uncategorized category image

Morte e vida de Charlie St. Cloud :: Ben Sherwood

22 . março . 2011

Depois de um tempinho (enrolando) para postar no blog, venho com mais uma resenha para vocês: Morte e vida de Charlie St. Cloud de Ben Sherwood. Antes mesmo de ter me aprofundado na história do livro, imaginei que seria mais uma obra de Nicholas Sparks: pela sinopse ser parecida com as histórias do Nicholas e por ter sido lançado pela Novo Conceito. Super fácil de se enganar, não é? Mas quando lemos este livro, nos deparamos com muitos aspectos diferentes e percebemos a singularidade de cada autor. Confiram e espero que gostem! ;)

Morte e vida de Charlie St. Cloud (Charlie St. Cloud)
Autor: Ben Sherwood
Ano: 2011
Páginas: 304
Editora: Novo Conceito
Sinopse:

Charlie St. Cloud é um garoto que tem todo o futuro brilhante pela frente, seja na área que ele quiser. Um garoto exemplar que poderia conseguir entrar em qualquer faculdade, se fosse seu desejo. No condado de Essex, Charlie é conhecido e querido por todos. Vive com sua mãe e seu irmão caçula, Sam. Charlie e Sam St. Cloud se dão muito bem como irmãos, amigos e companheiros de vida. Mas a vida dos irmãos muda drasticamente em um acidente de carro após saírem de um estádio para assistir uma partida de Beisebol do Red Sox (o time de coração de Sam). Charlie, por um milagre, sobrevive ao acidente e a partir daquele dia, como promessa para o irmão, passará sua vida no cemitério Waterside jogando beisebol todos os dias, ao pôr do sol, na Floresta das Sombras – local em que Sam foi enterrado. Durante esse tempo, Charlie conhece Tess, uma garota destemida que quer velejar sozinha pelo mundo. E quando Charlie acha que tudo vai entrar no eixo, seu mundo dá uma segunda volta. Uma história sobre amor, segunda chance e aproveitar a vida que Deus te deu como dádiva.

Tentei fazer uma sinopse rápida mas creio que deixei alguns pontos passarem despercebidos e quero colocá-los aqui. A história trazida por Ben Sherwood – devidamente confundida com uma obra de Nicholas Sparks – é voltada principalmente a uma segunda chance na sua vida. Ao contrário das obras de Nicholas, Ben Sherwood entra em outro mundo, após a morte, e é nele que o enredo se desenvolve, alternando entre aqui e lá (seja lá onde for – limbo, sala de espera ou como você encarar a “espera” para o outro lado).
No condado de Essex, os irmãos St. Cloud são conhecidos pelo amor um pelo outro. O cuidado de Charlie por seu irmão Sam – que é apaixonado pelo time Red Sox – é enfatizado com o passar da história.
Em uma aventura nada responsável pelos irmãos, decidem “roubar” o carro da vizinha e irem assistir uma partida de beisebol no ginásio. Tudo foi uma maravilha. Até Oscar, o beagle da família, entrou na bagunça. Na volta para casa, um acidente jamais planejado ou imaginado aconteceu e mudou a vida dos dois irmãos – e do próprio Oscar.
Durante o tempo que os irmãos estão desacordados, eles se encontram em algum ponto entre o mundo real e o espiritual e uma promessa é feita: Charlie jamais deixará o irmão.
Quando Florio Ferrente – o bombeiro que resgata os irmãos das ferragens do carro – entra em cena, a esperança do bombeiro está à tona. Ele já viu diversos tipos de milagres. Não esses que a gente considera um milagre mas como aqueles que a gente ouve por aí: um cego enxergar, um manco andar e um morto reviver.
Sem perder a esperança, Florio tenta com toda a sua fé e especialidade na área trazer os irmãos ao mundo mas apenas Charlie consegue sobreviver. E a partir de então, seu mundo desmorona.
Depois de 13 anos, Charlie trabalha em Waterside, o cemitério de Marblehead, mantendo sua promessa de que estaria com o irmão, todos os dias. Em todo o pôr do sol, Charlie encontra Sam na Floresta das Sombras – um local mais afastado do cemitério e no qual Sam foi enterrado – para jogar beisebol. Charlie agora tem 28 anos e Sam permanece com seus 12 anos.
Muito tempo se passou, Charlie agora consegue ver os mortos durante seus enterros, consegue ver o “outro lado”. Mas será que essa é a vida que ele realmente merece como segunda chance?
Aparece em cena uma garota cheia de garra, dona da fábrica de velas Carrol: Tess Carrol. Apaixonado por velejar, seu objetivo é viajar o mundo inteiro sozinha. O Querência – barco da Tess – está todo pronto para um teste antes da viagem e a mesma sai em treinamento com o seu barco. E entra na vida de Charlie de uma forma inesperada.
Nasce então um amor que ultrapassa limites de tempo-espaço, une o espiritual e o real e nos faz acreditar que milagres realmente existem.

