categoria2 category image

Louca para casar :: Madeleine Wickham

31 . julho . 2013

E os anjos cantam “aleluia” porque finalmente a resenha de Louca para casar está no ar! (Ipi, ipi, urra)!
A editora Record enviou um exemplar para o Di Moça resenhar e já faz um tempinho. Espero que minhas impressões ainda signifiquem alguma coisa para vocês, leitores. #dramaqueen
Espero que gostem.

Louca para casar (The Wedding Girl)
Autora: Madeleine Wickham
Páginas: 348
Editora: Galera

* Livro enviado pela editora como cortesia.
Sinopse:

Milly está a quatro dias de um casamento digno de contos de fada com Simon, um jovem rico por quem é perdidamente apaixonada. É a cerimônia mais aguardada do ano pela alta sociedade, mas um detalhe pode pôr tudo a perder. Dez anos antes, Milly se casou com um amigo americano gay para que ele vivesse na Inglaterra com o parceiro, mas logo ambos perderam o contato e nunca se divorciaram. Tudo permaneceria em segredo se não fosse a chegada de Alexander, o fotógrafo, que por acaso também presenciou a primeira união. Agora ela terá que correr contra o tempo para encontrar o “marido” e obter o divórcio antes que todos descubram que a noiva, na verdade, já é casada.

Créditos: Skoob

“Queria não ser nada, apenas uma pessoa em um trem, sem precisar tomar decisões, sem nada para fazer a não ser escutar o barulho das rodas sobre os trilhos e observar os rostos despreocupados de outros passageiros lendo livros e revistas. Queria adiar a vida o máximo possível.”

A sinopse ali em cima já resume muita coisa mas preciso contar sob o meu ponto de vista, né? *-* Pois bem. A autora (Madeleine Wickham) nos apresenta uma personagem com 28 anos, em Oxford. Na verdade ela chegara a Oxford há apenas três semanas. Eram férias e, enquanto seus amigos planejavam viagens à Ibiza, Espanha e Amsterdã, Milly tinha sido enviada a um curso de secretariado em Oxford. A verdadeira intenção de Milly era um bronzeado e um namorado. Afora isso, não queria saber de mais nada.
Durante sua viagem, ela conhece um casal gay, Allan e Rupert de forma bem inusitada. Ouviram jazz em um velho gramofone, beberam julepo de menta, e ela aprendera a enrolar cigarros de maconha. Em uma semana, eles se tornaram um trio inseparável. Dadas as circunstâncias, a personagem aceita a proposta de se casar com Allan para ajudá-los a permanecer em Oxford. Ninguém saberia desse fato, era uma coisa tão banal. Não era? Não é?

“Como podemos viver em paz se negamos aquele a quem realmente amamos?”

Dez anos depois, Melissa Grace Havill, ou Milly, está prestes a casar com Simon Pinnacle, filho do grande Harry Pinnacle. Em Bath, os preparativos já estão em andamento, Milly está super empolgada, bem como Simon. A casa dos Havill, na Bertram Street, era uma das pensões mais populares de Bath. Tinha tudo para ser o casamento do ano, cheio de luxo, como a senhora Olivia Havill tinha em mente. Era o momento da sessão de fotos com um fotógrafo que Milly conhecia, de algum lugar… Mas de onde? Ai não, ela reconhecia aquele rosto! Era o rapaz que ela vira em Oxford depois do casamento com Allan, aquele que apanhara seu véu durante uma pequena confusão em frente ao cartório.. Ele estava mais velho, com o rosto mais sério, e tinha uma barba rala. Alexander Gilbert também se recorda de Milly e, pior de tudo, do casamento com o cara de dez anos atrás. E agora?? Enquanto o fotógrafo faz brincadeiras com o acontecido, Milly tem que se virar para ir atrás de Allan e cancelar o bendito casamento (que não valia de nada, ela só queria ajudar os caras, poxa!).

“- Tudo se resumiu a três minutos em um cartório. Uma simples assinatura, há dez anos, perdida em algum documento que ninguém nunca mais verá.”

Milly precisa da ajuda de sua irmã, Isobel, mas a moça também tem seus próprios assuntos para resolver e, bem, tempo ao tempo. Enquanto isso, Milly voltará a Oxford para solicitar o divórcio. Só que nem tudo é do jeito que a gente bem quer e muitas vezes guardar um segredo pode “amaldiçoar” sua vida para sempre.

Ok, exagerei um pouco no contexto mas, basicamente, é isso o que vocês precisam saber. Madeleine Wickham, muito mais conhecida por nós como Sophie Kinsella é a autora desde romance-meio-drama. Quando peguei os livros na mão, li a sinopse, me encantei com a capa e li “Louca para casar”, imaginava que se tratava de algum romance meio chick-lit. Poxa, é a própria Sophie escrevendo, mas com outro nome. Alguma coisa engraçada e muito divertida tinha que sair de dentro do livro, né? Mas eu não encontrei isso. A autora conseguiu separar bem os dois nomes, com gêneros bem diferentes.
Narrado em terceira pessoa, Madeleine mantém o foco em discutir sobre temas como a homossexualidade, o relacionamento familiar, o passado mal resolvido, o aborto, a religião, o ódio e o amor. Mas tudo isso de forma séria, bem construída e sem um pingo de comédia. Claro, uma vez ou outra você dá um sorriso mas nada de gargalhadas. A autora evita usar gírias ou palavras “maneiras”. Um ponto positivo é que a Madeleine não foca apenas em Milly. Ora temos um capítulo na perspectiva de Isobel, de Olivia, de Simon e até de Rupert. Depois que li o livro concluí que o título não condiz com a história. Louca para casar me faz pensar que uma personagem, no caso Milly, queria desesperadamente se casar e por isso vai atrás do casal gay para romper o casamento. Mas não é só isso que o livro aborda. #esclarecendofatos

“- Acho que eu só quero que você precise de mim.”

De um modo geral, o livro é bom. Mas não tão bom quanto os livros da Sophie Kinsella, entendem? Gostei da tentativa da autora em partir para um romance com temas mais profundos mas ainda prefiro a escrita e a narrativa da Sophie, flui mais. Este foi o primeiro livro escrito pela autora como Madeleine Wickham e, talvez, eu leia os outros títulos dela (por exemplo, Quem vai dormir com quem?). Por enquanto vou ficar com a Sophie na minha estante.

Quem já leu? Conte aqui nos comentários o que você achou! Será muito bom ler opiniões semelhantes ou totalmente divergentes!

