categoria2 category image

@mor :: Daniel Glattauer

29 . maio . 2012

@mor
Autor: Daniel Glattauer
Ano: 2012
Páginas: 184
Editora: Suma de Letras

* Livro enviado pela editora como cortesia.
Sinopse:

Num e-mail enviado por engano, começa um relacionamento virtual que testa as convicções de Leo Leike e Emmi Rothner. Leo Leike, ainda digerindo o fracasso de seu último relacionamento, responde de forma espirituosa a duas mensagens enviadas por engano por Emmi Rothner, casada. Inicialmente, ela só queria cancelar uma assinatura de revista. Depois, inclui Leo por engano entre os destinatários de um e-mail de boas festas. Na terceira troca de e-mails, o mal-entendido dá lugar à atração mútua, reforçada pelo fato de um nunca ter visto o outro. Nada como a curiosidade instigada por frases bem encadeadas chegando a intervalos regulares numa caixa postal eletrônica para que os dois se esqueçam dos possíveis impedimentos. A cada dia, Leo e Emmi se sentem mais impelidos a marcarem um encontro. Após trocas contínuas de mensagens, está claro para ambos que o marido dela e as feridas emocionais dele não serão obstáculos para que marquem um encontro. O único obstáculo real é a insegurança de ambos quanto à transformação da fantasia em realidade. A expectativa é uma faca de dois gumes e a realidade pode não estar à altura. A tradição dos romances epistolares, compostos exclusivamente de trocas de cartas, é antiga na literatura ocidental. O primeiro livro com estas características, o espanhol Prisão de amor, de Diego de San Pedro, data de 1485. No século 18, o gênero se tornou popular, com clássicos como Ligações perigosas, de Choderlos de Laclos, Clarissa, de Samuel Richardson, e O sofrimento do jovem Werther, de Johann Wolfgang von Goethe. O austríaco Daniel Glattauer dá nova vida à tradição epistolar em @mor, primeiro de dois romances que exploram um relacionamento sustentado basicamente em trocas de e-mails. Romance de estreia de Glattauer e campeão de vendas na Alemanha e na Espanha, o livro explora, sob roupagem moderna, sentimentos familiares a amantes de todas as gerações.

Crédito: Skoob

(…) Não há outras pessoas ao nosso redor. Nós não moramos em lugar algum. Não temos qualquer idade. Não temos rosto. Não distinguimos entre dia e noite. Não vivemos em tempo algum. Temos apenas nossos respectivos monitores, rigorosos e sigilosos por si só, e temos um hobby em comum: interessamo-nos respectivamente por uma pessoa completamente estranha. Bravo!

Não sei como começar essa resenha. Talvez por ser um livro que tenha mudado meu conceito nos “quarenta e cinco minutos do segundo tempo”. Mas vale a pena tentar!

Emmi Rothner é uma web designer que está louca para cancelar a assinatura da revista Like. No começo de janeiro, envia um e-mail para a editora, cordialmente, pedindo o cancelamento da mesma. Mas por um pequeno deslize nos dedos na hora de digitar o e-mail da editora, Emmi envia o e-mail para Leo Leike.
Com alguns pedidos de desculpas cordialmente sinceros, nove meses depois Emmi, envia novamente um e-mail para Leo, desta vez um e-mail “coletivo” desejando Feliz Natal e Próspero Ano Novo”. Mais uma vez, uma troca rápida de “me desculpe pelo engano”.
Mas a assinatura com a revista Like ainda não foi cancelada e Emmi se sente ultrajada. E mais uma vez, o e-mail vai direto para a caixa de entrado de Leo.
Considerando o erro de Emmi uma brincadeira de mau gosto, Leo começa a responder os e-mails – enviados erroneamente para ele – de uma forma amistosa, mas mantendo sua distância como um “estranho-que-recebeu-um-email-por-engano”.
A partir de então, Emmi e Leo começam a troca de e-mails incomuns. São e-mails cordials, aparentam ser profissionais mas tem um toque pessoal bem sutil. Essa brincadeira “refinada” com as palavras é o que tornam os e-mails tão chamativos. Leo Leike é um consultor de comunicação e professor universitário assistente de psicologia da linguagem. Nossa, que profissão extensa. Resumindo, Leo sabe manejar as palavras de maneira bem perspicaz.

Através dos e-mails, cada personagem vai tentar descobrir a identidade da pessoa que está do outro lado do computador. As palavras mostram mais que imagens, é o que eu ouvi certa vez. No livro @mor, os personagens vão confirmar essa frase, afinal de contas, a troca de e-mails por tanto tempo irá torná-los muito íntimos, mesmo tão distantes – fisicamente. A ideia inicial é manter o contato apenas por e-mail e a partir de uma caixa de entrada, Leo e Emmi serão exclusivos. Não existe o mundo de Emmi “lá fora”, não enquanto ela estiver com Leo e seu @. Mas o que fazer quando os e-mails começam a se infiltrar e enraizar no coração de cada um? Será possível tornar real o que o mundo virtual criou com tanto cuidado? O platonismo criado por uma tela de computador merece ser desmanchada com o toque real das mãos, do encontrar das bochechas e um “Olá, prazer, eu sou Emmi/Leo”.

Daniel Glattauer foi muito ousado ao trazer um romance à lá e-mails. Não apenas aproveitou a tecnologia de forma inteligente mas agregou o glamour das palavras requintadas que eram “populares” em cartas de amor no século passado.
Leo Leike é um personagem que aproveite muito bem esse dom das palavras – claro, levando em conta que ele é um estudioso da linguagem – e Emmi não deixa de ser uma personagem interessante também. Mas eu me apeguei ao Leo de uma forma misteriosa e que, talvez, todas nós (leitoras) sejamos Emmi Rothner durante a leitura. As conversas se tornam mais soltas, sem sobrenomes no final de cada um, sem o “cordialmente” e sim, com revelações de sentimentos – preocupação por causa de ausências de respostas, saudades de e-mails, etc. O desenvolvimento dos e-mails é bem construído mas quando a intimidade toma conta da caixa de entrada, a gente encontra algumas palavras mais próximas de nossa geração (gírias), tornando o “relacionamento” mais real para nossa época.

Com mais de 100 e-mails trocados, o autor nos revela a estória de dois personagens que levam uma vida diferente uma da outra mas que se entendem perfeitamente em frente à tela de um computador. Para Emmi, Leo tem uma forma tímida, atenciosa e depois cáustica, repentinamente franca, adorável e às vezes até mesmo rudimentarmente sensual. E essas foram características que marcaram o personagem durante a leitura. É impossível não querer encontrar Leo Leike, senhoras.

