uncategorized category image

Eu Sou O Número Quatro #1 :: Pittacus Lore

30 . março . 2011

Olá pessoal!! Mais uma vez aqui no blog com uma resenha de um lançamento super esperado por muitos de vocês. Seja em letras ou em imagens, Eu sou o Número Quatro de Pittacus Lore tem deixado as expectativas de leitores e espectadores no último fio de cabelo! Antes de continuar, quero agradecer novamente a editora Intrinseca> pelo kit maravilhoso e pela oportunidade de lê-lo.
Eu sempre fico boquiaberta quando recebo comentários positivos de minhas resenhas aqui no blog. Parece fácil, mas já disse para todos os que comentam aqui que é uma tarefa que, ao invés de se tornar mais fácil, vai complicando. Pelo menos para mim. Quando acho que estou pegando o tal do “jeito”, um novo livro vem com tudo e me arremessa no chão. O que dizer? O que esperar? Como contar?
Eu sou o Número Quatro é exatamente um desses livros e vocês vão saber por quê! ;)

Eu Sou O Número Quatro #1 – Os Legados de Lorien (I Am Number Four #1 – Lorien Legacies)
Autor: Pittacus Lore
Ano: 2011
Páginas: 352
Editora: Intrínseca
Sinopse:

Lorien é um planeta tão antigo que chega a ter mais de 100 anos que a Terra. É um planeta lindo, cheio de vida, abundância. Todos vivem harmoniosamente bem. Os lorianos são “bem vividos”. Mas um ataque eminente acaba com o planeta, sugando todos os seus recursos. Assim, nove crianças são levadas por uma nave para a Terra. O objetivo? Serem a nova esperança de Lorien. Espalhados pelo mundo, os lorianos vivem escondidos sob nomes, aparência e condições humanas, sendo diferentes pelos seus poderes. Porém, seus atacantes não vão deixar barato e estão atrás dessas pessoas, o futuro de Lorien. Cada um, condicionado por um número, será perseguido em ordem até que os atacantes consigam ter o poder de Lorien. Na Terra, os três primeiros já morreram. E agora vamos acompanhar a jornada do Número Quatro para escapar dos “monstros” que acabaram com seu planeta.

No ínicio éramos um grupo de nove.
Três se foram, morreram.
Agora restam seis.
Eles estão nos caçando e não vão parar enquanto não matarem todos.
Eu sou o Número Quatro.
Sei que sou o próximo.

Quando comecei a ler “Eu sou o Número Quatro”, não tinha nenhuma expectativa dentro de mim. Esse é o único motivo por tornar esta resenha diferente das outras. Enquanto alguns blogueiros e leitores estavam ansiosos para a chegada do livro, eu me contentava com o trailer e um simples “é, parece bom”.
E sendo sincera, o outro mundo, o outro planeta ou como vocês preferirem, nunca chamou minha atenção – tanto na literatura quanto no mundo cinematográfico. Esse “lance” de aliens, vidas em outros planetas, galáxias, para mim era dor de cabeça na certa. Mas quando vi o trailer do filme, me interessei sem criar expectativas.

Lorien é um dos dezoito planetas (habitados) do Universo. Ele pode ser comparado com a Terra antes dessa carnificina ambiental que estamos vivendo: tudo verde, muito bonito, todos vivendo amigavelmente, recusos naturais se esbanjando através dos mares, rios, florestas. Porém, Mogadore, um planeta cheio de ambições, seres horríveis e selvagens, com fúria e ambição, tomaram conta de Lorien, travando uma guerra inevitável e cheia de desastres. A única esperança para o planeta era unir nove crianças lorianas que pudessem sobreviver em outro planeta e um dia, acabar com a guerra e transformar Lorien novamente em um planeta habitável.
Assim, espalham-se pelo planeta Terra os nove lorianos. Nenhum deles se falam, conhecem e isso é importante para que os mogadorianos não os matem e acabem com a esperança. Mas nada é perfeito, de fato. Nem aqui, nem em Lorien ou em qualquer outro planeta. Os mogadorianos estão na Terra prontos para acabar com os lorianos restantes e tomar de vez o controle, não apenas de Lorien, mas como da Terra.
Os três primeiros lorianos morrem. E o livro começa com a história do Número Quatro….