E hoje o Di Moça estreia a coluna Resenha Premiada! (Batam palmas). A resenha premiada tem como objetivo falar sobre o livro, como temos feito até agora, e no final sortear um exemplar do mesmo! Uau, gostaram? Não serão todos os livros resenhados para sorteio, por isso fiquem ligados se o post virá com a tag resenha premiada.

Para participar é super fácil!

Comente nesta resenha;
Curta a página do Di Moça no Facebook;
Curta a página da Galera Record no Facebook;
Siga e preencha as informações no Rafflecopter abaixo:


a Rafflecopter giveaway

Atenção!

Promoção válida apenas em território nacional.
Confira se você seguiu todas as regras no post.
Início dia 31/07 e término dia 15/08.
O sorteado terá 2 dias para responder o e-mail enviado pelo blog Di Moça.
Assim que recebido os dados de envio, o Di Moça terá até 30 dias para enviar o prêmio.
Em caso de dúvidas, entre em contato

Um beijo di moça e dedos cruzados!

Resultado

Parabéns Jois Duarte! Você ganhou um exemplar do livro Louca para casar! Verifique sua caixa de e-mail e responda com seus dados de envio para o Di Moça! *-*
Obrigada a todos!

Madeleine Wickham

Madeleine Wickham nasceu em Londres e é uma escritora britânica. Foi uma ex-jornalista de economia, com especialização na área financeira e começou uma carreira como escritora. Também é conhecida (e mais conhecida) como Sophie Kinsella e já lançou vários livros com este nome, como a famosa série “Os delírios de consumo de Becky Bloom”.


Site da autora| Site da Galera Record


• Hey! Deixe um comentário aqui •

• Temos 131 comentários nesta postagem" •

Raquel Moritz, disse: - 31-07-2013 (07:22)

Oi Jeeeeh!

Peguei esse livro na mão ali na livraria umas quatro vezes, mas acabei não levando porque tenho um pé atrás com a Kinsella depois de Becky Bloom (que livro chato!!!). Comprei Fiquei com Seu Número pra ver se é diferente, mais legal tavez, e vou descobrir nas próximas semanas.

Gostei da sua resenha e gostei de saber que ela conseguiu separar o lado chick lit da narração dela. Estou curiosa pra descobrir.

Beijão! ?

Raquel
http://www.pipocamusical.com.br

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Raquel!
Eu gostei de Becky Bloom (só li o primeiro) mas preferi o filme acredita? Eu também li Samantha Sweet, Executiva do Lar e esse me fez rir mais que o Becky!
Eu só vi ótimas resenhas de “Fiquei com seu número” espero que seja mais engraçado!

Esse parte para um gênero, um tema bem diferente, não achei chick-lit não…. :x

Beijos!




manie, disse: - 31-07-2013 (07:56)

aaaa eu tive que comentar: seu cachorro é igualzinho ao meu <3 oun que fofinho!

não sou louca pra casar, mas achei interessante o que eu li aqui hahaha deve ser divertido!

boa quarta-feira, um beijinho!
(:

http://www.pe-dri-nha.blogspot.com

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Sério Manie? Essa é lhasa! Eu tenho 4 em casa, imagine? Duas fêmeas e dois machos! E pra completar, uma das fêmeas teve seis filhotinhos semana passada, ówwwn!!!

Beijinhos!




Nessa, disse: - 31-07-2013 (08:32)

Oie!

Eu adoro os livros da Shopie, mas vi muitos falarem que este é diferente e isso meio que me desanimou para ler, mas continuo curiosa para ler.
Ameii as fotos dos seus cachorros, é shi tzu né. Eu tenho uma cadelinha bem parecida com o seu.

Beijos*
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Ela é lhasa flor! Tenho 4 em casa acredita? E semana passada uma das fêmeas teve seis filhotinhos, ówwwn!!!
Dá vontade de ficar com todos mas só de ver a bagunça e sujeira que os quatro fazem, desanimo! Hahahaha!
Beijos!




Thayná Nunes, disse: - 31-07-2013 (10:54)

Eu fiquei com vontade de ler esse livro quando li o título e a sinopse, mas já é a segunda resenha que eu leio que me deixa meio que… com um pé atrás quanto a história e tal. Nunca li nada da “Sophie Kinsella”, mas tenho vontade e está nos meus planos futuros. Talvez lendo sem a expectativa que esse livro dá a primeira vista e sem o peso de outras histórias da mesma autora eu até goste, já que sou chegada a esse tipo de drama de vez em quando.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Eu indico que você comece lendo a Sophie flore! Porque o livro da Mad é mais sério, menos descontraído e a gente tem mais temas para refletir!
Já a Sophie é bem light, relax, super engraçado! Analise qual é o seu estilo preferido e espero que tenha a oportunidade de lê-los!
Beijos!




Beatriz Cavalcante, disse: - 31-07-2013 (11:23)

Oi Jeh! Eu amei os livros que eu li da Sophie Kinsella, ri muito e eles viraram meus preferidos. Quando eu vi que Madeleine Wickham era a Sophie eu fiquei doida querendo o livro. Já tinha visto algumas resenhas e elas falavam que esse livro era mais sério e agora vendo a sua eu tive certeza. rs Mesmo assim é um livro que eu quero muito ler. Acho que vou preferir mesmo os livros assinados como Sophie mas quero conhecer a escrita da Madeleine Wickham.
Como é um livro que eu quero muito ler e já faz um tempinho eu vou participar do sorteio e tentar a sorte né? hehe :)

Bjs!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Beatriz!
Pois é, se você já é fã da Sophie com certeza vai querer ler os da Mad por serem a mesma pessoa. Você já sabendo essa diferença de gêneros ficará mais preparada para a leitura do que quem esperava outra coisa (como eu)!

Espero que tenha a oportunidade de lê-lo!
:*




Nanda, disse: - 31-07-2013 (11:44)

Ei Jeh,

Eu tenho curiosidade de ler algo dela neste estilo diferente, já li quase todos da Kinsella e amo demais. Mas este outro Quem vai dormir com quem? vi umas resenhas negativas e quero não. Acho que vou optar por este mesmo, gostei do tema e achei a historia bem interessante.
P.S: Fiz sábado retrasado a coluna sugerida por vc no Viaje comigo, das dicas de leituras. :)
bjs

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Nanda!
Nossa, mil desculpas pela demora em responder. Menina, as coisas aqui estão loucaaas! Minha rotina mudou, meus horários estão confusos então com certeza preciso ver o seu post! ;)

Eu acho que esse Louca para casar tem a mesma linha de escrita de “Quem vai dormir com quem?”. E, poxa, as capas são tão bacanas né? Uma pena não condizer com a história!

