categoria2 category image

P.S Eu Te Amo :: Cecilia Ahern

10 . julho . 2013

Para um blog que nasceu de outro blog literário, o Di Moça está bem feio “na fita”. Minha lista de leituras continua grande e a lista de lidos continua do mesmo jeito. Não sei exatamente qual foi o momento crucial da minha inércia literária mas agora não importa mais. O Di Moça está pronto para trazer resenhas literárias às quartas-feiras! Iupi!
Vamos conferir um pouco mais sobre o livro que baseou o filme mais-romântico-e-triste-de-todos-os-tempos? 😉

P.S Eu Te Amo (P.S I Love Yout)
Autora: Cecelia Ahern
Páginas: 368
Editora: Novo Conceito

* Livro enviado pela editora como cortesia.
Sinopse:

Gerry e Holly eram namorados de infância e ficariam juntos para sempre, até que o inimaginável acontece e Gerry morre, deixando-a devastada. Conforme seu aniversário de 30 anos se aproxima, Holly descobre um pacote de cartas nas quais Gerry, gentilmente, a guia em sua nova vida sem ele. Com ajuda de seus amigos e de sua família barulhenta e carinhosa, Holly consegue rir, chorar, cantar, dançar e ser mais corajosa do que nunca.

Crédito: Skoob

O plano deles era bem simples. Queriam ficar juntos até o fim da vida.

Se você já assistiu P.S Eu te amo então já sabe mais ou menos o rumo da história criada por Cecelia Ahern. Se você não assistiu, então vou lhe apresentar Holly Kennedy, uma irlandesa (Dublin) que havia perdido seu marido para nunca mais voltar. Gerry era o marido que toda mulher sonhara em ter. O menino que você conhece com 14 anos e se torna seu melhor amigo, seu parceiro e seu companheiro para a vida toda. Porém, um tumor no cérebro leva Gerry para longe dos braços de Holly, longe dos cabelos macios do marido. Ela nunca mais dividira com ele uma piada à mesa de um jantar com amigos, nunca mais reclamaria para ele quando chegasse em casa depois de um dia duro no trabalho, carente de um abraço, nunca mais dormiria na mesma cama que ele, nunca mais acordaria com o ataque de espirros dele de manhã.
Mesmo tendo ótimos amigos do seu lado, uma família que dá o suporte necessário nas horas de solidão, Holly se sente extremamente sozinha, vazia e deprimida. Já não quer levantar da cama, não tem vontade de procurar um emprego e, nos últimos dias, o tempo parecia passar sem que ela percebesse as horas – nem mesmo a data.

Sharon, John, Denise estão determinado a ajudar a amiga mas Holly não tem ajudado na tarefa. Somente quando a mãe dela avisa sobre um pacote titulado A LISTA é que ela volta ao mundo real. Será que Gerry realmente tinha feito uma list de “orientações para Holly”, como certa vez brincaram a respeito das manias e falta de atenção dela? Ela precisava saber. Viver entre os vivos e deixar os fantasmas de lado. Sair de casa. Se alimentar. Viver.

Seu melhor amigo havia morrido e ninguém compreendia que nem toda a maquiagem, o ar fresco e as compras do mundo preencheriam o vazio em seu coração.

Pois bem, dentro do grosso pacote em papel pardo, Holly encontra dez pequenos envelopes (daqueles de buquês de flores, sabem?) e em cada um deles há um mês diferente. A caligrafia de Gerry lhe era tão familiar… O que surpreende Holly é que agora ela estava diante de uma lista de tarefas. Cada envelope deve ser aberto no mês que lhe pertence, e apenas no mês exato. Dez envelopes para dez meses.
Agora Holly tem tudo para sair de casa e começar a viver! Mas o que será que a espera por trás de cada envelope?
Entre cada envelope aberto Holly irá se aventurar em novas jornadas, redescobrirá suas qualidades e defeitos e aprenderá a viver sem Gerry ao seu lado. Nesse tempo ela comemorará seu aniversário de 30 anos, terá que passar pela prova de um karaokê (coisa que ela odeia), descobrirá o outro lado da família e tudo isso com muitas lágrimas no rosto.