Você já encontrou, “acidentalmente”, algumas cartas ou até e-mails de outra pessoa que você gosta muito? Talvez do irmão para a namorada, da mãe para o pai, ou então – o que vai exemplificar melhor o que eu quero dizer – do seu namorado para outra pessoa? Pois é, o que você faria? 1) Leria cada e-mail por vez, atentamente, desfrutando de cada palavra ou 2) iria folhear as páginas loucamente à procura de alguma prova de traição, de sentimentos, de descobertas e de mentiras? Pois é, imagino que seja o segundo caso. E foi exatamente isso que a leitura me instigou: eu precisava folhear urgentemente e rapidamente as folhas do livro para encontrar algum sinal de traição por parte da Emmi ao seu devotado marido; alguma quebra de promessa por parte de Leo à sua querida Emmi. E eu não podia fazer isso, tinha que me contentar com o tempo e a paciência para ler todos os e-mails até chegar ao clímax da estória. Essa euforia foi o que quase tornou o livro quatro estrelas. Mas quando vamos absorvendo os momentos e as confissões dos personagens, uau, muito difícil parar de ler até o último e-mail enviado.
Maria-curiosa-eu-imagina?

Um livro rápido e delicioso quando se é paciente e quer aproveitar cada palavra e cada e-mail trocado entre os personagens. Para quem é curioso e desesperado por revelações bombásticas vai demorar um pouco para se acostumar com o ritmo dos e-mails, mas depois avança maravilhosamente bem! ;)

Mensagem para sr. Leo Leike

Estimado Leo Leike,
Visto que o senhor é um amante de palavras e de sentimentos, gostaria de lhe convidar para uma troca de e-mails formais com minha pessoa, sem compromisso. Prometo que não incomodarei com CAPSLOCK, com meu humor variável e meus distúrbios sentimentais. Sou boa leitora e sei o suficiente a respeito de Marlene. E, claro, não tenho qualquer problema com o vento que sopra do norte.

P.S: Sou uma garota totalmente diferente de sua Emmi Rothner.
Cordialmente – por enquanto,
Jessica.

Um super beijo e até o próximo post!

Daniel Glattauer

Daniel Glattauer nasceu em 1960, em Viena. Desde 1985 trabalha como escritor e jornalista e desde 1989 escreve para o diário austríaco Der Standard.
Quando sopra o vento Norte, foi editado na Alemanha em 2006 e tornou-se um enorme bestseller, vendendo mais de um milhão de exemplares. Foi traduzido em 32 línguas e entrou para os tops de vendas em países como a França, Espanha, Itália e Áustria.


Site do autor | Site da Suma de Letras


• Hey! Deixe um comentário aqui •

• Temos 121 comentários nesta postagem" •

Martha, disse: - 29-05-2012 (05:28)

Je, eu adorei esse livro!! Achei simples e sincero! O que me matou foi o final!!rsrsrs

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Martha,

Eba!! Muito bom mesmo né Marthinha! O quê? Aquele último e-mail fez meu coração subir até a tampa da cabeça e descer até o dedão do pé! Não vejo a hora de lançar o segundo aqui no Brasil! Se fosse eu recebendo um e-mail daquele, depois de toda a estória “vivida”, eu tinha um infarto, sério mesmo! Hehehehe

Beijos!




Sandro Honorato, disse: - 29-05-2012 (08:48)

Jeh :)
Eu tenho uma amiga que quer muito ler este livro *-*
Adorei a resenha,meus parabéns.
Mas se eu for ler,vai demorar um pouco(um pouco não,muito kkk) porque estou todo enrolado aqui >.<

Ah,mudando de assunto..vi o ultimo episodio de Friends.
Nem foi tão engraçado,até chorei kkkkkk
Melhor seriado de todos *—*

Beijos e cuide-se

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Sandro Honorato,

Oi Sandro! Ai que legal, se ela ler @mor, pergunta o que achou e me conta depois? Hehehe!
*-*

Nossa, eu sempre choro em Friends, ainda mais no último episódio! Você viu o DVD com os “extras”, onde eles falam sobre o último episódio, tem a despedida deles? Ahh não, meu coração não aguenta quando assisto aquelas cenas de despedida… :x

Beijos!




Rapha, disse: - 29-05-2012 (09:26)

U-A-L!!!!!! Jeeeeeeeeeeh, necessito deste livro!!!! *-*
A resenha já estava bacana sendo sobre troca de e-mails e tal, mas qndo percebi que Emmi tinha um marido… OMG.. surtei hahaha… quero mto ler este livro!!!! *-*
Poxaaa, como eu queria ter dinheiro pra comprar tds os livros que desejo *——* rs

Mudando de assunto.. te indiquei pra um meme (espero que respooonda, hein? hihihi) http://rapha-doceencanto.blogs.....a-sua.html

Beeeijão!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Rapha,

Oi Rapha!! Hehehehe, espero que você goste do livro!! O legal é que a editora vai lançar o segundo e estou super curiosa. Ele termina com um e-mail que deixa a gente com os nervos à flor da pele de ansiedade. É muito bacana!

Aaah mas eu também queria ter dinheiro pra comprar todos os livros que estão na minha listinha… :$
E as editoras têm lançado um livro melhor que o outro, né? Assim a lista de desejados só cresce, oh dear…. :x

Beijos!




Jessica Carvalho, disse: - 29-05-2012 (09:43)

Oie Jéh!

Adorei esse livro de cara! Em minha sexta série li um livro chamado “P.S Eu te amo” que é contado todo em forma de emails. Mesmo sendo um pouco infanto-juvenil demais eu gostei bastante, mas nunca mais li um livro nesse formato. Parece ser bem legal, fiquei mega curiosa aqui =D .

Otima resenha!

Beijão =)

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Jessica Carvalho,

Oi Jeh, que bacana!! “P.S Eu te amo” da Cecelia Ahern??? o.O É todo em e-mail?? Nossa, nem sabia!

Espero que tenha a oportunidade de lê-lo! ;)
Beijos!




Tais, disse: - 29-05-2012 (11:16)

Ai eu também adorei esse livro *.*
E o que foi o final hein?
Já estou mega curiosa para ler a continuação..rsrs
Acho que tenho uma alma de fuxiqueira..rsrs

bjs
Tais
http://www.leitorafashion.com.br

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Tais,

Menina, aquele último e-mail com as letras em CAPS LOCK me assustou!! Eu fiquei pensando “se fosse eu a receber um e-mail daqueles, depois de tanta estória?”
Acho que eu tinha surtado, hehehee.

Beijos!




Amanda, disse: - 29-05-2012 (12:06)

Oi Jeh, tudo bem???
Adorei sua resenha. Já li algumas com relação a esse livro – e cada vez mais me sinto curiosa quanto ele, esse livro, digamos… emailar (rsrs)- pela forma como descrevem os personagens, e como uma simples troca de email é capaz de fazer duas pessoas se tornarem tão íntimas. Concordo com o que você disse, que as vezes somos mais sinceros escrevendo do que falando, e esse romance já esta no topo dos meus mais desejados.
Abraços flor, e adorei seu email pro Leo, quem sabe ele não responde.. rsrs
Amanda

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Amanda,

Oi Amanda! Tudo bem e você?? ;)

Que bom que gostou da resenha!! Hehehe, pois é, a troca de e-mails pode não ser – na verdade não é – a mesma coisa que olhar nos olhos, ouvir as palavras saindo da boca de alguém, mas Daniel conseguiu intensificar os sentimentos nos e-mails como se os dois personagens estivessem pertinho um do outro, é uma leitura interessante!