Beijos!




Vanessa Moreira, disse: - 31-07-2013 (12:34)

Nossa….quando vi a capa e o título viajei…. depois de ler sua resenha que vi que não era nada do que eu havia imaginado!!! Ainda não li nada da Kinsella…
Parabéns pela resenha

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Pensa eu então Vane? Tô esperando rir um monte, esperando uma mulher louquíssima pra casar mas não encontrei nada disso!
Os livros da Sophie são mais descontraídos, engraçados e relax!
Eu recomendo começar pela Kinsella, mas fica à critério de cada um! ;)

Beijinhos!




Viviane S., disse: - 31-07-2013 (12:35)

Puxa essa era realmente minha curiosidade, saber a diferença entre Sophie e Madeleine. Creio que vou continuar gostando mais da escrita da primeira, de drama já basta minha vida haha, mas como uma verdadeira fã que sou quero muito ler pra tirar minhas próprias impressões.
Beijoss

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Hahahhaha verdade Vivi, já basta o drama da nossa vida!
Mas seria bacana encontrar uma história que nos fizesse pensar “pow, eu realmente não estou no fundo do poço”, rs

Beijos!




Alessandra Tapias, disse: - 31-07-2013 (12:43)

Ah! Vai, foi bem engraçado. Eu to aqui imaginando tendo que correr pra me separar de um amigo biba pra casar com meu bofe!! rsrs. Não seria mais fácil ela contar pro noivo o ocorrido?? Esse povo dos livros complicam tanto.

Adorei a resenha.
Mas preciso acrescentar a beleza, a graça, a desenvoltura e o quanto esse fofíssimo dog é fotogênico!!

Amei tudo!!

Bjkas

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Hauhauhauh obrigada Ale, é uma lhasa, o nome dela é Shakira! Magricelinha e um amor de amiga!
Então, esses personagens literários complicam tudo né? Mas eu tento imaginar a mulher envolvida com uma família boa da grana, o casamento seria “chique” pra toda sociedade babar e de repente o passado (dez anos) volta pra atormentar. Ela ficaria no clima do “pow, você escondeu isso por dez anos”??
Enfim, hehehe. Viajei na maionese!
:*




Ane, disse: - 31-07-2013 (12:45)

Ah Jeh, sorteia meu nome, quero muito ler e saber como a Milli saiu-se nessa história.

Me daaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Hahahahahhaha, vamos ficar com os dedos cruzados!
Iupi!
\o




Giselle de Oliveira, disse: - 31-07-2013 (12:46)

Eu também gostei muito da capa e da sinopse, parecia ser bem interessante,mais agora já não sei se tenho tanta vontade assim de ler. Acredito o que mais me desanimou foi não ser tão divertido como são os livros da Sophie, o nome pode ate ser diferente mais quando você sabe que são a mesma pessoa fica difícil não esperar algo parecido.Até que eu leria porem não é prioridade, e quem saber quando eu ler goste +.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Aaah realmente Gi, o livro não é divertido como os da Sophie. Ele tem alguns momentos engraçados mas nada “arárárárá”, entende?
Acho que vale a pena lê-lo pra você tirar suas conclusões das diferenças de gênero, tema, narrativa, etc.

Beijos!




Roberta Krutzmann, disse: - 31-07-2013 (12:52)

Li e sua resenha e confesso que fiquei desapontada, eu achava achava que o livro era estilo mais romance e engraçado, mas pelo jeito não é. Realmente esse título engana os bobos, mas mesmo assim estou curiosa para ler, pois sempre vi falarem bem do livro.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Ro!
Olha, o livro tem muito pouco romance mesmo, ele tenta focar mais os assuntos de relacionamentos, opções sexuais e etc.
Enfim, se você ainda está curiosa, vale a pena tirar suas próprias conclusões!

Beijos!




Jessica Souza, disse: - 31-07-2013 (13:03)

Sempre tenho ouvido criticas bem parecidas sobre esse livro. Tenho todos os da Becky e ainda pretendo dar uma chance para esse, mesmo com todas as criticas não tão boas. Uma curiosidade Madeleine W.. é o nome de nascimento de Sophie ( Sophie kinsela é um nome “artistico”) e Madeleine acabou virando pseudonimo para seus livros e Sophie o original.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Je!
Pois é, eu vi depois que Madeleine é o nome original dela, mas prefiro muito mais os livros da Sophie!
Ainda assim, quero ler “Quem vai dormir com quem?” só pra eu ter uma conclusão mais definida sobre ela!

Beijos!




Bruna Xerém, disse: - 31-07-2013 (13:13)

Nossa, eu nem sabia que ela tinha um pseudonimo(é esse o nome que se dar. né!?). Adoro os livros dela como Sophia e agora fiquei curiosa pra ler esse, mesmo sendo uma temática mais séria.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Eu nem sabia que era o nome real dela Bruna! Na verdade o nome da Sophie é exatamente Madeleine Wickham, pensa??
Hehehe.
Prefiro os livros da Sophie!

Beijos!




Kellen Baesso, disse: - 31-07-2013 (13:15)

Oi, Jeh!
Eu já li outras resenhas do livro e é unânime que a autora separou bem mesmo os nomes. Sabendo quem Madeleine é, esperamos encontrar um pouco de Sophie, né? hehe
Achei o enredo bem interessante e tenho uma bronca quando as traduções não condizem com a história, fugindo totalmente do título original.
Não sei quando lerei, mas quero fazer isso, com certeza.
Beijos!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Kellen!
Mas ainda bem que a Mad fez essa distinção de gêneros de acordo com o nome. Já pensou se eu tivesse que arriscar todos os livros dela pra saber qual seria mais chick-lit e qual seria mais chick-nenhum pouco-lit? Hehehe!
Beijos!