Ela nunca parecia totalmente feliz; parecia apenas estar deixando o tempo passar enquanto esperava por outra coisa. Estava cansada de apenas existir; queria viver.

Estava na hora de abrir todas as janelas e deixar o ar entrar na casa, para livrá-la dos fantasmas do inverno e dos dias sombrios; estava na hora de acordar cedo com o canto dos pássaros e sair para andar, olhar nos olhos das pessoas, sorrir e dizer oi em vez de se esconder sob camadas de roupas, olhando para o chão enquanto corria de um lado a outro e ignorava o mundo. Estava na hora de parar de se esconder no escuro e erguer a cabeça e enfrentar a verdade.”

Gente, esse livro é muito lindo! Cecelia Ahern conseguiu tratar de um assunto super delicado de forma suave, sensitivamente e sem esconder o lado triste de perder alguém que se ama. Dentre as lágrimas e pensamentos da Holly, me senti tão próxima dela que precisava devorar o livro rapidamente. Os capítulos são bem curtos, o que deu pontos positivos para a escritora (odeio capítulos longos!). A narrativa em terceira pessoa ficou coerente com o propósito da história. Temos momentos tristes e de reflexão com a personagem mas temos momentos muito engraçados também (quando você conhecer o cabeleireiro da Holly, vai entender!).
Só não dei cinco estrelas para o livro porque eu esperava algo muito mais dramático, quase perto do filme, sabem? Infelizmente o filme fez minha cabeça sim e a narrativa mais distraída e leve da Cecelia atrapalhou esse momento muito triste e dramático. Muitos leitores preferem assim, não é? Eu, ao contrário, esperava algo mais forte (dramático).

Estou bem animada para ler os próximos livros da Cecelia. Aguardo narrativas doces, leves e sem forçar as histórias. Espero gostar tanto (ou mais) quanto P.S Eu te amo!
E você? Já teve a oportunidade de ler esta incrível história de superação? 😉

Beijos di moça!

Cecelia Ahern

Antes de engrenar na carreira de escritora, Cecelia Ahern se formou em Jornalismo e Comunicação. Aos 21 anos, escreveu seu primeiro romance, P.S. Eu te amo,que se tornou um best-seller internacional e foi adaptado para o cinema. Seus outros romances — A Vez da Minha Vida, Onde Terminam os Arco-íris, Aqui é o Melhor Lugar, Se Você Me Visse Agora e As Suas Lembranças São Minhas — foram todos best-sellers #1. Cecelia foi uma das criadoras da série de TV Samantha Who?,que ganhou um Emmy. Seus livros foram publicados em 46 países. Foram vendidas mais de 20 milhões de cópias no mundo todo. A autora mora em Dublin (Irlanda) com sua família.


Site da autora | Site Novo Conceito



• Hey! Deixe um comentário aqui •

• Temos 40 comentários nesta postagem" •

Nessa, disse: - 10-07-2013 (08:37)

Oi Jeh!

Eu já assisti ao filme e tenho o livro mas ainda não o li, também tenho A vez da minha vida.
OLha, eu achei o filme muito triste, sempre choro quando assisto, mas passa uma bela mensagem né. Pretendo assim que der ler o livro, mas minha lista de leitura só aumenta.

Beijos*


Camila Leite, disse: - 10-07-2013 (09:00)

Oi Jeh, tudo bem?
Eu adoro a história de P.S Eu te amo, – que por sinal tornou-se umas das minhas favoritas – mas só vi o filme e choro toda vez que revejo.
Ainda preciso tirar um tempo pra ler os livros dela.
Adorei a resenha e as fotos, mas fiquei com peninha dos livros pisados, confesso! hahaha
Beijos

Camila Leite
@sonhospontinhos
http://sonhosentrepontinhos.com


Bruna M. Silva, disse: - 10-07-2013 (09:34)

Tô me amarrando para dar início a leituras da Cecilia… =X
Mas fico bem feliz que a Jé esta de volta a ativa!!!! \o/

Mas eu quero vídeo! 😛

Beijooooo


Ane, disse: - 10-07-2013 (11:41)

Oi amore, amei as fotos, super criativas. Então, não li o livro ainda, mas assistir o filme e chorei litros…

Ane
http://www.aaconchego.blogspot.com


Rayra Mirelem, disse: - 10-07-2013 (12:04)

Tenho muita curiosidade em ler os livros da Cecelia Ahern, eles parecem ser muito lindos! Infelizmente ainda não sobrou tempo para lê-los, mais espero em breve tirar eles da lista de espera :)

Beijos.