O que dizer do livro? Como eu não tinha expectativa alguma, eu gostei bastante. Como eu também não gostava de livros sobre outros planetas, também gostei bastante.
A narrativa de Pittacus alterna entre direta e indireta, contada em primeira pessoa pelo Número Quatro. O começo do livro narra a morte do Número Três e conhecemos mais a respeito da vida dos lorianos pelo o que o Número Quatro sabe. E ele não sabe muita coisa, o que quer dizer que a gente vai aprendendo junto com ele. Eles não têm nome. São conhecidos por números, mas na Terra precisam de identidade. Número Quatro é inicialmente conhecido como Daniel Jones, vive na Califórnia e terá que mudar de cidade em um piscar de olhos porque descobre que Número Três morreu.
Seu pai, protetor loriano, Henri, está sempre com ele, ajudando-o a fugir da morte precoce e a desenvolver seus legados (poderes) até ser capaz de começar a batalha final.
Assim, Daniel Jones e Henri se mudam para Paradise, em Ohio, e começam a vida por lá. Mudança de cidade, mudança de nome, mudança de vida. Número Quatro se torna John Smith, um cidadão de 15 anos que vai ter que começar tudo do zero. Isso é o que mais irrita as pessoas nas mudanças. Acreditem, nos aliens também.
John vai conhecer novas pessoas, estudar em uma escola diferente, mas que sempre tem aquele fortão metido à besta, sempre procurando encrenca ou aquele nerd que se esconde na última fileira da sala de aula. E, opa, não podemos esquecer da mocinha linda e maravilhosa. John vai enfrentar tudo isso mas com uma nova visão, um novo sentimento que até então ele desconhecia.
Ser como nós não é tão fácil quanto parece, não é John?

Não sei até onde posso contar, não quero desanimá-los com os nomes, as “teorias” e o desenvolvimento do trama. “Eu Sou O Número Quatro” é o primeiro livro da série Os legados de Lorien do Pittacus. Se você está com suas expectativas no couro cabeludo, talvez você se decepcione um pouquinho. Algumas partes foram muito legais, cheias de ação e enquanto tudo é um mistério tanto para o personagem quanto para nós, fica super instigante. Mas com o passar das páginas, o desânimo pode surgir, dependendo de cada leitor.
No final de tudo, eu recomendo!!

Desculpem se a resenha não foi muito específica ou se deixei vocês com mais dúvidas e/ou inseguranças mas não posso revelar muito sobre o livro – para que ainda hajam as surpresas durante a leitura de cada um! *-*

Para quem já leu…

{mais…}

Um grande beijo com carinho e até o próximo post!
xoxo

Pittacus Lore

Pittacus Lore é o pseudônimo usado por James Frey e Jobie Hughes. Juntos eles escreveram a série Os Legados de Lorien, traduzida aqui no Brasil pela Editora Intrínseca.
James Christopher Frey nasceu em 12 de setembro de 1969 é um escritor americano. Ele foi o tema de um escândalo quando os investigadores descobriram que os principais elementos de The Million Little Pieces , um livro de memórias, eram inventadas.
Jobie Hughes nasceu em 9 de julho de 1980 é um americano escritor. Hughes nasceu em Renton, Washington , mas a partir dos três anos foi criado em Spencer, Ohio . Em 1998, enquanto estudava Black River High School em Sullivan, Ohio , tornou-se campeão estadual no wrestling, um tipo de luta. Ele freqüentou a Universidade de Ohio com uma bolsa de estudos, formou-se em 2002, e ganhou um diploma de mestrado em Escrita Criativa da The Columbia University School of the Arts em 2009. Ele atualmente vive em Michigan.

Site da série Blog da Intrínseca



• Hey! Deixe um comentário aqui •

• Temos 48 comentários nesta postagem" •

Srta. Bibliófila, disse: - 30-03-2011 (00:40)

A resenha me desanimou… Também não gosto muito de aliens, mas quero pelo menos assistir ao filme.