Pode parecer que contei a história inteira do livro, mas acredite: não contei. Muitas revelações aparecem durante o livro. Se você assistiu o filme, pode acreditar também que o livro traz informações e momentos diferentes, ora é a cronologia, ora os próprios fatos. A introdução e o epílogo do livro são narrados pelo Florio Ferrente, o bombeiro que traz Charlie à sua segunda chance. Dividido em quatro partes, os capítulos são narrados em terceira pessoa e não possui narração cronológica. A ênfase na perspectiva de vista dos personagens alterna ora para Charlie, ora para Tess.

Em relação às diferenças que notei entre os livros de Nicholas Sparks (por enquanto os que li, claro) e do Ben Sherwood é que, principalmente, os livros do Nicholas envolvem segundas chances mas aqui na terra, como seres humanos. Não envolvem mundos espirituais, vida após a morte, morrer e voltar à terra com sua segunda chance. Ben Sherwood também envolve mais fé voltada ao catolicismo, enquanto Nicholas Sparks trata de fé em sentindo geral, na palavra e consequências dela em si.

O livro é bom. É diferente do filme mas traz mais informações e detalhes que às vezes poderiam passar batido. Por isso imagino que o filme tenha sido bem feito, retratado os pontos importantes, resumindo aqui e ali sem deixar o telespectador cansado. Eu me senti um pouco exausta em determinados momentos, talvez por já ter noção da história (pois vi o filme primeiro). Ben, em alguns momentos, antecede os acontecimentos que virão, conjecturando o futuro no capítulo anterior, dando para imaginar o que vai acontecer.
De forma geral, eu recomendo!

Veja sobre o filme aqui


Diferenças entre livro x filme:

Se você ainda não leu ou viu sobre a história, não clique abaixo (contém spoilers)!

{mais…}

Bom, espero que tenham gostado!! Se você já leu ou assistiu o filme, deixe seu comentário com sua opinião, suas expectativas e se pretende lê-lo/assisti-lo!
Um beijo com carinho e até o próximo post!
xoxo

Ben Sherwood

Ben Sherwood é um escritor consagrado e campeão de vendas, um jornalista premiado que trabalhou como produtor executivo do programa Good Morning America da rede ABC. Ele é produtor do noticiário NBC Nightly News. Seu livro The Man Who Ate the 747 esteve na lista dos mais vendidos do New York Times, e está sendo adaptado para uma produção musical na Broadway e para o cinema. O primeiro livro de não ficção de Sherwood, O clube dos sobreviventes: Os segredos e a ciência que podem salvar a sua vida, se tornou campeão de vendas instantaneamente e foi publicado mundialmente. Formado nas faculdades de Harvard e Oxford, ele mora em Los Angeles com sua esposa e dois filhos.

Site do autor Site da Novo Conceito



• Hey! Deixe um comentário aqui •

• Temos 51 comentários nesta postagem" •

thanny, disse: - 22-03-2011 (06:58)

Adorei! Faz teeempo que quero ler esse livro e também tive a impressão de seguir o gênero do Nicholas Sparks. Vi o filme e ainda não li o livro, espero não ficar pulando parágrafos chatos HAHAHAHAHA Só sei que preciso desse livro.