Territorio das G., disse: - 10-07-2013 (12:23)

Oi, tudo bom?
Passando para deixar um comentário rsrs
Ai , eu também gostei do livro .
Ainda não li os outros .
Beijos*-*
Território das garotas
http://territoriodascompradora.....ot.com.br/


Beatriz Gosmin, disse: - 10-07-2013 (12:49)

Oi Jéh, assim como você eu adorei o livro, porém senti que faltou um pouco mais de drama.
Não assisti ao filme ainda, ou melhor, não o assisti inteiro. Uma vez comecei a assistir porém o CD travou (pois é).

Adorei as fotos usadas…
(Ah, e estou pensando seriamente em ter um blog mais pessoal… mas não é triste se desfazer de tudo do outro? )


Daniela, disse: - 10-07-2013 (13:43)

Sim, sim, sim!!
Comento em TODAS as resenhas que eu encontrar deste livro!
*-*

Acho que como a maioria, assisti o filme primeiro (e me debulhei em lágrimas!) e ele se tornou o meu favorito (junto com a trilogia O Senhor dos Anéis).
Baixei em PDF, com português de Portugal o livro e fiquei com as vistas doendo, mas li o livro todinho e me acabei em lágrimas (deu pra perceber que choro com qualquer coisa né?) e quando vi que a Novo Conceito iria lançar aqui no Brasil dei estrelinhas (imaginárias) de alegria.

Gente, a Cecelia se tornou uma das minhas escritoras favoritas.
A leitura é muito gostosa e os sentimentos da Holly são tão reais… E sim, o livro tem momentos engraçados!
Eu mesma ri alto com vários, haha!
E as amigas da Holly são demais!

Confesso que na 1ª lida eu fiquei um pouquinho desapontada por a história do livro não ser tão perto da do filme, mas mesmo assim, eu dou 5 estrelinhas porque é lindo e o Gerry… Ai o Gerry <3

Recomendo "P.S. Eu te amo" para todo mundo.
Vale a pena ler essa história.
E Jeh sua linda *-*
Amei as fotos!

Por favor, não pare NUNCA de fotografar!
Se eu conseguir ir a Bienal quero te encontrar *-*

Beijinhos!

Dani / @daride


Vanessa, disse: - 10-07-2013 (13:53)

Parabéns pela resenha Jeh! Já li P. S. Eu Te Amo e não curti muito. Achei o final decepcionante…Enfim, prefiro o filme. Beijo!

http://www.newsnessa.com


Cantinho das Blogueiras, disse: - 10-07-2013 (14:00)

Parece linda !


I LOVE PINK, disse: - 10-07-2013 (14:01)

Gostei da dica, parece bem romântica!


Kelly, disse: - 10-07-2013 (14:03)

Amei, adoro esse tipo de livro!


Suzana, disse: - 10-07-2013 (14:15)

Quero tanto ler esse livro!! *-*
E que blog mais perfeito! <3


Mari Mendes, disse: - 10-07-2013 (15:28)

Esse livro já está na minha lista faz tanto tempo… Quase comprei ele, mas estava tão em dúvida. Quero muito ler ele!

Beijoca, Jeh (= e, belas fotos.


Nanda, disse: - 10-07-2013 (15:32)

Ei Jeh,

Eu amo este livro, mas na verdade o meu preferido dela é menos conhecido, o Onde terminam os arco-íris. :)
Este eu acho o filme mais emocionante, chorei mais no filme que no livro rs.