Assisti seu vídeo com o que chegou! Ficou muito legal, a Leila também me mencionou daquela vez, estou louca para ler o livro dela.

Beijocas
Tarsila

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Srta. Bibliófila,

Aaah, sério??? Você já leu algum livro de aliens?? Esse foi meu primeiro e gostei!! Agora vou ver se tiro um tempo extra pra ler “a hospedeira” da Stephenie M.

Que bom que gostou do vídeo flor!!
Beijos!
xoxo




Li Um Livro, disse: - 30-03-2011 (07:16)

Oi Jeh!

Comigo foi completamente diferente, criei mil expectativas! =P
Como já disse, era meu livro mais esperado pra esse ano…sei que nunca é bom deixar isso acontecer, mas não aguentei. haha
Sua resenha me deixou um pouco mais animado…aos pouquinhos vou retomando toda a vontade de ler o livro, que eu fui perdendo ao ler as críticas. =)
No final, acho que vou gostar de tudo mesmo, e nem lembrar que já falaram mal dele. haha

Beijos!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Li Um Livro,

Aah então, eu vi no seu vídeo….Eu não li resenhas do livro em outros blogs, isso me ajudou a não desanimar e apenas ficar neutra sabe? Mas espero que leia o livro e goste!! Que atinja suas expectativas, pelo menos!
;)

Beijos!
xoxo




Mariana Ribeiro, disse: - 30-03-2011 (11:19)

Olá, Jeh!!
Eu apreciei muito a sua resenha e seu ponto de vista, mas não sei porque ainda não estou muito a fim de ler este livro. Se eu ganhar o livro de presente, beleza, eu lerei com certeza. Entretanto, não pretendo comprar o livro por enquanto rsrs.
Quem sabe eu mude de ideia a respeito algum dia, mas não curto muito o gênero Ficção Científica rs.
Tenha uma ótima semana.
Bjos.

Mariana Ribeiro
Confissões Literárias.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Mariana Ribeiro,

Oi Mari!!! Aai que bom que gostou!! Bom, se mesmo assim você está com um pé atrás então nem force. Leia quando puder e quiser, claro! Huhuhuh!

Beijos!
xoxo




Luciana (Lulu sempreromantica), disse: - 30-03-2011 (13:10)

Sou apaixonada pelos vampiros, lobinhos e anjos…então que venha os aliens (*risos*). Essa resenha não foi tão animada, mas mesmo assim fiquei interessada, quero ler o livro.

Beijos
Blog Apaixonada por Romances

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Luciana (Lulu sempreromantica),

Hehehe, gosta de sobrenatural né?? Acho que você vai gostar dos aliens sim, pelos menos os do Pittacus, hehehe.
Não achou a resenha animada?? Poxa, até que achei que tinha ido bem… :x

Beijos!
xoxo




Mirtes Agda, disse: - 30-03-2011 (14:27)

Oi Jeh super fotogênica (hihihi)!

Eu fui no evento desse livro aqui em Sampa e gostei bastante.O livro não é tão diferente pelo que já li em ‘A Hospedeira’ que aborda mesmo tema sobre aliens (esse ultimo livro é muito legal, super recomendo). Vou ler ele ainda esse ano se meu bolso furado não estiver vazio como nas ultimas semanas :)

Kisses
Mirtes Agda

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Mirtes Agda,

Hauhauhauha fotogênica, eu??? o.O
Aah eu queria tanto ir em um evento bacana de livros, mas aqui nunca tem. E quando tem, são de livros de negócios… -.-‘
Leia sim Mirtes, acho que você vai gostar!! Huhuhuh
Não li “A hospedeira” pra ver se é na mesma linha de “aliens” mas recomendo!

