que tratam – cada um – de uma das irmãs.
E senti que este livro foi uma despedida da grande família Walsh: que me fez rir, chorar, quase fazer xixi nas calças, me fez solução e passar um tempo maravilhoso com cada uma das irmãs!
Sem dúvida, um dos melhores livros da Marian!

OBS: Se você já leu Melancia e/ou Férias!, continue lendo o post!

{mais…}

Livros de Marian Keyes



Todos os livros foram publicados pela Editora Bertrand

E vocês, já leram algum livro da Marian? Compartilhe aqui qual/quais livro(s) você mais gostou!
*-*
Beijos com carinho e até o próximo post! ;)
xoxo

Marian Keyes

Marian Keyes é uma escritora irlandesa. Ela já vendeu mais de 22 milhões de exemplares no mundo todo e foram traduzidos para 32 idiomas.[1]
Graduou-se em Direito na Universidade de Dublin, sem, contudo, jamais ter exercido a profissão. Morou em Londres por muitos anos, trabalhando ora como garçonete ora em escritórios. Neste mesmo período começou sua luta contra o vício do alcoolismo e, inclusive, uma tentativa de suicídio[2]. Depois de vencida a batalha, alcançou o sucesso como escritora.
Autora de vários best sellers do gênero Chick Lit, os seus livros exploram o universo feminino com muito humor e leveza. Seus temas centrais no entanto levam a tona muitos assuntos delicados, tais como luto, depressão pós-parto e violência doméstica. As personagens criadas pela escritora possuem perfis realistas, que permitem com que o leitor se identifique com a trajetória de vida narrada.


Site da autora Site da Bertrand

@blogdimoca no Instagram!

Di Moça :: Colecionando sonhos e palavras! - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2015 - Ilustração por Juliana Rabelo