P.S: Vc está mesmo pisando nos livros? espero que seja montagem, pq só de ver me deu até palpitação hauhauhau.

bjs


Felipe, disse: - 10-07-2013 (16:23)

Olá, Jeh, tudo bem? Meu Deus, eu amei esse livro com todas as minhas forças, é simplesmente incrível e leve ao contar uma história densa. O filme já tinha me dado uma boa base e já me fez começar a leitura com as expectativas lá em cima. Todas foram supridas. De fato, o livro parece ser mais ‘pesado’, mas eu achei melhor o livro ter dado uma aliviada nisso, mas enfim. Já disse que amo as fotos que você coloca nas resenhas. São lindas, parabéns Jeh! – Abraços, Felipe (A Hora do Livro)


Gilciany, disse: - 10-07-2013 (17:28)

Jeh sua louca por drama! Fala sério heim amiga, querer mais drama e tristeza num livro, isso é que é gostar de sofrer lendo…kkkkkk
Eu tmbm assisti ao filme e me emocionei muito. Já o vi 3 vezes e todas elas chorei. É inevitável! Mas confesso que ainda não peguei o livro pra ler. Uma vergonha, pois faz muito tempo que a editora o enviou pra mim. #triste
Poxa amiga, estou como vc, uma vergonha em leitura. Este ano, acho que li em quase 7 meses uns 5 livros apenas, menos de um livro por mês. Não sei o real motivo, mas caí numa preguiça literária tremenda e não consegui retornar até agora. u.O
Minha lista de leitura só cresce e fico tremendamente envergonhada com isso e tmbm com um medo enorme de morrer antes de ler todos os livros que tenho. “Não posso Senhor, por favor me ajude!” rsrsrs
Votando, depois desse seu desabafo, fiquei um tiquinho aliviada, pq sei que não sou a única empacada nas leituras… Força pra nós amiga, estamos mesmo precisando voltar à ativa.
Bjokas amoreco, amei sua resenha, me deu ânimo pra ler P.S. Eu Te Amo!


Carolina, disse: - 10-07-2013 (17:30)

Vou começar elogiando as fotos do post, ficaram super lindas!
Eu assisti o filme e, talvez por não ter gostado tanto, nunca senti vontade de ler o livro. Fora que ele saiu no Brasil tanto tempo depois do filme ter sido lançado, né?

Beijão


Tais, disse: - 10-07-2013 (18:43)

Eu ainda não li o meu acredita Jeh?
Acho que é medo de chorar, então sempre passo outros na frente…rsrs
Preciso tomar vergonha na cara e ler logo pq amo o filme.
Adorei as fotos do post.

bjs
Tais
http://www.leitorafashion.com.br


Quequel, disse: - 10-07-2013 (18:59)

Aeee, de volta as resenhas!
Mas estou adorando toda a miscelania por aqui Amiga!

Eu já li e assisti.. e ameiiiii !
É incrivel a historia e sim chorei horrores ambas as vezes. rs

Bjinsssssssssssss


Thais Teixeira, disse: - 10-07-2013 (19:04)

Para ser bem sincera Jeh, eu fui assistir o filme no auge de seu sucesso, e eu dormi! rsrsrs …. não sei se eu estava muito cansada ou se o começo do filme que era chato mesmo! Daí em diante eu nem quis saber do livro (não me julgue). Mas sempre que leio uma resenha deste livro as pessoas falam muito bem dele, e espero um dia ter coragem para alugar novamente o filme, e quem sabe adquirir o livro.

xoxo
http://amigadaleitora.blogspot.com.br/


Guiian Pietro, disse: - 10-07-2013 (20:23)

Adoreiiii a sua resenha *—* ..
é muito satisfatório visitar o seu blog (Dih’) ops! Je’h … :)

Adoreiiiiiiii mt á sua resenha (como sempre).
Beijooos :* do Guii’.