Beijos!
xoxo




Evellyn, disse: - 30-03-2011 (17:18)

Huahua

enfim, gostei da sua resenha, pois assim como vc não tenho mt expectativa do livro… Eu quero ler mesmo pq quero ver o filme depois pra poder ficar comparando ;P
essa coisa de outros planetas, nunca curti, mas depois que me rendi a A Hospedeira eu acredito que posso gostar de qq coisa, por mais ‘viajada’ que seja…

Huahua ok, morri de rir ao ler que Daniel Jones (o cantor do McFly) vira John Smith ( o namorado da Pocahontas) !!

rs

bjks!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Evellyn,

Aaah então, agora quero muito ver o filme porque como li o livro, dá pra comparar e tal!! Tem muitas cenas que espero encontrar no filme, vamos ver! Hihihih

Eu ainda não li A hospedeira apesar de ter o livro aqui… hehehe

Raxe de rir com seu comentário: “Daniel Jones (o cantor do McFly) vira John Smith ( o namorado da Pocahontas)”
Nem lembrava que o loirão da Pocahontas é John Smith!
o.O
Hauhauhauhauha

Beijos!
xoxo




Babi Lorentz, disse: - 30-03-2011 (20:22)

Ah, Jeh! Acabei de ler a resenha da Pam (Garota It) e vim aqui ler a sua. Ambas deram 4 estrelinhas e ambas, de certa forma, falaram a mesma coisa do livro. Pode ser que decepcione, dependendo do leitor.
Eu quero ler. Tenho mesmo vontade em conhecer. Gosto de histórias de alien, quando são contadas dessa maneira.
Então com sua resenha e com a da Pam voltei a ter vontade de ler esse livro porque, até então, só estava vendo críticas negativas a ele.
Beijão

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Babi Lorentz,

Aaah que bom que apesar das resenhas nos blogs você quer ler o livro! Já que você gosta de histórias de alien, o livro está com uns pontos a seu favor! Só encontrou a da Pam e a minha resenha como positivas??
o.O

Beijos!
xoxo




Monique Melo, disse: - 30-03-2011 (20:27)

Olá! Eu li Eu sou o número quatro e vou te dizer: eu gostei bastante. Fiquei com o pe´atrás porque muitos blogs postaram resenhas que me desanimaram um pouco, no final, tomei coragem e me diverti lendo. Sobre suas observações: eu adorei a Seis. Não se sabe muito dela, mas amei o jeito “chego e boto pra quebrar” rsrsrsrs Eu também não me animei muito com o romance… E o Sam, eu entendo que o fato do Jonh ser um alien não o tenha afetado(ele já ahcava que eles existiam mesmo), mas a Sarah foi demais né? Nem piscou… e eu estou doida pra ver MUITAS cenas do livro no filme. XD Adorei sua resenha. beijos

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Monique Melo,

Oi Monique!!!
Então, como eu tinha dito pra ti, não cheguei a ver as resenhas negativas. Eu gostei do livro, os pontos que deixaram a desejar foram esses que você citou. Acho que a Número Seis nem deveria ter aparecido, sei lá. Talvez no filme eu acabe gostando dela, não sei…
:x
Agora é aguardar o filme pra gente comparar né?? =)
Beijos!
xoxo




Raquel Euphrasio, disse: - 30-03-2011 (20:50)

Esse eu ainda não li…
Se um dia rolar de eu ler e u conto. haha!

Então sempre resposndo os comentarios no meu blog, no post seguinte, salvo os casos q a resposta possa não adiantar muito, o q é o caso, então vou responder aqui e lá depois ok?! rsrsrs

Sobre o filme Plano B.
Recomendo totalll…
E vai estrear na tv não, j´[a estreou e foi lá q assisti é na HBO

Bjinsssss

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Raquel Euphrasio,

Aaahh que bom flor. Leia sim! ;)

Aaaahh eu quero ver Plano B então!! Muitas pessoas me disseram que é fraquinho mas como já estreiou na HBO, não custa assistir (mentira, custa uma mensalidade básica, mas você entendeu né? Heheheh)

Beijos!
xoxo




Nanda, disse: - 30-03-2011 (21:40)

Não sou mt fã de aliens, por isso tambem nao me animei para ler A hospedeira. maaaaaaaaaaas depois que vi o trailer do filme até fiquei com vontade de ler o livro, na vdd mt vontade, kkkkk. mas não tenho altas expectativas, na vdd até bem baixas, porq vejo mt gnt falando mal dele :( vou ler de teimosa que eu sou kkkkk.