Beijos!




Juh Sutti, disse: - 29-05-2012 (13:10)

Que resenha lindaaa!
Eu também adorei o livro e o Leo, mas quis dar umas boas pancadas na Emmi em vários momentos.
O seu e-mail para o Leo foi a coisa mais fofa! Você escreve resenhas lindamente.

Beijos
Livros e blablablá

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Juh Sutti,

Oi Juh!!
*-*
Obrigada!! Aaah sim, a Emmi é uma personagem que me irritou em diversos e-mails. Mimada, egocêntrica, birrenta e criança com os joguinhos de ciúmes, aff. Mas o Leo é um amor, eu pelo menos adorei, até nos momentos de ironia ele conseguiu manipular meus conceitos sobre ele! Hehehe!

Beijos!




Paola Aleksandra, disse: - 29-05-2012 (14:26)

Oi Jeh, tudo bem?

AH eu amei esse livro. Ele só não me conquistou a ponto de entrar pra os favoritos por causa do final, fiquei louca com ele, rsrs Como você senti essa euforia durante a leitura, mas no fundo, não procrurava por um indício de traição, procurava por um motivo para a mesma, no fundo queria que o marido da Emmi fizesse algo que justificasse um encontro dos dois, mas o ruim é que isso não é bom, uma traição não se justifica e foi exatamente essa contradição de sentimentos que me fez curtir o livro, ele me deixou doida, e quem não gosta de livros assim? rsrs O Leo é incrível, também me apaixonei por ele, sua escrita é, não sei, faltam-me palavras para descrever, ele é a prova de que podemos sim, se apaixonar por palavras.

Beijos

Pah, Livros & Fuxicos

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Paola Aleksandra,

Oi Paola!!
Poxa, que bom que o livro também te conquistou!!! Hehehe!
Eu achei a Emmi muito sem graça, sei lá. Possessiva, idiota em alguns momentos, super contraditória, parecia uma adolescente!
Ao contrário do Leo que, mesmo participando dos jogos criados pela Emmi e de agir como uma criança também, ele tinha um toque gentil com as palavras – até nos momentos de ironia. Enfim, espero que o segundo livro chegue logo para matar minha curiosidade com o último e-mail!

Beijos!




Biih, disse: - 29-05-2012 (14:28)

Olá, Jeh!
Não conhecia esse livro. Fiquei bastante curiosa com a trama, principalmente depois de ler a sua resenha! :)
Beijos!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Biih,

Oi Bih!! Aaah que bom que você ficou curiosa, hihihih, acho que você vai gostar do livro, se tiver a oportunidade de lê-lo, me conta depois o que achou!
*-*

Beijos!




Jeh Polato, disse: - 29-05-2012 (14:45)

Oi Jeh..

Quem nunca mandou e-mail errado, que fale agora ou cale-se para sempre? rs

Mas, vejamos, insistir no erro já é demais..rsrs

Claro que se não fosse por isso, o livro não existiria. Mas construir ou fazer nascer um sentimento só com palavras e sem o dia-a-dia é sempre mais fácil. Ainda mais quando uma das pessoas sabe como usar as palavras.

Como eu sou ansiosa e curiosa acho que iria enlouquecer com o livro..rs
Mas pretendo dar uma chance.

òtima resenha,Jeh

bjinhuxxx
@Jeh_Polato

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Jeh Polato,

Oi Jehzinha! Pois é, acho que eu já mandei algumas vezes mas nunca chegou ao ponto de se tornar uma troca enorme de e-mails ou a ponto de se transformar em um “romance virtual”!

Eu gostei muito do livro, Jeh! Claro, no começo eu estava meio sem paciência mas com o tempo os e-mails se tornam importantes para todo o quadro!

Beijos!




Quequel, disse: - 29-05-2012 (17:04)

Amiga …. eu já queria ler, agora quero ainda mais!
ótima resenha!
Bjinsssssssss

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Quequel,

Iupi!!! Meu objetivo foi alcançado: deixar o leitor mais interessado pelo livro, huhuhuhuh!!!

Beijos Quel, saudades! ;*




Tyele, disse: - 29-05-2012 (18:09)

Parece bem interessante, mas não é o tipo de leitura que estou procurando no momento…
Beijinhos

http://tyelehopes.blogspot.com/

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Tyele,

Aaah que pena… mas eu entendo, às vezes alguns livros são mais convenientes ao nosso humor literário momentâneo, né? Qual gênero você está lendo mais?? =)

Beijos!




Thaiane, disse: - 29-05-2012 (19:40)

Eu quero MUITO esse livrooo! Já queria antes, quero mais ainda agora… *_* Adorei a resenha!
Beeijos

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Thaiane,

Eba!! Fico super feliz quando a resenha do Meine Liege deixa um leitor mais “instigado” a ler um livro!!
Hihihi, objetivo alcançado! \o

Se você lê-lo e puder, não esquece de me falar o que achou da leitura, ok? ;)

Beijos!




Camila Planzo, disse: - 29-05-2012 (23:01)

Jeh,td bem flor??
nossa só hoje que pude vir conferir a caixinha =S
Menina apesar de estar com vários livros aqui pra ler,eu estou louca por esse !! Fiquei muito curiosa com essas trocas de e-mail srsrs, mas já sei que vou ficar como você, super eufórica pra saber logo o final haha!

Ah da ultima vez vc me perguntou o que eu achei de “O melhor de mim” … pra ser sincera eu achei o mais fraco do Nicholas, eu adoro romances mas eu n gosto de romances mto tristes sabe? sei que é uma marca dele, mas pra mim exagerou um pouco =/ Mas se vc gostou de Querido John que pra mim tbm é muito triste vai gostar desse tbm… do Nicholas eu prefiro ” Diario de uma paixão” (lindissimo), A ultima musica e Um homem de sorte! =D

Beijoss e fica com Deus =D!!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Camila Planzo,

Oi Mila!! Aaai que saudade!! Hihihih, eu também estou com vários livros pra ler mas dei a oportunidade para este porque o título tinha chamado a atenção – mesmo sendo uma palavra simples, ela é bem forte – e o livro não é grosso. No começo fiquei com dúvida, meio cansada e desanimada porque são trocas de e-mails… com o tempo as revelações vão surgindo e os e-mails ficam super interessantes!
*-*

Sério que “O melhor de mim” é fraco? Me falaram que “O milagre” é o mais fraco do autor, e agora?? Hehehe, eu só tenho “O milagre” aqui mas ainda não li. Aliás, faz tempo que não leio Nicholas Sparks, preciso dar uma brecha no “tempo de leitura” e ler mais NS!
Nossa, realmente “Diário de uma paixão” é maravilhoso mas eu não sei por quê, “Querido John” me fez chorar horrores! :x

Beijos!