Nos ~spoilers~, Charlie também consegue ver aquele amigo dele que foi pro exército não? Só sei que chorei nessa parte, não sabia que ele tava morto :(

xx thanny in wonderland

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@thanny,

Oi flor!!! Então, o filme é lindo!!! O livro contém algumas explicações a mais e é um pouco diferente do filme. No livro esse amigo dele não existe… =(

Beijos!
xoxo




Thais Ortega, disse: - 22-03-2011 (07:44)

Uhhhh, então no livro ele vê todos os espíritos? Bem mais interessante! rs

Pronto, foi pra listinha!

bjs

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Thais Ortega,

Ahmram, no livro ele vê os espíritos “saindo” dos corpos na hora que são enterrados. Já no filme ele só vê o Sam né??? =)

Beijos!
xoxo




Fernanda Matos, disse: - 22-03-2011 (08:08)

Oi Jeh!

Confesso que comprei o livro só por causa da presença desse mundo espiritual e, principalmente, por causa do cemitério! Eu amo cemitérios (os tradicionais, não os do tipo parque) e suas esculturas!!!

Parabéns pela resenha, ficou ótima!

Bjo!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Fernanda Matos,

Oi Fer!!! Que bom que gostou!!! Se você gosta de cemitérios então vai acabar gostando mais do filme, o cenário é lindo. No livro o cemitério não é descrito precisamente mas no filme a gente vê umas paisagens lindas!!

Beijos!
xoxo




Franciele, disse: - 22-03-2011 (10:53)

Eu quero muito ler e ver o filme .. mas, ainda não tive oportunidade :/

Zac <3

p.s: passa no meu blog ?! :)

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Franciele,

Oi Fran! Obrigada pelo comentário!! O filme é maravilhoso, Zac realmente está fantástico no filme!!

Vou visitar seu blog, com certeza! Seja sempre bem vinda!
xoxo




Evellyn, disse: - 22-03-2011 (11:58)

Vc falou tudo no inicio… eu olho pra elsse livro e ate a capa dele, o nome me faz lembrar imediatamente de algo que Nicholas faria…
Não cliquei pra saber mais pois não vi o filme nem li… Na verdade sua resenha me deixou curiosa pois gosto mt dessa coisa de vida apos a morte, essa coisa espiritual e estranhamente nunca tive vontade nem de ver nem de ler pois sempre acho que a historia tem uma carga emocional mt grande e eu vou chorar demais!! (ainda não li Nicholas ate hj!)
Mas agora fiquei bem curiosa… Um dia lerei ou ao menos verei o filme (as vezes ver antes me faz ter mais vontadde de ler pra comprar depois -^)
bjsss

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Evellyn,

Huhuhuh, entendo Eve!! Se você ver o filme antes acho que não vai mudar sua opinião depois, lendo o livro!! ;)

Beijos!




Kellen, disse: - 22-03-2011 (13:20)

Parece muito bom. Estou de olho nele há algum tempo, até já coloquei em um carrinho de compras, mas não deu certo. Agora vou ficar de olho para não perder a oportunidade de comprá-lo e lê-lo.
O filme só vou assistir depois de ler.
Beijos

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Kellen,

Oi Kellen!!! Sim, o livro é muito bom mas não acho que seja daqueles que a gente sinta urgência em ler… Talvez por eu ter visto o filme antes, quem sabe…

Mas depois me conta o que achou do livro e/ou do filme!

Beijos!
xoxo




Angelica, disse: - 22-03-2011 (14:19)

Oie, jeh!!!
Eu comprei esse livro, não resisti a promoção. rs! Mas, ainda não li.
Quero ver o filme, também. Mas, espero criar coragem para ler o livro primeiro. rs! Parece ser muito bom! ^^
Beeijos :*

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Angelica,

Oi Angel!!!! Aah que bacana!!! Eu espero que goste da leitura!!! ;)

O filme é mara, não deixe de ver!!! E depois me conta o que achou!!!