Beijos!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Nanda,

Aahh sim Nanda, me contaram que tem muitas resenhas mais desanimadoras na internet mas confesso que não vi nenhuma delas ainda… :$
Eu tenho A hospedeira aqui pra ler mas por causa da lista de leituras, acabo deixando pra depois, pra depois…. :$
Eu sinceramente gostei do livro. Acho que você vai gostar também! ;)

Beijos!
xoxo




Fernanda Matos, disse: - 30-03-2011 (22:54)

Ai, Jeh! Eu não tenho vontade de ler este livro nem de assistir ao filme… a começar pelo nome do autor: Pittacus Lore!? Como asim??? É um pseudônimo??? Ele se baseou no nome dele para criar o nome do planeta Lorien ou foi o contrário??? Estranho, muuuito estranho!!! o.O

Isso sem falar nessa coisa de lorianos x mogadorianos…

Enfim!

Bjo!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Fernanda Matos,

Oi flor!!! É, a gente lendo os nomes fica meio estranho, parece viajado. Na verdade a história é bem fictícia, pelo menos pra mim, que não acredita em outros seres e tal. O nome do autor aparece no livro sim, mas nem posso dizer muito pra não estragar as aventuras dos leitores no livro!

Beijos!
xoxo




Juh, disse: - 31-03-2011 (10:29)

Estou ansiosa para ler esse livro, não sou fã de Aliens mas a sinopse me cativou,tenho a sensação de que vou me decepcionar um pouco rs… mas já comprei e já esta na fila esperando a vez!
Adorei a resenha Jeh, sempre super sincera *-*
beijocas enormes
Livros e blablablá

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Juh,

Uffa, que bom que gostou da sinopse Juh!! Hehehe, eu gostei do livro! Diferente do que imagino sobre aliens e tal sabe?? Huhuhuh!
Já que você comprou o livro, tenta lê-lo assim que puder, de preferência antes do filme. Você pode gostar!! ;)

Beijos!
xoxo




Elisete Backes, disse: - 31-03-2011 (12:58)

Olá Jéssica!!!
Como eu tinha falado em outro comentário estou ansiosa para ler o livro, até em função do trailer do filme, mas vou aguardar um pouco para comprá-lo.
Tem uma coisa que tu comentaste de que os personagens logo acreditam na história do alien. Isso já aconteceu em outros livros que li também. Os personagens vivem uma vida normal e de repente, puf, do nada aparecem seres sobrenaturais e todo mundo vai pra luta contra o mal e tal, mas gente, só um pouquinho, tem que ter um pouco mais de incredulidade nisso, senão fica tudo muito forçado.
Espero que tenha melhorado da gripe e que a ideia da dengue tenha sido só uma suposição… hehhehe
Bjos

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Elisete Backes,

Aah que bom Elisete!! Pois é, eu quase não leio livros sobre aliens. Tenho o Hospedeira aqui em casa, da Stephenie Meyer, me disseram que é mais ou menos isso, sobre aliens, mas ainda não li…

Estou bem melhor da gripe, graças à Deus! Se for dengue, espero que meu corpo seja ultra forte pra combatê-la sozinha!! Huhuhuh

Beijos!
xoxo




Lilian Britto, disse: - 31-03-2011 (13:31)

Oi Jeh querida!!! Bom, eu ainda não li e confesso ter criado muita expectativa! Será q vou me decepcionar? Tomara que não né! Sou doida pra ler ^^ E ao contrário de vc, isso de outros mundos habitados sempre me despertou a atenção. Gosto de hitórias de aliens =)
Gostei da sua resenha e como ainda não li, gostei mais ainda de vc ter escondido os spoilers ;)
beijos, bom final de semana =*

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Lilian Britto,

Oi Lih!! Humm, acho que você vai gostar sim! Um ponto a seu favor por gostar de histórias de aliens e tal!
*-*
Eu gostei mais por não se passar em outro mundo e sim aqui na Terra, sabe?
Não viajaram tanto na maionese, vamos dizer assim!