Camila Planzo, disse: - 29-05-2012 (23:05)

Agora que vou ver a caixinha de domingo rsrs, minha net ta horrivel =/ e eu aqui curiosa com as novidades!!


Anna Schermak Alves, disse: - 30-05-2012 (07:45)

Owwwn. Eu quero muito ler esse livro. Muito mesmo!
É tipo… Sei que seria completamente minha cara hehe

http://www.pausaparaumcafe.com.br

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Anna Schermak Alves,

Oi Anninha!! Nossa, que legal! Eu não tinha tanta expectativa em relação ao livro, talvez isso tenha ajudado nas cinco estrelinhas! Hihihihih!

Espero que tenha a oportunidade de lê-lo em breve! ;*




Mirella, disse: - 30-05-2012 (14:10)

Ai, Jeh, tô muito afim de ler esse livro ,SÓ ouvi falar bem dele! Nem acho que eu ia me encantar tanto assim mas, achei super criativo o contexto, realmente é muito inteligente fazer uma comparação entre os e-mails atuais e as cartas usadas antigamente. O autor deu uma forma moderna aos relacionamentos platônicos. Tô curiosa demais pra ler esses bem ditos e-mails da Emmi e do Leo! Resenha lendaaaaa ?

Mi – CheiroLivros.com

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Mirella,

Oi Mih!
Poxa, se você só “ouviu” bem sobre o livro então vale a pena mesmo né? Eu fiquei super em dúvida no começo, mesmo com o título sendo bem convidativo (@mor – simples mas que diz muito). Mas eu me surpreendi, adorei mesmo e não vejo a hora de ler o próximo livro! Daniel está de parabéns!

Beijos!




Babi Lorentz, disse: - 31-05-2012 (09:37)

Adorei o seu email para ele, hahaha.
Ok, vamos lá…
Achei a capa maravilhosa e a sinopse bem bacana! Tenho muita vontade de ler o livro, ainda mais depois de ler este último parágrafo sobre o que você escreveu sobre o livro.
Gostei bastante e acho que também vou gostar do livro.
Beijos.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Babi Lorentz,

Hauhauhauha já pensou eu recebendo um Fw: do Leo? Uiii!!!
\o

No começo fiquei com receio e até sem paciência com tantos e-mails reunidos, mas depois a trama vai ficando bem “criativa”!

Beijos!




Jayane, disse: - 31-05-2012 (11:19)

Quero muito ler esse livro,todo mundo fala maravilhas dele,só tenho um medo de gosta muito do livro e ficar ansiosa para a continuação que só será lançada só ano que vem.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Jayane,

Oi flor, tenho certeza que você vai gostar!! Eu não lembro se vi em uma caixinha de correio ou em post mas parece que a continuação sairá esse ano mesmo! ;)

Beijos!




Biih, disse: - 01-06-2012 (10:10)

Olá, Jeh!
Vim aqui agradecer o seu comentário e avisar que tem post novo no site!
Não tenho muito para falar, pois já comentei nesse post, rs. :)
Beijos!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Biih,

Oi flor! Obrigada, vou conferir os posts sim! Desanimei um pouco com o blog, aconteceram muitas coisas essa semana comigo, meu “eu-interior”, então estou dando um tempo pra pensar e colocar eu mesma no devido lugar!
Mas vou visitar e ver os posts novos no blog!

Beijos!




Gabriela Amoroso, disse: - 01-06-2012 (12:55)

Esse livro não tinha me chamado muito a atenção.. mas ai eu li que a personagem é web designer (OI?! hahah) e me empolguei mais em ler a resenha. Grande escolha, pois adorei a resenha e acredito que o livro deve ser muito bom. Sem contar que fiquei curiosa pra saber se ela vai ficar com o marido ou com o @migo.

Beijos,
Gaby
http://pitadadecultura.blogspot.com.br/

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Gabriela Amoroso,

Hehehe, é um livro que causa uma primeira impressão errônea – pelo menos comigo foi assim. Por ser uma narrativa diferente, elementos voltados à internet a gente acha que vai ser superficial mas pelo contrário, Daniel conseguiu unir o glamour e romantismo das cartas à moda antiga com a tecnonlogia, achei super legal!

Beijos!




Hangover at 16, disse: - 01-06-2012 (16:38)

Incrivelmente me lembrou a história de Para Sempre, com a diferença de que se conheceram pelo telefone, haha
Sei lá, eu sinceramente não tenho muita vontade de ler esse livro, porque… Amor virtual é muito difícil de ser explicado ou transmitido o sentimento ao leitor. Porque pra quem nunca sentiu, ou quem nunca fez grandes amizades e passou momentos maravilhosos e super marcantes na internet, por mais que entenda, nunca vai saber o que é aquele sentimento de verdade. E até quem sabe, como meu caso, acho que é muito mais legal de se viver, do que só ler. Não sei, é complexo D: hahaha

xx carol

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Hangover at 16,

Sério que lembrou Para Sempre? No livro (@mor) o autor desenvolve bem melhor o relacionamento dos personagens! Em “Para Sempre” foi tudo meio “corrido” até o ponto crucial – que foi o acidente de carro.

É um livro muito gostoso de ler, comigo foi engrenar no meio para o final mas é um dos livros que a gente sente vontade de ler mais de uma vez, com certeza!

Beijos!




Bru Silva, disse: - 01-06-2012 (18:47)

Jeh eu amei a resenha e sua foto super criativa rsrs, acho que precisa se acostumar com o estilo de e-mail mesmo, mas estou ansiosa para ler, parece ser bem interessante.
Se tiver promoção me avisa hein rs.

Parabéns pela resenha, gosto de lê-las porque você explica tudo muito bem.

Beijos querida.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Bru Silva,

Que bom que gostou flor! Pois é, foi meio estranho no começo lidar com um livro todinho em troca de e-mails mas é muito bom, vale a pena viu!!

*-*

Beijos!




Maggie, disse: - 01-06-2012 (20:43)

Uaaah, eu to precisando de um livro com revelações bombásticas e que me dê muita sede pra ler até o final e ver o que vai acontecer xD kkk
Quando eu li a sinopse acheio meio chato ;-; um casal que se conhecem por e-nmails por engano e começam a desenvolver uma relação a partir daí… Imaginava que o livro seria monótono, sei lá ‘-‘ enfim, mais um para minha listinha depois de Delírio (aaaaaaah, preciso lerrr!!!!)

Até ^-^

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Maggie,

Aaah você vai gostar desse livro! Eu fiquei meio desanimada porque foi o primeiro livro que é todo em formato de e-mail, pensa? E eu nem sou curiosa, imagina, rs… Mas me acostumei bem rápido e a gente tem grandes revelações nos e-mails, é muito bom!! \o

Beijos!




