categoria15 category image

Uma chance para o Natal

25 . dezembro . 2014

Eu não tinha certeza se seria uma boa ideia fazer um post no dia do Natal, apesar de parecer inapropriado e falta de atenção com vocês se eu não fizesse. Vejam bem, não é que eu seja uma Christmas hater ou rebelde-sem-causa mas tenho alguns motivos para ver o Natal sob uma ótica mais deprimente.

Não que os desastres tenham acontecido apenas nesta data. Que nada, problemas e tristezas surgem nos dias úteis, 24 horas, sem descanso. Mas algumas situações mais fortes me pegaram de surpresa em vários Natais da minha vida. Juntando tais acontecimentos com as musiquinhas melancólicas que tocam, parece que tudo tem um peso mais melancólico.

Por exemplo, em algum momento da minha infância me contaram, às vesperas de Natal, que meu pai não era meu pai biológico. Consigo sentir o choque desnecessário até hoje. Digo, por que acabar com a minha ideia de família sem necessidade alguma? Depressão natalina número 1.

Não me lembro a ordem mas chegou um momento que meus pais se separaram e meus avós paternos faleceram, um ano seguido do outro. Não foi perto do Natal mas mencionei isso porque comemorávamos o Natal na casa deles. Era como se eles fossem a base das reuniões, dos amigos secretos, da comida típica e, às vezes, da falsidade à meia noite. Depressão natalina 2.

Mais uns anos se passaram e meu namorado – que hoje é pai do Lucca – foi embora da cidade sem se despedir com o objetivo de tratar seus demônios pessoais. Duas vezes. Foram os piores Natais da minha vida. Depressões natalinas 3 e 4.

Não posso me esquecer de que meu avô materno também faleceu pertinho do Natal, desolando a vida da minha mãe e criando um caos na família dela. Logo, na minha vida também. Depressão natalina 5.

Desde então eu gerei em meu coração a ideia de que o Natal não deveria ser comemorado porque seria como um culto a todos esses acontecimentos, do tipo “Ei, hoje faz tantos anos que aconteceu isso, isso e isso”. Aqui em casa já não tínhamos motivo para montar árvores e comprar piscas (nunca tivemos mas eu sempre quis fazer parte dessas famílias que se reúnem para montar árvores de Natal com um sorriso no rosto). Também não fazíamos ceias de Natal e a comida partilhada é a mesma de um final de semana, salvo uma fruta ou um prato típicos. Não esperamos o relógio soar meia noite para nos abraçarmos e desejar Feliz Natal uns aos outros (às vinte e duas horas da véspera eu já estou na cama dormindo ou chorando).
Por mais que eu tente, sempre coloquei em meu coração que o Natal jamais seria uma data realmente comemorativa para mim.

Mas aí, para a minha surpresa, Deus me deu um presente preciosíssimo: o Lucca. E me parece que agora comemorar o Natal faz sentido, não por mim mas por outra pessoa, entendem? Meu bebê ainda não nasceu mas já comemora o seu primeiro Natal dentro da minha barriga. Como eu poderia negar a uma criança que nem nasceu o direito de ter um Natal otimista? É muito egoísmo da minha parte me deitar na cama às dez da noite e chorar feito criança ao relembrar de tantas coisas ruins ao som de musiquinhas depressivas. Se antes eu não tinha ânimo nenhum para ver o Natal como um brinde à Jesus, agora tenho muito a lhe agradecer.

Este ano montei a minha mini-árvore (versão rosa) com piscas de bolinha e a enfeitei pensando no momento em que o Lucca estará ali do meu lado, me ajudando e rindo de tantos enfeites fofos. Esse ano sou agradecida pelos presentes que recebemos com tanto carinho. Fiz planos e sonhei com um próximo Natal em que uma criancinha linda estará à espera do Papai Noel e seus presentes naquela sacolona vermelha. Jonathan vai ter que se empenhar para ganhar uns quilinhos a mais, rs.
E talvez seja errado depositar minhas esperanças em uma criança mas é o jeito que eu vejo e aceito o Natal daqui para a frente.

Por isso, quero dizer a você que já passou por tantas tristezas no Natal, sempre há alguma coisa ou alguém que pode transformar a sua vida, por completo. Às vezes quando menos se espera, e torço para que você abrace essa oportunidade; não deixe o sentimento de vazio natalino tomar conta de você.
Para você que nunca se sentiu confortável ou esperançoso com essa data e que acha tolice montar árvores, dar presentes ou participar de ceias: ninguém vai te fazer mudar de opinião se isso te deixa confortável. Mas se você também queria enxergar e participar de um Natal como ele aparenta ser (harmonioso, apetitoso e cheio de luzes) tente fazer a mudança você mesmo. Afinal de contas, já temos 364 dias à mercê de tantas coisas ruins, por que permitir que o Natal seja mais um se podemos tentar algo inusitado?