Recomendo! ;)

Beijos e bom final de semana!
xoxo




Srta. Bibliófila, disse: - 31-03-2011 (17:19)

Jeh Asato,

Já li A Hospedeira! Amei na época que li, hoje não gosto tanto da história…

xoxo

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Srta. Bibliófila,

Hummm, eu espero gostar da leitura porque o meu tá na fila me esperando… :$

Beijos!
xoxo




Raphaela, disse: - 31-03-2011 (17:23)

Oiee Jéé´s!
Nao li a resenha ainda pq eu estou terminando o livro, vai que tem spoiller né? Mas depois eu volto aki e comento! hdushdus

Aaaah, eu acho que nao cheguei a comentar aqui com você, mas essa semana toda está rolando um especial super bacana com resenhas da serie IRMANDADE DA ADAGA NEGRA! Eu nao sei se você conhece os livros, ja ouviu falar ou leu, mas passa lá e dar uma conferida?! Tá super bacana conhecer um pouco mais sobre o trabalho MARAVILHOSO da J.R Ward e ainda ter a oportunidade de se apaixonar por um dos Irmãos (ou por todos eles!!!)

Já tem resenha de Amante Sombrio, Amante Eterno, Amante Desperto e mais tarde tem outra resenha!

Espero você lá!

Um grande beijo! :*

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Raphaela,

Oi Rapha!! Ahh sem problemas! ;) Quando terminar a leitura e quiser vir comentar, será um prazer ler sua opinião!!
*-*

Menina, nem sabia que era um especial de várias resenhas. Encontrei a resenha do último livro e acabei comentando antes que não tinha lido e tal! Vou lá ver as outras resenhas então!!! Huhuhuh

Beijos!
xoxo




Regiane, disse: - 01-04-2011 (11:42)

Nossa flor aconteceu o mesmo comigo. Eu estou vendo tanta gente na expectativa por conta desse livro e eu sinceramente não fiquei nada empolgada. Até porque, como você, não sou muito chegada a esses livros que envolve seres de outros planetas, etc.

Até gosto de livros de ficção científica, mas não desse tipo, porèm agora que li sua resenha e como você disse o quanto gostou, fiquei bem interessada. Vou adicioná-lo na minha lista de desejos ;)

Beijinhos,

Ler e Almejar

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Regiane,

Oi Reh!! Poxa, então é bem capaz desse livro quebrar algumas barreiras da ficção científica!! Recomendo a leitura sim!! Acho que você vai gostar!
*-*

Beijos!
xoxo




Raphaela, disse: - 01-04-2011 (20:31)

Jeh Asato,

Eu vou te esperar lá, com certeza! :)

Obrigada pelo comentário, é importante pra mim!

Bjos :*

?

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Raphaela,

Imagine, mando com o maior prazer!!

Seja sempre bem vinda e sinta-se sempre à vontade no blog Rapha!!

Boa semana!
xoxo




Ralf, disse: - 01-04-2011 (21:55)

Sua resenha me animou, um pouco. Lorien é um planeta habitado, e como nós seres humanos não descobrimos?
Começar uma vida do zero deve ser super difícil. Tenho dó dos ETs. E que legal que eles vão ter poderes.
Como sou curioso, eu li a parte do Mostrar mais. Achei que a número 6 e ele, tinham algum romance.

Ralf
Aprendendo com os meus erros…
http://www.meus-erros.blogspot.com

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Ralf,

Pois é!! Porque na verdade o ser humano não é muito inteligente né? Pra você ver, é um dos 18 planetas habitados, pensa??? Hehehe.