Máh, disse: - 01-06-2012 (21:10)

Oie Jeh..
Opa como assim Maria curiosa?
Eu ser Maria rsrsrs
Então estou vendo algumas divulgações desse livro, acho a capa bonita, talvez ele esteja na minha estante no skoob, mas confesso que pelo tema, sinopse e esse e-mail não me chama atenção, pois apesar de bem conectada, não abro mão das cartas, aí sim, se rosaram cartas, com certeza ficaria mais animada e iria querer ler logo…
Apesar de amar ler esse é um livro que lerei caso eu ganhe, comprar não.
Bjs

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Máh,

Oi Maria, hehehehe! É uma força de expressão… desculpa! Hehehehe! :$
Então Mah, pode considerar que Daniel Glattauer trouxe o glamour das cartas para a tecnologia dos e-mails. Quando a gente lê os e-mails trocados – principamente os do personagem Leo – é como se estivéssemos lendo uma carta bem refinada e qualificada, muito bom mesmo!

Espero que você tenha a oportunidade de lê-lo! E me conta o que achou, claro! ;)
Beijinhos!




Carissinha, disse: - 02-06-2012 (02:14)

Você conseguiu me deixar mais curiosa ainda com esse livro. Eu quero MUITO ler.

Adorei sua resenha.

Beijos,

Carissa
Arte Around the World

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Carissinha,

Ebaaa, que bom Cah!! Huhuhuh, esse livro é muito bom, apesar de no começo eu ter ficado em dúvida sobre isso! Mas vale a pena sim!!

Beijinhos!




Mellory, disse: - 02-06-2012 (09:57)

Uau, Jeh! Acho que essa resenha é uma das melhores que já li!
Uau, uau, uau… Eu não dava a mínima para o livro, agora fiquei louca para lê-lo.
E seu e-mail no final? Adorei ;)
Paciência? To aprendendo a ter, viu HAHAH Preciso dela urgentemente!

Amei, amei… ótima resenha.
Beijinhos,
Mell Ferraz

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Mellory,

Eba!! Que bom Mell!! Eu fiquei com muita dúvida em como fazer uma resenha de um livro que é troca de e-mails do começo ao fim, mas é muito bom! E detalhe que tem uma continuação, pensa na minha curiosidade?? Heheehe!

Se tiver a oportunidade de lê-lo, me conte o que achou! *-*
Beijinhos!




Mariana Ribeiro, disse: - 02-06-2012 (10:23)

Olá, Jeh!!
Eu ainda não me interessei muito por esse livro, vi poucas resenhas a respeito e sei que se trata de uma história densa e com alto teor romântico nas cartas trocadas entre os personagens. Talvez eu não esteja muito a fim de ler livros do gênero nesse momento, minha vive agora é Distopia. hehehe
Mesmo assim, adorei a sua resenha!
Se favoritou o livro é porque realmente vale a pena conferir e se envolver com a história de @mor.
Bom findi.
Bjos.

Mariana Ribeiro
Confissões Literárias.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Mariana Ribeiro,

Oi Mari! Que nada Mari, a estória não é densa, fica tranquila, ela me pareceu mais platônica. Eu fiquei um pouco receosa porque o livro inteiro é uma troca de e-mails.
=)
E tem continuação! No meio para o final do livro os e-mails me conquistaram muito, fiquei super curiosa!! =)
Distopia é bom né? Eu quero ler Destino mas não sei quando terei “tempo”, minha lista de leituras está desorganizada… hehehe!

Beijos!




Felipe Santos, disse: - 02-06-2012 (14:53)

Olá Jeh,

Adorei a resenha. Sei lá, desde a primeira vez que vi esse livro senti uma vontade imensa de lê-lo. A proposta foi ótima e depois de sua resenha – e a mensagem no final também – me deixaram mais curioso sobre o livro. Parabéns e sucesso!

Beijos,
Felipe
http://ahoradolivro.blogspot.com/

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Felipe Santos,

Oi Lipe! Que bom que gostou! Ao contrário de você, no começo eu fiquei bem relutante porque o livro é todo uma troca de e-mails, foi uma novidade pra mim, rs. Mas é muito bom, e pelo visto a Suma vai lançar o segundo livro esse ano! \o

Beijos!




Ariane, disse: - 02-06-2012 (17:45)

Querooo mtooo ler!!! ehehhe deve ser mto fofo!!!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Ariane,

*-*
E o mais legal é que a gente fica com um gostinho de “eu preciso do próximo livro”!!!

Beijos!




Cida, disse: - 02-06-2012 (23:08)

Oi Jeh, que resenha perfeita.
Ainda não li o meu, a fola está grande.

Bjos!!

Cida

Tem selinho pra vc
http://www.moonlightbooks.net/.....-mais.html

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Cida,

Oi Cida, tudo bem?? Muito obrigada e fico super feliz que tenha gostado da resenha!
*-*
Fila de livros, ao invés de diminuir, só aumenta né? Hehehhe!
Obrigada pelo selinho, vou ver o post!!
;*




Jun, disse: - 03-06-2012 (04:27)

Nossa, o livro parece ser bom :O São legais estes que usam de outras formas de narrativa pra contar uma história, gosto muito *-* Me pareceu ter um clima meio relacionamento-suspense, adoro isso haha.
E ah, vi que você tinha me respondido o coment da resenha de A Maldição do Tigre e perguntou se eu gostei do romance no livro. AHAHA LÓGICO QUE EU GOSTEI, quem não gostaria? Achei ele muito bem bolado, sem aquele melodrama terrível que costuma permear os YAs, e isso em parte pela Kelsey que é bem esperta e contida (na maioria do tempo haha) e pelo Ren, que sabe como tratar uma mulher sem como você disse, ser chucro UHEHUAUH *morre* Meu O Resgate do Tigre chegou essa semana, mas temo que vá demorar pra lê-lo pois tem outros livros na frente, e como faz relativamente pouco tempo que li A Maldição, vou dar mais um tempo e ler continuação de outras séries que já estão na hora de serem lidas… E adoro sentir essa ansiedade pré-livro, quando ele está na estante te esperando e você não sabe o que esperar dele haha! °-° *doida*
E ó, só vou deixar registrada a inveja por você estar lendo um livro daquela coleção Contos de Fada Celtas da Martin Claret uhehua :< Ainda os lerei, parecem ótimos *o*

Bisous!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Jun,

Oi Jun!! Sim, esse livro tem uma narrativa totalmente diferente dos outros romances porque são apenas trocas de e-mails, o tempo todo. No começo eu fiquei roendo as unhas porque queria futricar os e-mails de todo o jeito, sem ordem cronológica, mas consegui me conter e gostei bastante!

Aaah eu vou ter que comprar o meu “O resgate do tigre” e sabe-se-lá quando, o preço ainda está salgado pro meu bolso furado… -.-‘

Hihihih, pois é, vou começar a leitura dos “contos de fada” ainda, passei por uma semana meio conturbada por aqui, mas enfim, deixa pra lá!

Beijos!