Assim, termino este post com um sorriso no coração e com a esperança de que o Natal seja lindo para todos nós. Que cada um possa aproveitá-lo merecidamente e que haja significado no seu dia. Aproveite para fazer aquilo que o ano inteiro não te permitiu e esqueça, pelo menos por um dia, todo o mal que já assolou a sua alma e o seu coração.

É com muito carinho e com uma dacinha de rena-fofa que me despeço de vocês!
Beijos di moça com floquinhos de neve!

categoria7 category image

O que esperar de 2014? Cinema!

09 . janeiro . 2014

Desde o comecinho de Dezembro do ano passado (nossa, que gostoso me referir a 2013 como ano passado!) a galera divulgou vários livros e filmes que serão lançados este ano! Ave Lolinha, será que esse ano promete muitos filmes incríveis? Sim! Pelo o que a gente percebeu os produtores e diretores cinematográficos apostaram todas as fichas em adaptações literárias. Isso só significa uma coisa: leitores ansiosos! Yeah!
Além do mais, várias editoras já deram uma prévia do que nos espera para este ano! Livros adaptados, lançamentos incríveis e cheios de expectativas!
Confiram agora alguns destes futuros lançamentos que o Di Moça aguarda ansiosamente e solta pulinhos de felicidade!

As datas de lançamento podem sofrer alterações ao longo do ano. Fique atento aos sites de cada responsável pelo mesmo.

Filmes

A culpa é das estrelas:

Nem preciso comentar sobre a ansiedade em cima desse filme, né? Os fãs de leitura (e de John Green, of course) foram à loucura quando descobriram que um dos melhores livros de 2013 seria adaptado para as telonas. Na minha humilde opinião, o pôster ficou divino e merece ser capa de uma nova edição do livro! Infelizmente o lançamento está programado para junho deste ano e, até lá, só nos resta acompanhar as novidades.
Resenha do livro | Trailer

A menina que roubava livros:

Yeah beibe, finalmente um dos melhores lidos pelo Di Moça foi adaptado para o cinema e estou muito ansiosa. Alguém já viu o trailer? Nossa, impossível ficar melhor! O pôster é tão divino que a Editora Intrínseca vai lançar a edição com a mesma capa no mês de janeiro.
Toda vez que assisto à esse trailer eu fico arrepiada da cabeça aos pés. Minha expectativa em relação à trilha sonora é dobro 10!
Trailer

The Hunger Games – A Esperança Parte 1:

Talvez eu seja a única pessoa desse mundo que não leu a trilogia Jogos Vorazes e vocês podem me julgar o quanto quiserem, lá lá lá. Eu até tinha a trilogia em casa mas depois desse “bafafá” todo eu resolvi só ver o filme e, depois, ler! Sou inteligente ou não? #semrespostasporfavor. Mas devo observar com vocês que esse caso de dividir o último livro da trilogia em duas partes já me encheu a paciência. Esperança Parte 1 será lançado somente em novembro de 2014. E cade a Parte 2? Lionsgate, please, bitch! Ave Lola, né? Para os fãs, tem algum tempo para se divertirem, fofocarem , botarem defeito nas filmagens!

Divergente

2013 foi o ano das distopias nos blogs e estantes literários, o que não me surpreende porque é um dos “novos gêneros” que mais me encantou. Não por doçura/fofurices (se tiver, né?) ou amores platônicos, longe disso. Mas são livros com conteúdo criativo e apelativo, dependendo da originalidade do autor. Se você achou que Suzanne Collins ia massacrar todos os autores distópicos, você se enganou. Divergente é a nova trilogia lançada pela Editora Rocco de Veronica Roth. Dá para perceber que a editora está investindo precisamente em ótimos livros. Se eu já li? Rhá, que pergunta, claro que não. Mas eu já tenho os dois livros na minha estante (Divergente e Insurgente) me esperando para 2014. Quem já leu? Kate Winslet and Ashley Judd, surprise me!
Eu quero essa tattoo de pássaros também, posso? *-*
Trailer