Beatriz Cavalcante, disse: - 10-07-2013 (20:34)

Eu li esse livro e sabe quando você lê uma coisa e parece que demora décadas pra acabar? Aí você vai ver não chegou nem na metade? Foi mais ou menos assim com Ps: eu te amo. Acho que foi porque eu vi o filme e me encantei com aquela história e fiquei com aquele choro engasgado sabe? E no livro eu não senti tanta emoção. Eu só sentia a tristeza dela quando chegava uma carta e quando não era o dia da carta eu via ela com raiva ou se divertindo com as amigas. Também esperava uma coisa bem dramática de derramar algumas lágrimas mas ficou no tédio mesmo. Não gostei muito, mas acho que se eu tivesse lido primeiro talvez eu tivesse gostado mais. :/


Beatriz Cavalcante, disse: - 10-07-2013 (20:37)

Ah, esqueci de falar. Suas fotos ficaram maravilindas. Um dia eu queri tirar fotos igual você. haha 😛


Stefani Goulart, disse: - 10-07-2013 (21:09)

Oi Jeh! Nossa quanto tempo não passava por aqui, que vergonha!! hehe
Já li P.S. Eu te amo e A vez da minha vida da Cecelia e amei demais os dois livros, e se você gostou de P.S. Eu te amo vai gostar mais ainda de A vez da minha vida! O livro não é dramáaatico mas tem pitadas de humor incríveis e a escrita da Cecelia me encanta cada vez mais <3 Estou ansiosíssima para ler O livro do amanhã, estou com o livro aqui e já o incluí na minha lista para ser minha próxima leitura porque mesmo que tenha lido algumas resenhas negativas sobre ele, sei que só a escrita da Cecelia já vai tornar o livro bom!!
Beeeijos


Aninha Frazao, disse: - 10-07-2013 (21:46)

Eu não acredito que você pisou nos livros! hahaha
Primeiramente adorei a resenha, e as fotos! ps.: quem tira as fotos de você mesma? Vc coloca num tripé e corre lá? hehe

Acredita que eu nunca vi esse filme? Pois é, incrível! Mas parece bem triste e dramático! Gostei de saber que o livro nem é tão dramático assim, mas como vc disse, ele não é um 5 estrelas exatamente por isso, porque faltou ainda né!

Adoro esses temas da Cecelia sempre com cartas, geralmente são livros gostosos de ler!

Espero algum dia conseguir ler este! Porque minha fila, como a sua, tá imensa e nunca acaba! Ê ressaca literária!

beijoos


Barbara Sá, disse: - 10-07-2013 (23:23)

Oi Jeh <3

Acho esse livro tão fofo, e triste ao mesmo tempo.
Adoro a Holly, mesmo as vezes ela sendo absurdamente chata, mas eu entendo pelo que ela está passando.
Curti a diferença entre o Livro e o Filme, mas achei o livro bem mais emocionante e o filme mais engraçado.

Ótima resenha :)
Beijoos,
http://www.segredosentreamigas.com/


Caline, disse: - 11-07-2013 (08:17)

Oi Jeh, antes de tudo, como você teve coragem de pisar nos livros???!!!!!! rsrsrsrs
O livro é tão diferente do filme. Achei a história escrita bem mais leve, é claro que tem todo o drama sobre a perda e a dificuldade de recomeçar, mas enquanto o filme focava só nisso e nos arrancava lágrimas, o livro é doce, leve, mas está longe de ser triste.
A família de Holly é o grande trunfo para nos fazer rir e também são o grande apoio pra ela.
Tanto o filme e o livro são lindos, mas focam em sentimentos diferentes. Não tem como escolher o melhor.

Beijos


Raquel Moritz, disse: - 11-07-2013 (10:08)

Sou apaixonada pelo filme, acho a coisa mais linda do mundo. Choro toda vez :'( Eu sabia que tinha o livro, mas nunca fui atrás. Agora que li sua resenha, bateu a vontade de ler uma história de amor assim bonita (li um terrível esses dias) ?

Adorei as fotos, ficaram uma gracinha. Depois conta pra gente o que você achou dos outros livros.

Beijinho, flor!