Daniela, disse: - 03-06-2012 (09:17)

Marquei este livro como desejado no meu perfil de Skoob e conforme o tempo passa, as resenhas e o número de estrelinhas sobre ele só vêm aumentando!

Estou bem curiosa a respeito dele. Adoro tudo que envolve troca de cartas/emails entre pessoas. Talvez por eu saber me expressar melhor escrevendo do que falando e cá entre nós, é tão mais romântico *.*

Vou ver se o compro o mais rápido possível!
E parabéns pela resenha Jeh! Não sei o que ela teve de diferente dessa vez, mas eu consegui identificar algo mais profundo no modo em como escreveu dessa vez!

Acho que por isso que aguçou mais ainda a minha vontade de tê-lo na minha estante!

Beijinhos,

Dani / @daride

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Daniela,

Huhuhuhuh, que bom Dani! Eu fiquei em dúvida no começo, mas me encantei… minha opinião mudou no final do último tempo mas pensando bem, vale a pena desde o início, eu que não tenho paciência e sou muito curiosa pra futricar e-mails alheios, hehehe!

Obrigada demais por todo o carinho! *-*
Beijos!




Sara Martins, disse: - 03-06-2012 (11:48)

Eu estou super curiosa para ler esse livro. Estou até participando de uma promoção para ganha-lo.
Lembro que você falou dele em um dos seus videos.
Xxx

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Sara Martins,

Oi Sara!
Aah que bacana, tem várias promoções deste livro nos blogs mesmo!! Dedos cruzados!
\o

Beijos!




Ane Reis, disse: - 03-06-2012 (21:30)

Oie Jeh ;D

Ah!!! É tanta gente falando bem deste livro, que vou acabar comprando ele mesmo sem ele estar na minha lista de prioridade literarias de 2012 rs…

Adorei a sua resenha *-* me deixou com mais vontade de ler o livro!!!

bjus


Lucy, disse: - 04-06-2012 (12:56)

Finalmente um tempinho pra comentar aqui! hihihi

Esse livro parece encantador, imagino os conflitos interiores que as personagens tiveram, uma vez que os dois são comprometidos e talz. Fiquei curiosa com o desfecho e pelo visto vou ter que ler, porque spoilers ninguém quer me passar! hahaha
Bjos bjos


Jessica Carvalho, disse: - 04-06-2012 (15:16)

Jeh, ops, eu errei! Na verdade é P.s: Beijei, de Adriana Falcão. É bem juvenil mesmo… Estranhei quando vc falou que era de da Cecelia Ahern…Rs.

=*


Poly, disse: - 04-06-2012 (19:55)

Que legal. Gosto muito de livros diferentes assim *_*
Pela sinopse achei meio sem graça, mas sua resenha me fez mudar de ideia e até tentar me aventurar na leitura dele ^^
Bjuxxxxx


Biih, disse: - 05-06-2012 (11:27)

Olá, Jeh!
Percebi que você mudou o layout – ficou fofo! :D
Vim aqui avisar que tem post novo no site!
Beijos!


Rayra Mirelem, disse: - 05-06-2012 (12:22)

Eu só vejo resenhas positivas sobre esse livro, estou louca para lê-lo :)

Acho a capa dele linda *-*

Beijos,
Books Lovely


Folhas de Sonhos, disse: - 05-06-2012 (19:12)

Pois é, acho que deve ser um pouco lento por ser essa troca de emails, sem muita ação. Mas ao mesmo tempo a gente deve ficar curioso, querendo ler mais e mais da intimidade alheia, não? ;P

abraços,
Luciana


ilma borges rosa, disse: - 05-06-2012 (19:21)

Mensagem para sr. Leo Leike >>>> kkkkkkkkkkk adorei jeh.

Muito criativa você hem, bem eu confesso estou muito curiosa pra ler o livro, acho que por ser diferente do que conheço, mas estou com medo, sei lá , esta história dela ser casada, não me caiu bem não, sei la acho que sou bem arcaica em se tratando disto e até bem preconceituosa, mas vamos ver o que dá não é…


cris dornelas, disse: - 05-06-2012 (19:24)

Ai que droga, ainda não li! Morrendo pra ler esse livro! Super bacana e atual essa ideia dele, e pelo jeito que vejo o pessoal falando, é um livrão! Pelo menos eu já botei na minha cabeça que é u.u


Lívia Dias Ferreira Pedrosa, disse: - 05-06-2012 (19:34)

aaaaaaaaaaaaaaaaaah, eu adoro esses temas ! romances *-* ainda mais sendo pela net hahaha, adorei sua resenha e fiquei muito afim de ler *-*


Vanessa, disse: - 05-06-2012 (21:13)

Parabéns pela resenha Jeh! Já li @amor e como o próprio título sugere, amei! Beijos!


Virginia de Oliveira, disse: - 06-06-2012 (00:26)

Jeh gostei muito da sua resenha, esse livro já está na minha lista de desejados e a cada nova resenha que leio mais curiosa eu fico. Me considero uma pessoa paciente então acho que vou curtir muito os e-mail.
Beijos!!!


Talita Oliveira, disse: - 06-06-2012 (09:47)

JEH, adorei a sua resenha, nossa, eu nem tava curiosa pra ler esse livro, mas depois de ler a sua resenha a vontade surgil rs.

Beijos flor *-*


Beatriz Gosmin, disse: - 06-06-2012 (09:59)

Amei sua resenha e agora preciso ler este livro PRA ONTEM!
Parece ser uma história tão real e mágica ao mesmo tempo… sem falar que é super romantica!

Quero muito ler o livro!!!


Renata de Aquino, disse: - 06-06-2012 (10:41)

nhow :3 que @mor mesmo! *-*
saudade de suas resenhas. nunca mais tinha lido uma. continuo gostando de ler sobre suas percepções.
quando vi a sinopse rapidamente, a um tempo atrás, não fiquei muito atraída, mas com as re-olhadas e resenhas foi ganhando minha atenção e curiosidade mesmo.
um tema muito atual e MT comum mas que eu ainda não havia lido em nenhum livro. creio que muita gente já passou por algo um pooouco parecido e essa pequena familiaridade atrai!
Adorei!
Um xêro

:*****


Stéphanie Munford, disse: - 06-06-2012 (12:42)

Eu to louca para ler @mor! A história parece ser muito fofa e necessito ler um romance sem nada sobrenatural! Bjos


Amanda Cristina, disse: - 06-06-2012 (15:50)

Jeh, adorei sua resenha! @mor é um livro realmente muito bacana! Um romance sutil que nasce entre e-mails… Terminei de ler ontem, e ele é de uma leitura bem rápida mesmo! A gente fica doidinha pra saber o que vai acontecer, né? Mas aquele final… Meu Deus! Meu coração se quebrou em mil pedacinhos! Mal posso esperar para ler a continuação! :)

Beijinhos, Amanda Cristina.
http://www.primeiro-livro.com


Angélica Roz, disse: - 06-06-2012 (20:28)

Pela sua resenha, esse livro parece ser super gostoso de ler! :)
A única coisa que tenho medo é de perder a paciência ao ter que ficar lendo e-mails coisa e tal, pois também não tenho muita paciência com aqueles livros em que os personagens ficam trocando cartas…
Mas, acho que vou dar uma chance!! :)

Bjs!