Bruna Gabriely, disse: - 31-07-2013 (13:17)

Estou namorando esse livro faz um tempinho, quero muito ele. Adorei a resenha, me deixou com mais vontade.
Beijos. <3

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Eba!!!
Espero que tenha a oportunidade de lê-lo Bruna!!!
Depois nos conte o que achou viu! ;)

Beijos!
:*




Quequel, disse: - 31-07-2013 (13:26)

Nossa Amiga tem certeza que é essa história que o livro conta? Nem parece com a sinopse… q estranho!
Ai eu sou louca para ler alguma coisa da Sophie Kinsella, mas ainda não tive oportunidade :(
Bjinsss ;)

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Hehehe pois é Quel, nem parece que a história tem tantos assuntos profundos por causa de um título mais chick li né?
Espero que tenha a oportunidade de ler um livro das duas pra poder comparar!
\o
Beijos!




Barbara Sá, disse: - 31-07-2013 (13:34)

Heey Jeh,

Eu sou louca pela Sophie Kinsella e quero muito ler esse livro. A sinopse me deixou doidinha e eu sei que vou morrer de rir com a história :)

Beijos,
http://www.segredosentreamigas.com.br

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Aaah florzinha não sei se você vai curtir tanto esse livro porque não dá pra comparar com Sophie, apesar de serem a mesma pessoa.
Eu prefiro Sophie, adoro chick lit! Mas é bom dar uma chance né?

Beijinhos!




Marjourier, disse: - 31-07-2013 (13:59)

Despertou bastante minha curiosidade só pelo título!!! Adorei a sua resenha, com certeza tbm vou adorar ler o livro. *-*

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Que bom Ma!
Espero que tenha oportunidade de lê-lo!!
\o
Beijinhos!




Maysa @mardelivro, disse: - 31-07-2013 (13:59)

Jeh só pra ver se eu entendi direito, o nome dela é Sophia mesmo né?
Eu tenho mta vontade de ler os livros dela, principalmente Os Delirios de Becky.
Já estou participando \o

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Ma!
O nome verdadeiro dela é Madeleine Wickham, acredita? Hehehe, eu sempre achei que fosse Sophie mesmo!

Eu prefiro os livros da Sophie, hehehe, acho mais engraçado!
Beijos!




Tati Munhoz, disse: - 31-07-2013 (14:13)

Amo Sophie Kinsella, considero umas das minhas autoras favoritas (só fica atrás da Meg Cabot <3 mas tem lugar para as duas no meu coração hihi). E quando vi que ela estava lançando livros mais 'adultos' fiquei bem curiosa para ler! (não li nenhum de seus pseudônimos, nem da meg :/)
Gostei da resenha e da sinceridade! É muito fácil a gente falar somente que amou o livro né?! Continuo curiosa para ler o livro e ver o que vou achar dessa versão mais madura de Sophie ^^

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Eu gosto bastante das duas escritoras mas meu <3 está reservado para Marian Keyes hehehe!!!
Acredita que o nome verdadeiro da Sophie é justamente Madeleine? Só fui descobrir depois, que coisa né? Rs.

Espero que tenha a oportunidade de lê-lo!
:*




Josiane Paganini, disse: - 31-07-2013 (14:28)

Ou, Jéh. Você sabe que adoro seu blog né, principalmente suas resenhas, elas sempre me deixam com vontade de sair correndo para comprar o livro! Tomara que eu ganhe!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Josi!!
Ebaaa, como é bom ler um comentário tão positivo e cheio de motivação como esse!
Muito obrigada!
:*




Ana Lima, disse: - 31-07-2013 (14:30)

Oi Jeh,
Eu sou suspeita para Não querer ler um livro. Até bula, devoro se deixar. Não me lembrava de ter lido algum livro dela, mas pelo comentário das colegas, pude ver que já a conheço (Becky Bloom),rs. E mais uma vez enrolada com o casamento. Quando o li, achei o livro engraçadinho e a moça, um pouco paranóica, mas bacana. Será que sentiria o mesmo, uns 10 anos depois? Tenho curiosidade em saber como lidaria com o tema. Não sei você, mas sofro quando começo um livro e percebo que o foco segue a mesma linha do anterior… Considerando o fato de no momento estar na leitura de um romance adolescente (Will&WIll), eu topo mais esta leitura ;)

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Ana! Pois é, os livros da Sophie são mais relas, estilo chick-lit mesmo! Mas a Mad já escreve em um ritmo mais sério, a narrativa não dá tanto espaço pra risadas sabe? Acho que você vai curtir sim!
Beijos!




Vanessa, disse: - 31-07-2013 (15:03)

Parabéns pela resenha Jeh! Já li Louca para Casar e curti bastante. O único personagem que não me agradou na trama foi o Simon. Beijo!

http://www.newsnessa.com

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Vane! Obrigada!!

Nossa, eu confesso que não gostei de vários personagens… Isobel é uma delas, hehehe!

Beijos!




Maria Gabriella, disse: - 31-07-2013 (15:06)

Amei a resenha do livro,a capa é perfeita<3
Sem falar que os livros da Sophie Kinsella são muito bons. Fiquei morrendo de vontade de ler o livro!
Parabéns pela resenha,beijos!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Aaah sim, os livros da Sophie são muito legais mas a escrita e os temas da Mad são bem diferentes!
Beijos!




Giih, disse: - 31-07-2013 (15:17)

Uhuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu….. participando!

Beijos
giihflore.blogspot.com


mel medeiros, disse: - 31-07-2013 (15:54)

Olha essa história parece bem divertida!!
temas como a homossexualidade, o relacionamento familiar, o passado mal resolvido, o aborto, a religião, o ódio e o amor. Sem comédia?? Puxa!! Mas mesmo assim quero ler *-*

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Mel!
Pois é, são assuntos abordados no livro e espero que você tenha a oportunidade de lê-lo!
Depois me conta o que achou!
:*




Andréia Ramalho, disse: - 31-07-2013 (16:28)

Obaaaaaaaaa sorteio!!!! \o/


Claudia Caroline Alves, disse: - 31-07-2013 (17:35)

Oi. Só vejo comentários positivos sobre a autora, comprei um que chega essa semana e não vejo a hora de poder começar a ler. Esse parece ser delicioso!!!

Seu cachorro é um amor <33

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Claudia!
Qual você comprou?? “Quem vai dormir com quem?”
Depois me conta o que achou da leitura ok?
Beijos!
:*




Cibele Santos, disse: - 31-07-2013 (17:49)

Quando vi a capa desse livro,amei….li a resenha achei super interessante.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Que bom Cibele! Espero que goste da leitura!
:*




Daniele Gomes, disse: - 31-07-2013 (17:57)

Ameiii a resenha!!!!