Larissa Mirandah, disse: - 11-07-2013 (10:45)

Jeh, o filme é daqueles de partir o coração sem piedade, ele mexeu tanto com o meu lado emocional que eu simplesmente não consegui assisti-lo novamente.Não me lembro de assistir um filme romântico que me fez chorar tanto, e eu sou como você, prefiro um livro mais dramático, denso, e eu também odeio capítulos longos, sou dessas que não suporta parar a leitura no meio do livro, ou paro no começo de outro capítulo ou não paro. Tenho vontade de ler o livro, principalmente por ele ser mais leve, só ouço elogios à Cecelia Ahern, não custa nada dar uma chance. E hã, as fotos ficaram lindaaas!
Beijos


Leitora Manauara, disse: - 11-07-2013 (16:45)

Adorei a resenha!
Estou com esse livro na pilha de leituras pra 2013.
As fotos da postagem estão fofas. Parabéns
Abç

Suelen/Leitora Manauara


Nati, disse: - 11-07-2013 (17:56)

Oi Jeh! *-*
Eu to me identificando tanto com a história da Holly, nesse moment, sabe? Muito mesmo.
Acho que leria este livro com a mesma expectativa que você, esperando uma história mais dramática e forte.

Adorei a forma como você descreveu a história, faz a gente querer ler!

Beijos!


Si Schurhaus, disse: - 11-07-2013 (18:19)

Assisti o filme e está na minha lista de favoritos … :)
Linda demais a história … rios de lagrimas rsss
Por sinal suas fotos estão cada dia mais criativas :)
Beijos … Si!


May, disse: - 11-07-2013 (19:15)

Oi Jeh!

Esse livro é realmente muito lindo, eu amei a narrativa da Cecelia, e confesso que quando vi o filme depois, senti uma leve decepção, porque o livro – na minha opinião – é melhor, mas enfim, prefiro não compará-los! Leia sim, A vez da minha vida, porque é muito bom! E o outro, estou lendo agora, rs..

Beijão,
May :*


Kamila Wozniak, disse: - 11-07-2013 (22:14)

Eu assisti o filme e amei, adorei os atores e claro uma estória muito emocionante, porém a “desatualizada” aqui não tinha conhecimento do livro, até a NC lançar … resultado, apesar de já saber o final, li e não deu outra … achei muito fofo!

Gostei da narrativa dela e o que dizer da atitude do Gerry para ver sua bela esposa feliz! Muito lindo :)

Beijoss!!

Ka Wozniak
Cinco das Artes


Hangover at 16, disse: - 12-07-2013 (17:17)

Eu só assisti ao filme, mas tenho muita vontade de ler o livro, pois deve conseguir ser até mais envolvente ainda!

xx Carol
http://hangoverat16.blogspot.com


Paloma, disse: - 01-08-2013 (18:10)

Jeh, como não se emocionar com esse livro? Ainda mais quando passamos por algo semelhante a Holly… Eu perdi alguém a quem amava, o meu amor adolescente, com quem dei meu primeiro beijo, e foi repentinamente, num acidente. Na mesma época soube do filme, e doida pra assistir, uma amiga querida que segurou minha mão na pior semana da minha vida, não me deixou assisti-lo, disse que eu não teria estrutura psicológica para tal. Deixei para lá é só depois de muito tempo assisti. Lá se foi rios de lágrimas. Então a NC lançou (relançou?) esse livro e eu doida pra ler, pra saber como Holly lidou com a situação. É trsite, e a partir da minha experiência digo que só o tempo ajuda a confortar, a amenizar a dor. Livro incrível, a autora conduziu muito bem o tema, dá pra rir bastante. Como não amar esse livro, apesar de tudo? Um beijo di moça pra vc tbm.
Bye da Pah
Livros Estrelas

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Loma!
Primeiramente eu sinto muito pela sua perda. Eu passei por uma experiência assim ano passado (mas não foi meu amor). O filme é bem triste mesmo, a gente mais chora do que ri né? Já o livro é mais pra cima, na minha opinião.
Você se emociona, se aquiesce mas também vê a vida por um outro prisma!
*-*
Beijos!




Fabi Penco, disse: - 19-09-2013 (11:52)

Oi Lindona, cá estava eu lendo a resenha do livro que comprei recentemente na Bienal. O filme eu já assisti, então agora lerei o livro. Gostei da resenha, beijos

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi gatona!!
E aí, me conta depois o que achou do livro, hein?? Eu preferi o filme em questão de dramaticidade, sabe? O livro, pra mim, foi mais light! Mas é bom também, claro!
Quero ler os outros da Ceci!
Beijos!




@blogdimoca no Instagram!

:: Di Moça :: Colecionando sonhos! - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2015 - Design por Jeh Asato