May, disse: - 06-06-2012 (22:22)

Adorei seu recadinho pro autor, rs! Bom, o que dizer desse livro? Quero ler e quero AGORA! Infelizmente não o tenho aqui, mas, nossa, quero muito ler depois dessa sua resenha! *–*

Beijinhos,
May ;*


Ana Ferreira, disse: - 07-06-2012 (09:43)

Jeh, adorei a maneira como você encerrou sua resenha, com uma carta de sim mesma ao senhor Leo Leike. hahahaha
É a segunda resenha que leio desse livro hoje. Estou com ele aqui em casa e bastante curiosa para saber como será o seu desenrolar. A propósito, fiquei impressionada que você não tenha citado em sua resenha o quão egoísta e chata pode ser a Emmi. Ainda há uma esperança para ela. hahaha
Já li alguns romances com cartas apenas e creio que com e-mails serão tão interessantes quanto os outros. Nada como a emoção das palavras, não?
Adorei a resenha =)
Beijo!


Maria Paula, disse: - 07-06-2012 (15:50)

Adorei a resenha e fiquei com vontade de ler esse livro escrito em forma de emails.


Glaucia Matos, disse: - 07-06-2012 (16:33)

Adorei a resenha, principalmente o final dela! Parabéns.


Duda Oliveira, disse: - 07-06-2012 (19:53)

Eu já li várias resenhas positivas deste livro e até fiquei com uma bela de uma vontade de ler, mas eu tenho “trauma” de livros narrados em e-mails por conta de O garoto da casa ao lado! =/
Adorei a resenha, flor!
Um beijo,
Duda


Diego Rangel da Silva, disse: - 07-06-2012 (21:02)

Gostei da resenha parece ser um conto que aborda o relacionamento de uma forma diferente e junto com um tom de comédia. Abrc!


Paula Alessandra Ribeiro Rodrigues, disse: - 07-06-2012 (23:39)

Aii que resenha linda!! A-M-E-I! Já li algumas resenhas sobre @mor que me deixaram com muuita vontade de ler e conferir a estória. O enredo em forma de e-mail deve tornar a leitura muito interessante. Falo isso porque, assim como a minha amiga que resenhou este livro no meu blog e comentou sobre isto, li livros em formato assim com a Meg Cabot, como em “Garoto encontra Garota” e gostei demais. Enfim, nada como uma boa história de @mor ;)

Beijinhos,

Paula

http://tri-books.com

@Tri_Books


Alexandra Rodrigues, disse: - 08-06-2012 (10:24)

As tantas resenhas de @mor que já li me fizeram querer muito esse livro!! Já vi até que as páginas são em formatos de e-mail, muito lindo! Sem contar que a história me interessou muito!!
Gostei muito da sua resenha!
Parabéns pelo blog!
Beijos!


Bruna Reis, disse: - 08-06-2012 (12:19)

Gente, esse livro parece ser bem diferente né? Acho que conseguir passar todas as ideias por meio de e-mails, sem nenhum narrador deve ser bem difícil.
Mas deve ser um livro de leitura rápida, o que me agrada hehehe, mas tenho curiosidade pela história mesmo, onde se cria um envolvimento apenas pelo computador. Já tive isso na minha vida e não gostei muito, prefiro o contato físico hehe, mas é interessante ler sobre isso.
Adorei a resenha querida

Beijão
Bruna
http://desbravandohistorias.com.br


Patricia Modesto, disse: - 08-06-2012 (12:41)

Que linda a sua resenha!
Haha. Me amarrei na sua mensagem para sr. Leo Leike. *-*
Estou bem curiosa quanto a esse livro. Não sei o que esperar pelo fato de eles serem um pouco mais crescidinhos do que aqueles que usualmente trocam e-mail com um interesse a mais. Pelo fato de a moça ser casada. Pelo fato de dois estranhos acidentalmente se conhecerem. Enfim… Estou quase me descabelando para lê-lo.
Acho bem interessante essa narrativa onde só há a comunicação. Já li um livro onde o diálogo entre os personagens era parecido, via cartas. E sim, o achei instigante embora não lembre o nome do livro. #mimimi.
E esse por ser via e-mail promete ainda mais por ser uma realidade bem próxima do que vivemos hoje.
Quero muitissississimo ler @mor. *-*

^-^
Beijo.


Gi Gouvea, disse: - 08-06-2012 (12:49)

Estou lendo esse livro e é simplesmente estimulante!
Não dá pra PARAR DE LER! kkkkkk

Beijosss

obs: lindo o novo layout!!!


Amanda Christina, disse: - 08-06-2012 (13:42)

Estou muito ansiosa para ler este livro, e está resenha me fez quer muito mais! ;)


Evellyn, disse: - 08-06-2012 (13:51)

Ah

sabe, esse livro eu não estava totalmente a fim de ler… A dua é a 2ª resenha que leio e é muito boa! Essa Emmi é só meio tonta né? Como assim envia por engano TODA HORA?! rs Eu hein.. Tava é querendo puxar assunto!
Mas eu adorei essa profissão do Leo! AMo quem sabe usar as palavras e essa coisa que vc citou sobre as palavras de antigamente me lembrou ‘A ultima carta de amor’ que li e e amei.. E bem são cartas, não emails, mas tem esse clima romantico refinado…
E sabe que faço mais o tipo 1? De ler querendo conhecer a historia do que encontrar provas de alguma coisa? rs

Ah Jeh, sua carata ao final tá otima! Ja fiquei com vontade de ler pelas coisas que vc citou! Amei!!
Mt @mor pra vc!

PS: AMEI as botinhas! Quero!

Bjss
Eve


Liliana Lacerda, disse: - 08-06-2012 (14:08)

Sua resenha como sempre é linda *-*
É tão triste ser pobre e não poder comprar todos os livros do mundo… UAUAHUHA (Ou quase todos..)


Nessa, disse: - 08-06-2012 (14:52)

Olá!
É a primeira resenha que leio deste livro e te confesso que me deixou curiosa para ler, parece ser bom!!

Bjinhs
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/


Amanda Faustino, disse: - 08-06-2012 (16:06)

Eu já tinha lido uma única resenha desse livro e adorei, lendo a sua mais ainda. Meu Deus! O livro deve ser tão fofo… Mas deve ser instigante também.
O fato de a Emmi ter um marido, me deixou meio… curiosa. Ela não deve ter traído o marido – não virtualmente, eu acho – mas ela começou a trocar e-mails com um cara e a ter sentimentos por ele, tendo um marido (eu já passei por isso, mas no msn e tendo um namorado *segredinho*), achei isso muito feio da parte dela (e da minha parte ter feito isso um dia…). Só que isso deve ter dado um quê a mais na história né? Para nós ficarmos curiosos… Ai,ai.