Agora torcer p ganhar o livro rsrsrs

Bjos!!!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Obrigada Dani!
:*




Daniela Farias, disse: - 31-07-2013 (18:42)

Estou de cara! Não sabia que a Madeleine Wickham era a Sophie Kinsella!
Esse livro já está adicionado da minha estante no skoob. Quero muito ler! <3

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Hahaha pois é Dani! Eu fiquei sabendo logo que o livro foi lançado. Mas antes desse a Galera já lançou “Quem vai dormir com quem?”. Eu nem tinha feito ligação alguma, rs

Beijos!




Babi Lorentz, disse: - 31-07-2013 (19:37)

Oi, Jeh! Pensei que esse livro fosse mais um chick-lit mesmo. O título traz essa ideia, o que acaba deixando muita gente decepcionada.
De qualquer forma, tenho vontade de ler para conhecer esse lado diferente da escrita da Sophie.
Beijos!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Pois é Babi! Você já leu “Quem vai dormir com quem?” Nem tinha me atentado que foi escrito por Madeleine e não Sophie. Provavelmente seguem o mesmo padrão.
Eu prefriro a Sophie. E é bacana ler mesmo algum da Mad só pra você ver a diferença e ter sua própria opinião!

Beijos!




Gabriela A., disse: - 31-07-2013 (20:01)

Jéh, o título do livro realmente passa essa impressão de que a personagem está desesperada para casar.
Achei interessante a autora tentar partir para um lado mais sério e talvez não a narrativa não fluiu tão bem por ser a primeira. Fiquei com vontade de ler! Será que eu ganho? haha

Beijos,
http://pitadadecultura.blogspot.com

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Gabi! Pois é, a impressão é que a personagem está praticamente desesperada pra casar mas não foi esse o foco do livro, sabe? Tivemos outros temas que foram abordados durante o livro!

Beijos!




Rachel Lima, disse: - 31-07-2013 (22:52)

A capa dele é linda e o título e tudo mais, mas confesso que ia ficar um pouco decepcionada com o livro. Não por ser ruim, mas por fugir das minhas expectativas – também esperaria algo bem chick-lit se eu colocasse minhas mãos neles antes de saber mais sobre. Aliás, eu não tinha idéia que era a Sophia Kinsella escrevendo! Ia morrer sem saber. Mas enfim, sua resenha está ótima, parabéns! Fiquei curiosa quanto ao livro, mas não desesperada. Lerei se a oportunidade aparecer, rs. Aliás, espero que ela apareça comigo ganhando este sortieo qqq. Enfim. Beijos!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Então Rachel, eu já fui pela capa e pelo título! Tinha uma noção do que se tratava pela sinopse mas ela não vai muito fundo, achei que era mesmo um chick-lit!
Por outro lado fiquei feliz porque a Madeleine fez essa distinção entre os dois gêneros a partir do seu nome.

Beijinhos!




Rafael Fernandes, disse: - 01-08-2013 (05:54)

Jeh ainda não li, mas quero ler, nunca li nada da autora, agora perceber que a autora não se superou em seus outros livro decepciona um pouco neh, mas mesmo assim fiquei curioso sobre os temas abordados, espero ler!
ps. amei a capa do livro e as fotos ?

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Rafa!
Pois é, eu fiquei meio decepcionada porque esperava algo parecido/semelhante com os livros da Sophie Kinsella. Mas a escritora conseguiu separar bem os gêneros, bem como seus nomes (Madeleine é o nome verdadeiro da escritora)!

:*




Rafaele Sampao, disse: - 01-08-2013 (11:35)

Amei a resenha, e estou louca para ler o livro! Esta na minha lista de desejados! Espero ler ele logo logo.
Beijos Jeh! ?

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Rafa!
Que bom que gostou da resenha! O bacana de compartilhar opiniões sobre livros é que ninguém tem a mesma opinião. Temos opiniões semelhantes né? E espero que você goste muito da história!
:*




Nágila, disse: - 01-08-2013 (14:41)

Nossa, depois de ler a resenha da Jeh fiquei mais louca ainda para ler este livro, os livros da Sophie Kinsella são maravilhosos e esse não vai ser diferente. Parabéns pela resenha Jeh ficou ótima.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Ná!
Pois é, eu confesso que preferi os livros da Sophie aos da Madeleine mas vai do gosto de cada um!
Obrigada pelo elogio e carinho!! ;)
:*




Francielle Araújo, disse: - 01-08-2013 (15:49)

Acho os livros da Sophie Kinsella sempre muito agradáveis de se ler, conquistam pela simplicidade, foi o que aconteceu com Becky Bloom pra mim, não achei superficial, achei rotineiro, como se fosse fácil se sentir na pele da compradora compulsiva e maluquinha Rebecca Bloomwood. Ando curiosa demais pra ler esse livro, e essa resenha me deixou ainda mais ansiosa. Espero ter a sorte de ganhá-lo, que a sorte esteja ao meu favor, haha.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Fran!
Eu também gostei bastante da Sophie! Eu preferi “Samantha Sweet” a “Becky Bloom” (apesar de ter lido só o primeiro). Estou louca pra ler “Fiquei com seu número” porque só vi ótimas resenhas!

Beijinhos e dedos cruzados!
:*




Mariana Storck, disse: - 01-08-2013 (19:54)

Fiquei bem curiosa pra ler, por que só hoje é a segunda resenha que eu leio nos blogs que eu acesso. A história em si eu achei muito interessante e fiquei com muita vontade de lê-lo apesar das criticas não serem das melhores, mas nada como a nossa própria perspectiva da história pra tirarmos nossas próximas conclusões, então com eu estava querendo ler, continuo com a vontade, mas não com tanta empolgação assim.
Mesmo assim, acho super válido a leitura e quero esse livro pra mim. *-*

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Verdade Mari, nada melhor do que tiramos nossa própria conclusão lendo o livro. Eu sou assim, se quero muito ler um livro eu compro e depois leio as resenhas. Se eu quero um livro mas tenho dúvidas, leio as resenhas. Às vezes as resenhas me influenciam em comprá-los ou não também!

Beijos!




Tatiana, disse: - 01-08-2013 (19:57)

Participando!