Vampire Academy

Ok, já estou passando vergonhão por não ter lido os livros que serão adaptados este ano. Ah, fala sério, por que não adaptaram os outros duzentos da minha estante? Tinham que ser justamente esses? Agora é uma luta contra o tempo para estar amiguíssima com as histórias e ir ao cinema sorrindo e fofocando. Vampire Academy é uma série lançada pela Agir da famosa-ruiva-linda Richelle Mead. Não temos resenha da série no blog (por enquanto, devo ressaltar) mas tem do spin-off Laços de Sangue!
Resenha Laços de Sangue | Trailer

X-Men: Dias de um Futuro Esquecido

Impossível ter um mutante mais lindo-de-morrer que Wolverine. Tem? Não tem. Minha mutante favorita é a Tempestade mas esse ano a história vai ficar mais que perfeita com a participação de outros mutantes. A união de personagens do X-Men que conhecemos da primeira vez ganha força com personagens do X-Men: First Class! Ai Lola, é coisa épica! Estou mais que ansiosa e já riscando os dias no calendário!
Trailer
Só eu já pedi para a fada do dente me transformar em um X-Men? No meu caso, X-Girl (not X-Girlfriend, ok.)?

Ropocop 2014

Eu tenho certeza que alguns dos meus amigos cinéfilos vão jogar batata podre e amassada na minha cara porque eu NÃO assisti Robocop. É sério, fofíssimos! Nem aquele com o Arnold Schwarzenegger (me cobrem em vídeo para eu ensiná-los como se pronuncia o sobrenome do Arnold, lá lá lá), mas já é passado, agora eu quero esse aqui com o José Padilha (diretor de Tropa de Elite – brasileiro, só para reforçar) como diretor de Ropocop 2014 (posso chamar assim?). Ironias à parte, eu realmente estou curiosa com esse remake!
Trailer

Capitão América 2: O Soldado Invernal

Apesar do título tosco que dedicaram ao segundo filme do Capitão América, eu não assisti o primeiro, ah-rá! Me julguem nos comentários ;)! Mas eu assisti “Os Vingadores”, conta? O segundo filme do Capitão-Gato-Me-Falta-Ar América traz também a Viúva Negra (eu ainda não saquei o poder dessa mulher, mas tudo bem). Este é o último filme da franquia antes de “Os Vingadores 2?. #choraquemgosta.
Trailer

300: A Ascensão do Império

Eu devo ser a única (ou uma das poucas mulheres) que curtiu 300 mais-que-demais! O que me impressiona no filme é o efeito “super slow motion” nas cenas de combate e a trilha sonora. Mas parece que o segundo filme (oi, Rodrigo Santoro!) ficou meio zoadinho, né? Isso acontece na maioria das vezes em que o protagonista-lindo-tira-fôlego não dá continuidade, seja porque o personagem morreu no primeiro filme ou porque o cachê do ator subiu horrores. Em todo caso, eu quero assistir no cinema só para relembrar as cenas de slow motion.
Trailer
Será que o Rodrigo Santoro vai ter mais de dez falas no filme, hein Noam Murro? Ele merece.

Malévola

Alguém já viu a Angelina Jolie mais atraente que em Malévola? A transformação incrível da atriz como a bruxa mais malvada e poderosa dos clássicos da Disney não poderia ficar de fora da lista! Estou ansiosa para ver a atuação de Elle Fanning e Juno Temple na versão mais tecnológica da minha infância!
Trailer

Into The Woods

Mais um musical que tem tudo para entrar na minha lista de melhor filme de 2014, será? Impossível não esperar o melhor de Meryl Streep, Johnny Depp (eu amo, gente!), Emily Blunt e Anna Kendrick! O musical está nas mãos de Rob Marshall, o mesmo diretor de “Memórias de uma gueixa” (que é incrível, por sinal)!

Impossível não querer ir ao cinema este ano! Já está na minha meta para este ano economizar no salgadinho da tarde para ir ao cinema pelo menos uma vez ao mês! Além destes grandes lançamentos, o site Papel Pop divulgou uma lista maravilhosa de filmes que serão lançados, como Need For Speed, Noé, Planeta dos Macacos: O Confronto e Como Treinar o seu Dragão 2! Mas o que está me deixando roer as unhas até o toco é Trascendence, com o meu lindo-talentoso-e-amado Johnny Depp! De acordo com o site Filmow (ei, me adicionem lá! *-*) o filme será lançado em Abril. Ai quanta espera…. -.-‘

Agora é a vez de vocês: quais os filmes mais aguardados?? Compartilhem nos comentários ou façam posts no blog de vocês! Não esqueçam de me avisar pra conferir cada um! *-*
Beijinhos di moça!

categoria15 category image

2014: esse é para você!