Beijos,
Mandi – Book and Cupcake.


Fernanda Rocha, disse: - 08-06-2012 (18:27)

Sou maluquinha para ler este livro, cada resenha que leio eu tenho mais vontade de conferir a historia. :)


Paula Camargo Souza, disse: - 08-06-2012 (19:29)

Estou tão curiosa para ler esse livro,adoro livros em formatos de e-mail,fora que o livro é romance e eu particularmente adoro!espero ter oportunidade de lê-lo!


Roberta, disse: - 08-06-2012 (22:23)

Perfeito .. eu quero *_*


Ana Luiza Rosa, disse: - 09-06-2012 (12:02)

Ei Jeh!
Que gracinha a “botinha” da foto *-*
HAHAHAHAHA amei a criatividade da mensagem finalizando a resenha!
Cara, fiquei super aguçada com a leitura, eu amo livros que tem um romance diferente assim, tenho aqui na minha estante o Ainda Não te Disse Nada de autor nacional, que parece lembrar este gênero, porém é um troca troca de cartas, pena que ainda não li, mas tá no topo da lista!
Pela capa de @mor inicialmente pensava que se tratava de um auto ajuda. Mas percebi que é bem diferente!

abraço,
Ana Lu
@oficiodoslivros


Gabriel Araújo, disse: - 09-06-2012 (15:01)

Eu particularmente me apeguei por esta frase que me passou um alento “Eu lhe desejo uma festa agradável e torço para que o ano que se avizinha entre para os 80 melhores de sua vida” é escrita de uma forma tão intensa, que eu de fato parei para pensar “Será que conseguiremos viver 80 ou 90 ou até 100 anos felizes ?”E nossa vida, o que devemos fazer para tornar dela uma fonte de prosperidade, e que todos os anos de nossa vida poder-se-iam ser alegres?Nanda, sua resenha foi intrigante e me deixou bastante curioso de verdade, fico maravilhado com a sua veracidade em descrever os detalhes de maneira à nos fazer reflitir sobre tal coisa; sinto que o livro por você descrevido minuciosamente é um daqueles livros que nos muda, nos transforma e que podem sim, nos tocar profundamente e fazer com que pensemos antes de agir, que saibamos definir o verdadeiro, do não verdadeiro, o bom do mal !Muito obrigado Jéssica!Afetuosamente,Gabriel.


Mii, disse: - 10-06-2012 (09:29)

Uauuu, esse livro parece ser fantástico.
Eu admiro demais o seu jeitinho de fazer resenhas. Até agora, já tinha visto algumas resenhas sobre esse livro e particularmente, nenhuma havia interessado muito. Agora, estou louca a ponto de sair correndo até a livraria mais próxima.
Adorei Jeh.

Parabéns mais uma vez.

Beijinhos

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Mii,

Eu adorei Mii, no começo fiquei meio relutante, ansiosa pra ver o “clima pegar fogo” mas com o passar das páginas fui aproveitando os e-mails, os segredos e aí sim valeu super a pena, não vejo a hora de sair o segundo livro! \o

Que bom que você gosta do meu jeitinho de fazer resenhas, hehehe. Eu confesso que entro em nóia antes de escrever sobre um livro que me chama a atenção, mas tento! ;)

Beijos flor!




Caroline Di Bari, disse: - 10-06-2012 (13:53)

Eu ja disse que estou doida pra ler este livro!? hauhauhauaha

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Caroline Di Bari,

Aaai que bommm, é um livro maravilhoso! ;)




Aione Simões, disse: - 10-06-2012 (16:49)

Oi flor!
Ai, eu até consigo imaginar essa ânsia por ler cada palavra e página e chegar logo ao clímax, mas também deve ser uma leitura deliciosa, para ser saboreada aos poucos.
Gosto desse envolvimento, dessa sensação de nos tornarmos uma das personagens e é ótimo que essa leitura proporcione isso.
Estou muito curiosa pra ler, sempre acho interessante quando esse esquema de escrita via email consegue nos envolver bastante! Acho que mesmo que demore um pouco pra entrar no ritmo, como você disse, deve fluir muito bem!
Beijão!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Aione Simões,

Oi Aione! Huhuh, que saudades!
Demorei pra responder mas cá estou…. Então, acho que se eu relesse @mor, seria diferente, eu saborearia bem mais os e-mails, aproveitaria mais os momentos. Talvez eu faça isso, o livro não é grosso. Mas como tenho uma fila de livros me esperando, por enquanto não dá, rs.

Beijos!




Rithynha, disse: - 10-06-2012 (17:52)

Me deixou com vontade de ler @mor Sherlock!

Bem que tentei manter uma correspondência significativa através de cartas com algumas pessoas mas não era tão disciplinada e esse hábito se perdeu.

Bem que eu gostaria de enviar por engano um mail para quem sabe meu futuro amor…

Beijosss

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Rithynha,

Aaai que bom!! Huhuh, missão cumprida com a resenha! Hehehe, esse livro é muito bom Rithynha, apesar de no começo eu ter ficado com o pé atrás, a gente acaba se entregando aos e-mails e se envolvendo! \o

Estou ansiosa e curiosa pelo segundo livro!!

Beijos!




Nathália Martins, disse: - 10-06-2012 (23:39)

Cada um possui uma opinião diferente de cada livro né? Cada um possui um estilo diferente de leitura… É dificil julgar assim mas, pela sua resenha tive uma boa noção.

Beijos lindinha!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Nathália Martins,

Oi Nathália! Com certeza, o legal de compartilhar uma opinião em forma de resenha é justamente conversar com outros leitores e trocar ideias, saber o que cada um achou, quais pontos chamaram atenção ou o que faltou/desagradou!

Beijos!




Fabuloous Fake!, disse: - 11-06-2012 (18:23)

Adoooorei a resenha! Doidissimo para ler o livro. Espero ganhá-lo na promoção! Sorte para mim ;]
Beijos.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Fabuloous Fake!,

Obrigada!! Que bom que gostou Gui!
Boa sorte!




Maria Luiza, disse: - 26-06-2012 (15:08)

Oieee
Adorei a resenha, já queria ler o livro antes e agora então nem se fala haha
Beejos


Maria Ferreira, disse: - 29-11-2013 (16:04)

Você expressar muito bem toda a ideia do livro.
Eu o li e sim, me apaixonei pelo Leo.
É tudo tão próximo a nossa realidade e ao mesmo tempo tão distante…
O final que foi de matar! Porque terminou daquela forma misteriosa… Eu amei cada linha desse livro. Está na minha lista de favoritos. S2


maria Ferreira, disse: - 29-11-2013 (16:07)

E ah! Esqueci de dizer que amei seu e-mail para o Leo ;)


@blogdimoca no Instagram!

Di Moça :: Colecionando sonhos e palavras! - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2015 - Ilustração por Juliana Rabelo