Tatiana, disse: - 01-08-2013 (20:02)

só pela resenha fiquei apaixonada pelo livro… *-* adoro livros assim *-* hihihihi

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Que bom Tati!! Se tiver a oportunidade de lê-lo, depois me conta o que achou viu!!
<3




Kel Costa, disse: - 02-08-2013 (00:21)

Oi Jeh!
Que bom que vc passou lá no blog. É tanta gente querida e blog maravilhoso que nunca dá pra visitar todo mundo e a gente acaba esquecendo =/

Eu adoro a Sophie, mas confesso que não senti muita vontade de ler esse livro. A história me soa muito clichê. É legal saber que a Sophie conseguiu focar em algo mais puxado para o romance, mas eu ainda prefiro o jeito Sophie-chick-lit de ser rsrs

Suas fotos sempre arrasam! E esse dog dá vontade de morder *-*

Bjs,
Kel
http://www.itcultura.com.br

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Kel!
Pois é, quero muito visitar todos os blogs queridos que passam aqui no Di Moça mas nunca encontro tempo pra isso! Agora tirei essa semana pra fazer tudo isso e espero que dê certo!
\o
Eu adoro os livros da Sophie mas como Madeleine deixou a desejar. Talvez essa impressão seja só com “Louca para casar” não sei. Quero ler “Quem vai ficar com quem?” porque parece mais bacana. Posso estar enganada mas prefiro tirar minhas conclusões lendo-o! rs.

Obrigada pelo carinho!!!
*Não morde minha dog, tadinha, é minha xodó!*
:*




Fernanda Fusco, disse: - 02-08-2013 (08:20)

A capa bem que combinou com o layout do seu blog, Jeh!
Como estou num clima romântico e procurando novos romances para ler, estou participando! =)

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Aaah sério Fer?? Nem reparei nessa possível semelhança! Aliás, já quero trocar o layout do blog, quero algo personalizado-do!

Beijos!




Tamires, disse: - 02-08-2013 (11:15)

Confesso que fiquei confusa com a resenha!
Parecia uma sinopse tão simples rs mas a sua resenha mostrou que não é bem assim o livro!
Gostei dessa confusão toda, promete umas boas risadads e aquela aginia gostosa a cada página! :D
Legal o fato da personagem já ser mais velha também, a maioria dos livrs são tão adolescentes! rs

beijos

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Aahh sim Tamires, achei que o livro seria bem mais simples, do jeito que o título e a sinopse indicam mas comigo não foi bem assim. Foram poucos os momentos de risadas e os assuntos são bem retratados!

Beijos!




Rosângela Marques, disse: - 02-08-2013 (12:13)

Colocar foto do cachorrinho é pra me matar de tanta fofura, lindinho demais.
Bom, eu não sou louca pra casar mas confesso que fiquei curiosa pelo livro. Bom final de semana, beijos!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Rô!
Mas fique tranquila porque o título nem faz jus à história. Não achei nada a ver, sério. Tem o tema casamento mas não se torna algo perto da loucura. O livro aborda outros temas mais sérios e importantes!
:*




Isabelle Santana, disse: - 02-08-2013 (12:41)

A historia parece ser muito boa. Nunca li nenhum livro dela, mas sempre li resenhas positivas sobre ela.
Parabéns pela resenha e o blog.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Obrigada Isa!
Torço para que a resenha te anime a ler este livro também!!
E, se ler, compartilhe conosco a sua opinião!
:*




Ana Agnes Rocha, disse: - 02-08-2013 (18:18)

Oi Jeh!! Eu fiquei toda confusa quando o pessoal começou mesmo a dizer que a mesmo Sophie e Madeleine sendo a mesma pessoa, a escrita eram diferentes. Estranho né?
EU AMO SOPHIE justamente pela leitura leve e enragaçada, será que essa mudança faria com que eu gostasse menos tbm?
Louca pra ler!! Beijos

Ana Agnes Rocha
@blogeuleitora

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Ana!
Eu não achei tão estranho porque isso acontece bastante com a Meg Cabot, não é? Ela escreve como Patricia Cabot!
Se você já leu os livros da Sophie então arrisca a leitura da Mad! Nada melhor do que tirar sua própria conclusão lendo o livro né?
*-*
Beijos!




Bianca, disse: - 02-08-2013 (18:33)

Gostei da sua resenha. Não conheço essa autora, mas fiquei curiosa, vou procurar livros dela pra ler. Estou participando da promoção ^^ Beijos e bom fim de semana!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi florzinha!!
Você provavelmente conhece a Madeleine como Sophie Kinsella, autora da famosa série “Becky Bloom”! Tem até o filme! \o

Beijinhos!




Thaiane Nobre, disse: - 03-08-2013 (14:05)

Sinceramente, Jeh, o Di moça esta te fazendo hiper bem! Suas resenhas, que já eram ótimas e ricas em detalhes, estão cada dia mais ricas e melhores, a leitura dela flui tão bem que parece que você esta conversando comigo e me contando na maior naturalidade o que você achou do livro.

Nunca li nenhum livro da Sophie, mas sou louca para ler… e desde o lançamento desse livro que fiquei mais curiosa ainda. Falam tão bem dos livros, mas acho um pouco carinhos =/ Por isso ainda não comprei nenhum. Espero encontrá-los na Bienal com preços mais acessíveis!

Com certeza to participando desse sorteio e torcendo horrores para você enviá-lo para a minha casinha. *-* hahahahah

Beeeijos

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oh meu Deus que comentário lindo de deixar a moça aqui nas nuvens!! \o
Mais um comentário para me motivar nas resenhas! Eu quase desisti de postar resenhas por pensar justamente o contrário (afinal de contas os blogs literários cresceram quase que 200% nesse ano, né? o.O).
Obrigada Thai!

Então, a minha dica é: se você curte chick lit não adianta comprar Louca para casar. Sophie e Madeleine escrevem de forma bem diferente e até a essência é outra. Eu recomendo começar pelos da Sophie, assim você não pega antipatia logo de cara. Bom, é a minha opinião baseada no que eu já li da Sophie, rs.

Beijos!




Alexia Oliveira, disse: - 03-08-2013 (19:37)

Adorei sua resenha, me deu ainda mais vontade de ler este livro, que tem uma capa perfeita e uma sinopse maravilhosa, sabia que eu sou louca por casamentos? Então imagine minha reação quando vi que você ia sortear um exemplar, haha, quase pirei! Só que achei confuso esse lance da Sophie Kinsella ser Madeleine Wickham, nunca li nada dela e tenho uma enorme vontade, seja lá qual for seu nome verdadeiro, haha.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Alexia!
Então, pelo o que eu pesquisei o nome dela é realmente Madeleine Wickham! Eu gostei mais da escrita e das histórias mais lights da Sophie mas cada um tem seu próprio gosto e deve ler para tirar suas próprias conclusões né? ;)

Beijos!