31 . dezembro . 2013

Me ensinaram desde pequenininha que a gente tem que dar as boas vindas de forma positiva para tudo que aparece em nossa vida! Então, oficialmente, estamos em 2014, beibe! Seja bem vindo, uh-rul! \o
Não é que eu esteja com minha auto estima lá em cima, que eu seja a ganhadora da mega-sena da virada ou que o ano promete mil e uma conquistas. Neca. Eu só quero ser otimista com as coisas ruins que podem surgir. Eita pega, será que comecei bem esse post?? o.O
Para tentar explicar rapidinho para vocês tudo o que eu espero deste ano, gravei um vídeo – o primeiro de muitos, se der tudo certo – para vocês! Eu preciso ressaltar que não tenho ajudantes para gravações de vídeos e ou fotografias no blog, mas uma das minhas metas é fazer essas atividades com mais frequência aqui no blog! Aliás, todo mundo já criou sua listinha de metas para 2014? Depois do vídeo tem a minha, se quiserem compartilhar da minha inocência. Espero que gostem do vídeo porque foi meio chato editá-lo, hihi.

Vocês leram as observações importantes na descrição do vídeo? Não? Então leiam! Só preciso lembrar que a palavra consolação não existe no sentido que eu usei, sou meio dã. Eu precisava de uma rima para cima da hora e foi o que veio na minha cabeça, sorry!

Óh galera, eu não sou daquelas de criar expectativas em cima de metas e planos porque eu sei que as coisas funcionam quase em marcha ré comigo. Mas eu preciso criar, pelo menos, uma esperançazinha (existe essa palavra no diminutivo? #notamental) sobre o ano. Sei lá, vai que funciona né? Fiquem tranquilos que eu não vou viajar na paçoquinha!
Vale a pena observarmos o seguinte: em todas as metas a gente tem um sinalzinho de são todas as metas que eu tenho. Mas quando eu conseguir realizar qualquer uma delas, teremos a sinalização de . Bacana, né? Assim eu poderei compartilhar com vocês as minhas conquistas e, quem sabe, falar mais sobre cada uma em posts específicos!

Metas para 2014:

Ler, pelo menos, 100 livros em 365 dias;
Ler mais livros nacionais;
Continuar aperfeiçoando o inglês no trabalho;
Gravar mais vídeos para o blog (e especialmente para vocês, leitores lindos-e-fofos);
Não ter medo de ter medo;
Continuar meu tratamento de síndrome do pânico e depressão;
Ser correspondente da Kipling Brasil (pelo menos tentei)
Ir à Bienal do Livro em São Paulo;
Ser madrinha de casamento (tchanãmnãmnãm);
Consulta com oftalmologista (será que dessa vez alguém faz o diagnóstico direito? -.-‘)
Tirar meu passaporte;
Tirar meu visto (é claro -.-‘);
Visitar o Guigui com mais frequência;
Parar de ver tantos defeitos em mim mesma;
E parar de xingar os motoristas de corno quando fazem suas barbeiragens no trânsito;
Fazer mais tatuagens no corpitcho;
Começar uma atividade física (estou em dúvida entre ballet e natação);
Pagar as faturas do meu cartão de crédito em dia;
Manter as boas amizades no coração e o resto mandar pastar;
Ter o coração preenchido de amor sincero e fiel;
Treinar fotografia;
Aprender a fazer delineador gatinho;
Passear mais com meus seis lhasas apsos;
Posso colocar ir para a Alemanha aqui ou ainda é um sonho quase impossível? :x;
Assistir mais filmes;
Continuar com as editoras parceiras aqui no blog (beijo para cada uma de vocês, :*);
Comemorar meu aniversário em grande estilo;
Ir ao show da P!nk no Brasil, caso os boatos confirmarem;
Ficar menos tempo nas redes sociais e sair mais com meus amigos;
Comentar e visitar os blogs com mais frequência;
Abraçar mais oportunidades.
Conhecer (e ser fotografada, claro) a talentosíssima Sharon Eve (Feto & Afeto)

Tá, chega por enquanto! Se eu me lembrar de mais algumas coisinhas eu acrescento aqui no post e deixo vocês sabendo em primeira mão na Fanpage do blog!
E vocês, já montaram a listinha de metas para 2014?
Beijos di moça!

@blogdimoca no Instagram!

Di Moça :: Colecionando sonhos e palavras! - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2015 - Ilustração por Juliana Rabelo