Então, sobre o lance da Número Seis, não tem romance mas eu não quero que tenha, nem agora nem nos próximos livros. Huahauhauha
Sou má!!
;p

Beijos!
xoxo




ELIS, disse: - 02-04-2011 (07:28)

Ihh.. esse livro nunca me convenceu, apesar de gostar desses temas doidos sobrenaturais e de outros mundos.. rs
Ainda não o li, mas sei que um dia vou acabar sucumbindo a ele, gostando ou não
Adorei a resenha!!
bj

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@ELIS,

Humm, poxa flor, sério?? É, não adianta forçar né? Mas se caso surgir a vontade de lê-lo, aproveite porque você pode mudar sua opinião!! ;)

Beijos!
xoxo




Lari, disse: - 02-04-2011 (14:54)

Nem sei mais se quero tanto ler esse livro…, parece que o filme é até melhor… Sei lá.
Eu adoro essas coisas de aliens e ficção científica, mas dizem que Eu Sou o Número Quatro tem umas partes bem chatinhas de high school. Sei lá².
tudo-por-um-livro.blogspot.com

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Lari,

É, não adianta forçar. Se você ainda não sabe, melhor esperar até a vontade surgir! Eu espero que o filme seja muito bom mas tenho a sensação de que vão esquecer muitas cenas boas do livro!
:x

Beijos!
xoxo




Ligia Paulino', disse: - 02-04-2011 (20:20)

Jeh!! eu gostei da resenha *-8, participei do evento de lançamento do livro, li varias e várias vezes a sinopse para bolar o evento junto com a Nathanne e acabei me interessando pela história. eu gosto de uma ficção cinentifica rsrsrs. parabéns pela resenha gosto da sua sinceridade, sempre procuro ser assim quando faço as minhas!!

beijocas ;**

Lígia.

Lígia et son monde.
http://ligiaeseumundo.blogspot.com/

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Ligia Paulino’,

Aaai que bacana!! Você é uma das poucas pessoas que recomendaram o livro e não sei por quê. Acho que sei: a expectativa dos leitores está MUITO ALTA para o livro.
=/
Mas que show, ir no evento e tal, eu gostaria de ir em um evento de lançamento literário… MASSS… por enquanto não dá!
Hehehe

Beijos e boa semana!
xoxo




Andréia Regina, disse: - 04-04-2011 (08:55)

Eu to louca pra ler esse livro, mas como estou ansiosa tenho medo de me decepcionar, pois é geralmente assim que acontece…
Adorei a resenha.
bjos!!!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Andréia Regina,

Huhuhuhuh acho que você não chega a se decepcionar, talvez fique só um pouco menos enérgica em relação à ele. É bom sabe! Acho que só vai decepcionar mesmo se pessa estiver com a expectativa, sei lá, quase se tornal material de tão forte!
o.O

Beijos!
xoxo




Raphaela, disse: - 06-04-2011 (12:23)

Oie Jéss… eu falei que voltava né?! HUDSHUDHS Pois então, to aqui.

Então, a primeira impressão que eu tive da leitura do livro, eu gostei. Mas confesso que eu fiquei decepcionada nao em um ponto, mas em muito. Eu tbm achei tosco do autor colocar o amigo e a namoada pra acreditarem tipo PÁH! ACREDITOTO!, esse romancezinho fuleiro ai nao me desceu pela goela, e detestei o Henri ter morrido :(

Pra nao falar que eu nao gostei de nada, eu gostei que o autor nao se enrolou pra poder contar como era Lorien, os segredos foram logo revelados e páh, tudo na cara.

Tem alguma coisa no livro que ainda me incomoda, mas eu nao consegui identificar o quê. Não sei talvez seja a escrita – eu achei MUUUITO simples – o que pode ser ou não uma coisa ruim, mas as vezes eu queria detalhes e detalhes e nao tinha NADA! ¬¬

Bem.. é isso!

Bjos!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Raphaela,

Oi Rapha!!! Bem vinda de volta!! Huhuhuh. É, um dos pontos que me incomodou muito foi o romance xucrinho e sem graça. Eu já não tenho nada contra a narrativa, se fosse mais rica, talvez fosse confundir a gente com tantos nomes e tal.
Acho que a tradução de um livro implica muito em nossa decisão. De repente a versão original seja melhor e a tradução não tenha sido bem feita. Uma hipótese, claro!

Mas enfim, vai ver o filme mesmo assim?? =)

Beijos!
xoxo




@blogdimoca no Instagram!

Di Moça :: Colecionando sonhos e palavras! - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2015 - Ilustração por Juliana Rabelo