Deise, disse: - 03-08-2013 (22:48)

Gostei muito da resenha,nunca li nada da Sophie Kinsella,mas AMO chicklit e espero embarcar nessa aventura com a Milly

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Deise!!
Que bom que gostou da resenha! Mas como eu disse ali em cima, se você curte chicklit não vai encontrar as características desse gênero nos livros da Madeleine…
Mas é um livro bom de se ler e ver como a autora consegue separar suas obras de acordo com os nomes utilizados para cada um!
:*




Bruna Araújo, disse: - 04-08-2013 (14:15)

Oi!! :)

Até o momento não tinha me empolgado nenhum um pouco para ler esse livro então antes de começara ler sua resenha fiquei na expectativa.
A cada resenha que leio (confesso que não foram muitas) reafirmo que meu desejo de consumo são os livros da Sophie, mesmo sem ter lido nada dela (#Chora). Preciso desesperadamente ler!! Mas está difícil, não ganho nenhum sorteio e as promoções do submarino não estão ajudando (momento errado… preço errado rs).
Particularmente, tenho meus “blog de confiança”, o seu é um deles. Sua opinião sempre conta! … mas entendo o que você quis dizer, eu mesma só posto resenhas atrasadas rsrs a maioria certamente já leu os livros, mas compartilhar a opinião é a graça da coisa, não é? Eu adoraria entrar em debate com os leitores rs, porém raramente tenho a oportunidade. Agora mesmo, não tenho muito mais o que falar, pois não conheço os trabalhos da outro a (já que o filme não conta né rs).

Adorei a resenha e os pontos que você abordou. Mesmo não me interessando muito pela história e estilo mais maduro da escrita, achei muuuito legal a autora conseguir fazer essa divisão, isso mostra que a mulher é um gênio! Eu não consigo mudar muita coisa no meu jeito de escrever… que dera ^.^

Bjs!!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Bruna!
Pois é, eu recomendo alguns livros da Sophie (os que li, claro) mas tenho outros na minha estante que estão me aguardando ansiosamente para serem lidos! \o/
Se você gosta de uma leitura mais light, relax e engraçada, eu recomendo que você leia os da Sophie antes dos livros da Mad. Não sei, posso estar enganada e você curtir muito “Louca para casar” sem antes ter se aprofundado na Sophie. Vai de cada um, né? Rs.
Eu estou nas nuvens com o seu comentário! Saber que o Di Moça é um dos seus blogs de confiança me deixa mais motivada a levar adiante as resenhas e minhas impressões sobre cada livro.

Quando tiver promoções dos livros da Sophie eu te aviso, ok? A maioria eu comprei bem em conta, nessas promoções de R$ 10,00 na Fnac! o.O

Beijos florzinha!
:*




Vivi Blood, disse: - 04-08-2013 (14:38)

Resenha impecável, como sempre. Desde que vi a capa desse livro fiquei com vontade de lê-lo, me parecia ser uma leitura leve, suave. Não conheço a escrita da Kinsella e acho que começar por esse livro em particular será uma boa, para depois partir para os mais hilários dela. Sua resenha cita assuntos que são muito de meu interesse, entrou para minha listinha.
E estou participando da promoção, vai que né? …

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Vivi!
Sim, os livros da Sophie são maravilhosos. Se você ama chick lits, então recomendo partir para os da Sophie ao invés da Madeleine. Você pode ficar desanimada com o toque mais sério nos livros da Mad….

Beijinhos e dedos cruzados! :*




Rayanna Pereira, disse: - 05-08-2013 (10:15)

Oi Jeh, amei a resenha. Amei as fotos também, seu cachorrinho é lindo! *-* Senti saudade da minha. Estou participando do sorteio, apesar de não ter sorte com isso! –‘

PS: Jeh te mandei email. Beijão.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Ray, tudo bem?
Obrigada pelo comentário viu! O Cookie é muito fofo, é o meu lhasa que mais me ama, hahahaha. É sério, ele dorme bem do meu ladinho, sempre cuidando de mim!
Ówwwn!
O que aconteceu com sua cachorrinha?? :x

Recebi seu e-mail e tentarei responder o mais breve possível! ;*




Beatriz Gosmin, disse: - 05-08-2013 (11:43)

Oi Jeh, tudo ok?
Não conhecia este livro até agora, e com a sua resenha fiquei com muita vontade de ler!
Achei super bacana o contexto da história, adoro livros que tratam de temas atuais como este (precisamos de muitos outros!), a homossexualidade, aborto, etc. Recentemente eu li um que falava sobre o aborto de um autor advogado nacional, achei ele bastante bom.
Adoraria ler este livro para me envolver com os personagens, e quem sabe, gostar muuito da história e da escrita da autora!

Beijos
http://www.livroseatitudes.com.br

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi floreee!!!
Tudo ok e contigo? Tô meio corrida com uma nova rotina mas torço para que seja um projeto maravilhoso!! Depois conto mais aqui no blog! ;)

Então, eu gosto destes temas também, não sei se foi uma opinião errada que passei. Mas pelo fato de o livro ser titulado “Louca para casar” esperava um tema mais ligado ao título, sabe? É bom, mas eu esperava mais!

Beijos!




Rayanna Pereira, disse: - 06-08-2013 (09:31)

Oi Jeh, minha cachorrinha morreu :( ainda to muito triste pra ter outro. Eu cresci com ela.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

:x
Ai Ray sinto muito viu! Eu já perdi um cachorro assim, tivemos que sacrificá-lo (o que partiu ainda mais meu coração) e ele foi meu primeiro cachorro, era pastor alemão, lindo!!

Espero que arrume um novo amiguinho de estimação e dê todo o amor pra ele!
:*




Diandra Fernandes, disse: - 06-08-2013 (21:17)

Acredito que este livro seja um chiklit certo? Eu gosto muito de literatura assim, li uns da Marian Keyes e amei. Achei a história de louca para casar bem divertida, consigo até já imaginar um filme assim. Quero ler pois achei interessante.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Di!
Sim, é um chick-lit mas ele tem uma carga de drama um pouco maior, os temas abordados são mais sérios e os personagens não são tão engraçados. Eu prefiro a escritora como Sophie Kinsella! Como Madeleine não tem nada parecido com a Marian Keyes… :x

Beijos!