Beijos!
xoxo




Mariana Ribeiro, disse: - 22-03-2011 (16:31)

Olá, Jeh!! Este livro é maravilhosos mesmo. Me emocionei com a história e chorei horrores também!
Simplesmente um dos melhores livros que eu li este ano e espero que a Novo Conceito publique aqui outros livros do autor.
Tenha uma ótima semana.
Bjos.

Mariana Ribeiro
Confissões Literárias.


Caue, disse: - 22-03-2011 (17:57)

ainda não li o livro, nem assisti o filme, mas com crtz tenho vontade de fazer ambos!gostei dessa listinhas com as diferenças entre um e outro, ficou bem lgl^^


hangover at 16

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Caue,

Ah que bom que gostou Caue! Tem milhares de diferenças entre filme x livro mas listei as que eu lembrava e foram mais significativas pra mim!
;)

Beijos




Regiane, disse: - 22-03-2011 (18:11)

Eu quero muito ler esse livro ainda, mas sinceramente pelo que ouço falar dele, que é cansativo e tal, me desanimou um pouco, então ele ficará mais para frente hehehe.

E quando bati o olho nessa capa, sinopse, pensei que poderia seguir a linha do Nicholas Sparks.

Sua resenha ficou ótima flor, adoro a forma como você escreve. Parabéns!!!!

Beijinhos

Ler e Almejar

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Regiane,

Oi Reh!!! Com certeza você vai gostar, mas não é um livro que a gente tem que colocar no topo da lista de leitura, sabe? Quando puder e quiser, leia, sem pressa!! ;)

Obrigada pelo comentário!! HUhuh você andou sumida e é maravilhoso ter você de volta!!
*-*

Beijos!!




Amanda, disse: - 22-03-2011 (18:25)

Terminei de ler ontem esse livro… A leitura fluiu bem mas achei o começo um pouco massante, mas do meio para o fim eu me empolguei lendo =)
Até me surpreendi com o final… Mas me lembrou um pouco outro livro… Sem comentar muito para não estragar a leitura de ninguém… Ficou uma mistura de Nicholas Sparks com Marc Levy =/
Apesar disso… Eu também recomendo!
Ahhhh e amei o Oscar, que é um beagle… E eu já tive uma beagle chamada Ally… E agora tem um chamado Axel… Ou seja, AMO beagles!
@mandynha_PE

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Amanda,

Oi flor!!! Eu vi o filme primeiro então eu me surpreendi em poucas partes do livro, naquelas onde o filme ocultou sabe? Eu não li os livros do Marc Levy então não sei se a mistura é válida…rs!

Eu amo lhasas!!! Hihihihih

Beijos!
xoxo




Bruna Franco Teixeira, disse: - 22-03-2011 (20:04)

Tem selo para você neste link (http://freescura.blogspot.com/.....selos.html)

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Bruna Franco Teixeira,

Oi Bruna!!! Nossa, muito obrigada pelo selo, ameeeei!!! Me surpreendi com sua resposta e relação ao Meine Liege e fico feliz que o blog te faz crescer!! Muito obrigada!!!

Beijos!
xoxo




Iris, disse: - 22-03-2011 (22:29)

Eu gostei desse livro. Não é meu preferido, mas achei a narrativa tão gostosa que consegui terminar o livro bem rápido e de forma agradável! Sua resenha foi muito boa e tocou nos pontos certos…

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Iris,

Exato, ele também não chegou a ser meu preferido e não é daqueles que a gente tem que colocar na frente da lista de leitura mas passei um bom tempo com ele!! Você viu o filme?? Muito bom! ;)

Beijos!
xoxo




Jeh Polato, disse: - 22-03-2011 (22:51)

Adoorei a resenha Jeh

Eu não vi o filme (por pura preguiça) e não li o livro (ele esta na lista que eu ando ignorando ultimamente). Mas tenho fé que eu chego nele, algum dia *_*

Eu só vi o trailler (não lembro se é assim q escreve. rsrs) e adorei. Parecia ser uma historia bonita e tal. Ao ler o que vc escreveu, me parecer ser mesmo..