Natália, disse: - 06-08-2013 (22:22)

Nossa, eu morro de vontade de ter os livros da Sophie Kinsella, eles são tão lindos, relatam sobre romances na maioria da vezes. Quando vi esse, já pensei “esse eu preciso comprar!” ? Deve ser muito boa a história!

PS: Seu cachorro é LINDO demais!!!! *-*

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Nat!
Pois é, eu também quero ter todos os livros da Sophie! Mas os da Madeleine eu não faço tanta questão, sabe? Rs.

Beijos!




Caline, disse: - 06-08-2013 (22:52)

Oi jeh tenho um sério problema com a SK, não consegui gostar de verdade de nenhum dos seus livros. Será que com esse que tem uma abordagem diferente eu gostaria mais? Não sei, meus gostos literários são bem estranhos, geralmente não gosto das coisas que todo mundo ama.
Admito que apesar de ser tão do contra que poderia gostar do livro, não senti muita empolgação na sua resenha.
Histórias com temas mais profundos e dramáticos são bem a cara da MK. Dela sou fã de carteirinha, rsrsrsrs.

Beijos

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Aaah Ca, se você não gostou dos livros da Sophie então pode tentar esse! É mais sério, os temas são mais profundos e a gente quase não ri, hahahaha!
Eu gostei do livro, não minto. Mas eu esperava mais, sabe? Algo mais chick-lit mesmo!

Beijos!




Ana, disse: - 06-08-2013 (23:45)

Noossa eu estou super ansiosa para ler o livro, eu já o vi na livraria e achei o titulo interessante…maaas fiquei em dúvidas se era um livro bobinho de uma menina sonhadora que quer casar. Agora, depois da sua resenha fiquei com uma super vontade de ler o livro…parece ser uma leitura rapida e divertida….curti mto!!! E parabéns pela resenha!
Uhulll…adorei a historia de resenha premiada…ideia genial!!! Bjinhos

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Que nada Ana, de bobo esse livro não tem nada, pode acreditar!
Se você gosta de um livro mais sério, com temas mais polêmicos e uma narrativa menos engraçada, está recomendado! Eu já prefiro livros mais lights, ainda mais quando a gente já conhece a autora comoc chick lit sabe?
Com o tempo eu me acostumo… rs!

Beijos!




Jois Duarte, disse: - 11-08-2013 (09:27)

Li o primeiro, “Quem vai dormir com quem?” e foi frustrante… juro, ainda não acredito que tenha sido escrito pela minha diva Kinsella! Parece que Madeleine e Sophie são duas pessoas.

Li coments mais positivos sobre este, então este será o decisivo e se gostar continuo insistindo em Madeleine.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Sério Jois?
Aaai poxa, só porque eu ia ler “Quem vai dormir com quem?”…. pensei que seria melhor, diferente, sei lá. Mas pelo visto a Madeleine é mais séria nas obras com seu nome verdadeiro.
Eu prefiro a Sophie! *-*

Beijos!




Flávia, disse: - 11-08-2013 (14:21)

Adoro os livros da Sophie Kinsella e sempre morri de vontade de ler um dos livros que ela escreveu com o noem verdadeiro (acho que é o verdadieor, né?), mas não sabia que tinha algum publicado em português. Adorei a resenha, vou ver se leio algum dia para conferir!
xx
Flávia – http://hangoverat16.blogspot.com.br/

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Flávia!
Ahmram, é o nome dela verdadeiro e a Galera já lançou um livro dela com o título “Quem vai dormir com quem”. Pela capa parece legal mas não é bom decidir por uma capa, hehehe, aprendi isso.

Beijos!




Evelyn, disse: - 11-08-2013 (15:46)

Fiquei louca para ler esse livro agora. Nunca tinha ouvido falar nele, acredita? Fiquei encantada com os trechos, com a capa, com sua resenha, enfim… AMEI!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Eba eba! Fico feliz que, mesmo com três estrelinhas (de bom) você ficou super louca pra lê-lo! Hehehe!

Espero que tenha a oportunidade de lê-lo!
Beijos!




Gilciany, disse: - 11-08-2013 (18:29)

Ai Jeh, gostei muito da sua abordagem esclarecedora sobre o livro, pq assim que o vi, também imaginei um chick lit com uma personagem aflita para casar se metendo em altas confusões para conseguir um marido. Resumindo, esperava uma trama mais leve, divertida e repleta de cenas engraçadas. Mas como vc deixou claro, não é nadinha disso. Portanto agradeço, pq se eu fosse ler esperando isso, provavelmente não gostaria do livro, pela capa ter me enganado e feito eu cair do cavalo. kkkkkk
Mas, não posso negar que da forma como vc colocou a história, eu tmbm fiquei interessada, pela trama mais série da Kinsella.
E como vc vai nos brindar com um sorteio, cá vou eu me aventurar, pois vai que a sorte vem e eu tenho a oportunidade de conferir a história neh?
Adorei sua resenha Jeh, bjus florzinha…

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Obrigada Gil! Acho super válido ser sincera na resenha sabe? Compartilhar minhas impressões, o que eu esperava e o que o livro realmente é. De qualquer forma é um livro legal, bom. Mas eu prefiro a escritora como Sophie porque chick-lit é um dos meus gêneros do coração! \o

Beijos!




Julia, disse: - 12-08-2013 (08:45)

Essa capa é simplesmente encantadora! Ja vi ele pela saraiva e fiquei doidaaaa pra comprar. Mas ja tinha exagerado nas compras de livros kkkkk me interessei bastante pela historia! Fico curiosa de ler um livro da sophie com um estilo diferente, comédia é a cara dela! Mas enfim haha espero ganhar! Beijoss

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Hahahaha é terrível quando exageramos nas compras, né Ju? Nossa, eu fico louca “ahh poxa quero colocar esse na cestinha também”!
Eu também acho que chick-lit a cara da Sophie. Beijos!




Polly, disse: - 14-08-2013 (13:11)

Quero muito ler esse livro!
Gostei bastante da resenha e fiquei bem curiosa pra ler e descobrir uma noca faceta da Sophie Kinsella!!!!!!!!
Amei as fotos do post!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Que bom Polly! É muito bacana quando comparamos a escritora com dois nomes diferentes. É bem visível a diferença no estilo de escrever!
Beijos!




@blogdimoca no Instagram!

Di Moça :: Colecionando sonhos e palavras! - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2015 - Ilustração por Juliana Rabelo