òtima resenha, Jeh.. Gostei mesmo!

bjinhuxxx

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Jeh Polato,

Oi Jeh!!! Poxa, muito obrigada! Eu gostei bastante do livro, o filme é maravilhoso! Assim, não vejo urgência pra ler este livro sabe? Ele é bom mas não entra na categoria daqueles que a gente tem que pular a lista de leitura….

Obrigada pelo elogio flor, amei!!!
xoxo




Roupa Masculina, disse: - 23-03-2011 (06:22)

Ouvi mesmo dizer que o livro é muito bom, aquele tipo de história que seduz o leitor e prende a atenção no livro de forma interessantíssima. A presença forte da mulher, da figura feminina, me disseram que foi muito bem colocado! Quero ler!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Roupa Masculina,

Olá! Eu já discordo de você, não captei a essência da figura feminina no livro. Tem mais a ver com segunda chance, o amor entre irmãos e a busca por uma nova vida!

Beijos!
xoxo




Jonathan Henrique, disse: - 23-03-2011 (10:12)

Olá!
Venho lhe chamar para participar de uma promoção que estou fazendo em parceria com a Núcleo da Idéia: um kit exclusivo de Leo e as Caixas de Música (01 exemplar do livro + surpresa), do maestro Ricardo Prado.
Acesse: nomundodealguem.blogspot.com e fique por dentro!
Válido até dia 01 de abril!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Jonathan Henrique,

Oi Jonathan, obrigada pelo convite mas por enquanto dei um tempo nas promoções…

Sucesso com a promo e com o blog! ;)
xoxo




ticia, disse: - 23-03-2011 (14:58)

Ah, eu quero muito ler esse livro, mas resolvi ler os livros que tenho aqui e ainda não li antes de ler livros que ainda não tenho ou não comprei.
Sua resenha esta muito boa.

Aah, eu vou ler “Tem alguém aí” depois de ler “Sushi”, até leria antes, mas já encomendei o “Sushi”, depois que eu ler o “Sushi” vou ler “Tem alguém aí” sim ^^

Obrigada pela dica =]
Bjs.
Tici – ObsessionValley

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@ticia,

Oi Ticia!!! Esse é um daqueles livros que a gente não precisa ter pressa pra passar na frente da lista de leitura, sabe?? É bom mas não requer urgência… .;)

Aaah que bom, “Sushi” é muito bom!! Não tem a ver com a família Walsh mas é ótimo!!

Boa leitura!!!
xoxo




Karine Marinho, disse: - 23-03-2011 (19:21)

Adorei a resenha! Tenho muita vontade de ler esse livro! Qaundo eu vi inicialmente achei que era do titio Nicholas Sparks. E livros desse tipo eu sempre dou um jeito de ganhar/trocar :D
Beijos,K.
Girl Spoiled

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Karine Marinho,

Oi Kah!!! Muito obrigada! Óh, fica a minha dica: esse livro é bom mas não chega ao ponto de querer passá-lo na frente da lista de leitura, sabe? Pelo menos pra mim… mas é bom!!! UHuhuhuh

Beijos!




Carissa, disse: - 23-03-2011 (22:40)

Não li, não vi o filme, mas quero. é engraçado como todo mundo acah que é um livro do Nicholas.

Bem legal seu blog.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Carissa,

Obrigada pelo comentário Cari!!! Pois é, impossível não confundir, pelo menos à primeira vista.. heheh!

Beijos!




ká guimaraes, disse: - 24-03-2011 (13:13)

Adoro este livro, é uma historia muito bom chorei hororres, agora vou assitir o filme comprei ele para mim kkkkkk

Bjksssss
Ká guimaraes

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@ká guimaraes,

Aaahh que tudo, você comprou o filme??? o.O
Onde? Já tem pra vender??? Poxa, não encontrei!!! OMG, eu ameeeei esse filme!!! Acho que gostei mais do filme que do livro, pensa???
o.O

Beijos!




Jamille, disse: - 24-03-2011 (14:00)

Eu já assisti o filme e amei, então comprei o livro. Comecei a lê-lo ontem, tem coisas diferentes já no inicio. Ansiosa para saber como vai ser a história no livro, já que o livro é sempre, ou quase sempre, melhor que o filme. :)
Bjs

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Jamille,

Viu né flor??? *-*
Muitas coisas diferentes no livro, até as características dos personagens, a idade, como acontece o acidente!

Depois me conta qual você gostou mais!! *-*

Beijos!
xoxo




Daniela, disse: - 24-03-2011 (18:20)

Fiquei completamente apaixonada por este livro.
Meu coração doía quando eu percebia que estava encerrando a leitura do mesmo.
Cheguei a ficar alguns dias sem ler só para desfrutar cada vez mais da história.
Realmente pode-se perceber algumas semelhanças com o método de escrita Nicholas Sparks, mas esse livro consegue ir além.
Fiquei suspirando por dias pelo Charlie, rs. Ele é um fofo com a Tess *-*

Muito bom, super recomendo.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Daniela,

Hehehe eita, você realmente gostou hein Dani??? *-*
Eu gostei mas ainda prefiro Nicholas Sparks! Prefiro histórias e lições de vida que se passam aqui, sem envolver o outro mundo e tal.. =)

Você assistiu o filme??? Aah eu chorei muitooo!!! :$

Beijos!
xoxo




Lucia, disse: - 27-03-2011 (16:43)

Oi!

Já li esse livro há um tempão, numa coletânea de Seleções. É muito lindo e emocionante!

Bjos!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Lucia,

Aaah que bacana!!! Huhuhuh eu li recentemente e adorei!! A novo conceito está arrasando nas obras né??

Beijos!




Andréia Regina, disse: - 27-03-2011 (17:01)

Oi Jeh,
eu queri aler o livro…Agora quero muito…rsrsrsrs…
Vou ter que comprar logo livro e o filme…
Bjos!!!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Andréia Regina,

Hehehehe é muito bom!! Tanto o livro quanto o filme!! *-*
Super recomendado!

Beijos!




Ligia Paulino', disse: - 28-03-2011 (23:38)

Jeh!!!!!!!!!!!

Florzinha wu já assisti ao filme porque não consegui esperar comprar o livro kkkkk. Mais mesmo assim já comprei o livro e pretendo ler em breve eu gostei do filme, não li a parte escondida porque vai conter coisas que não teem no filme e que tem no livro ou que foram mudadas e não vou olhar isso pq estoupaquerando o livro aqui na estante de casa! mais eu gostei bastante do filme me fez realmente refletir em questões que até mesmo eu acredito. Eu fui criada em uma familia catolica mais sempre procurei me informar de tudo e digo que acredito de tudo um pouco de cada religião e a vida após a morte é uma delas.

Bem estou super ansiosa para ler o livro e estava morrendo de saudades daqui!!! beijocas ;**

Lígia.

Lígia et so monde.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Ligia Paulino’,

Oi flor!! Huhuh eu também fiz assim: vi o filme primeiro porque não ia aguentar até o lançamento do filme (acabei vendo pirata mesmo, mas em ótima qualidade, hihih). Pois é, na parte escondida é bom ler quem já viu e leu a história… =)

Espero que goste do livro, depois me conta!!!

Beijos!!
xoxo




Rálita (Morringhan), disse: - 31-03-2011 (08:08)

Eu mesma sempre confundi como sendo do Nicolas ¬ ¬. Que história mais linda!Amei a resenha!Embora me conhecendo como conheço deva chorar terrivelmente kkk

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Rálita (Morringhan),

Oi Ráh!! Aaahh mas é muito difícil a gente não se emocionar com a história viu??? Eu chorei tanto no filme como no livro. Assisti duas vezes, pra você ter idéia e chorei nas duas vezes… -.-‘

Vai ter promo do livro aqui no blog! ;)

Beijos!
xoxo




@blogdimoca no Instagram!

Di Moça :: Colecionando sonhos e palavras! - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2015 - Ilustração por Juliana Rabelo