uncategorized category image

Louco Aos Poucos :: Libba Bray

11 . março . 2011

Séculos depois eu retorno com a cara mal lavada na coluna “Lendo & Resenhando”. Não foi por falta de leitura (acreditem) ou por falta de tempo (acreditem mais ainda). Foi simples e puramente preguiça (me apedrejem).
Depois de apedrejada e recomposta
Hoje vamos conhecer um pouco mais sobre o primeiro livro que recebi como parceria da ID.
Que aliás, quero agradecer de coração!
Desculpem mesmo pela demora. Mas agora vamos conhecer melhor o livro Louco aos poucos, escrito pela Libba Bray, autora que vive hoje no Brooklyn (NY) e que sonha em deixar de ser um desastre na bateria e melhorar sua performance na sua banda de rock!
Amei essa escritora! *-*

Louco aos poucos (Going Bovine)
Autora: Libba Bray
Ano: 2011
Páginas: 591
Editora: ID
Sinopse:

Cameron Smith é um garoto de 16 anos que só quer viver sua vida com seu baseado. Um adolescente com um emprego meia boca, uma família que tenta se manter afastado, quer ficar na sua e tá bom demais. Uma irmã que faz parte de um grupo de adolescentes rumo à perfeição. No fundo, Cameron agradece por sua irmã estar nesse grupo porque Cam só quer trepar com a Staci Johnson, uma das garotas do grupo. Coisas de adolescente. Porém, como nada é perfeito, nem para um amante de baseado virgem, Cameron descobre que tem a doença da vaca louca e não tem saída para isso. É o fim, cara. As alucinações começam a aparecer e uma anjoa muito punk de cabelos rosas o instrui que sabe como salvá-lo dessa doença incurável. Mas para isso, terá que embarcar em uma aventura longa para merecer viver. Porém, pior que correr para salvar sua vida é ter que correr também para salvar o universo.

Que loucura você faria para não enloquecer?


Tipo assim, “Louco aos poucos” é um daqueles livros que, se você não manter sua mente aberta para o que vai descobrir nas páginas, cai fora. Primeiro porque a aventura em si é uma coisa surreal que nem parece ser possível e é aí que, se você mantém seus pés no chão fofo, cai fora do livro.

Cameron Smith tem 16 anos, mora no Texas e estuda na patética escola Calhoun. Não importa, desde que ele esteja com seu baseado do dia a dia, nada que não seja suportável. Uma fumada aqui e ali e pronto para o que vier. Ter de lidar com sua irmã e o seu grupinho de amigos “quase perfeitos” até que não é tão ruim. O ruim é ter que ver Staci Johson, a gostosona do colégio, não dar moral para o excluído de 16 anos.
Numa tentativa de reunir a “família”, os Smiths saem para um jantar fora de casa, coisa que deveria ser casual e normal mas que se torna coisa de outro mundo: desconfortável, saca? Enquanto cada um da família entra em uma lojinha no centro atrás de seus interesses, Cameron fica do lado de fora e é aí que ele se depara com uma situação muito bizarra. E olha que ele nem tinha encostado em droga alguma.
Que merda era aquela?
Com o tempo, Cameron começa a ter alucinações, coisa de gente drogada mas que não enconstou nem um dedo em qualquer droga nos últimos dias. Uma anja olhando pra ele. Uma pena escrito “siga a pena” e outras coisas sem noção. Puta merda, o guri ficou louco. Manda pro hospital.
Conclusão: doença Creutzfeld – Jakob. Tecnicamente falando: Encefalopatia Espongiforme Bovina. Informalmente falando: fudeu. Cameron está com a doença da vaca louca, mas em humanos.
A partir de então Cameron começa um tratamento experimental para buscar a cura dessa doença louca (que não tem cura) e que vai acabando com o a vida da vítima aos poucos.

Certo dia, Cameron acorda e dá de cara com a anja punk: Dulcie. Ela, na verdade, é uma mensageira que veio ajudar Cameron a salvar sua vida, mas com outra condição. Ele precisa salvar o mundo. Essa doença da vaca louca não é casual não, mano. É foda. Envolve tempo-espaço, universos paralelos, aleatórios e tudo o que deixa qualquer ser humano doido mesmo.
É difícil acreditar nisso. Porra, o guri tá vendo uma anja despirocada, com uma mensagem mais doida ainda. Essa aventurinha vai prestar??
Então Cameron tem que tomar sua decisão: ou vai ou raxa. E claro que ele vai, foda-se. Mas ele tem que levar uma pessoa com ele, o vizinho de cama, Ignacio Gonzales, mais conhecido como Gonzo. Pensa, o guri é despirocado total, desses que usa bombinha e tudo. Vai ser difícil tirar esse anão (aliás, o guri é realmente pequeno) daquele hospital.
Mas tudo vai de acordo e o que Cameron precisa fazer é encontrar pistas aleatórias em tablóides, anúncios, essas coisas até levá-lo ao seu destino. Do caralho.

A aventura de Cameron vai além de buscar sua “cura”, salvar o mundo. Durante todo o caminho, reviravoltas acontecem, seus planos saem de curso e novos personagens aparecem para atrapalhar ou mudar de vez sua vida. Conhecem pessoas estranhas que abraçam o positivo (aff), gnomo de jardim que fala e tem pavor de máquina fotográfica. Até na Disney os caras vão se meter em encrenca meu!

Eu simplesmente adorei o livro. Libba Bray conseguiu destribuir em meras 591 páginas (caham) uma aventura show, surreal, coisa que a gente não imagina. Cameron passa por tantas situações que a gente só consegue dizer com ele : Puta que o Pariu. Bosta. Essas coisas. E devo deixar anotado que eu amei os agradecimentos da autora, no começo do livro. É simplesmente o agradecimento mais louco e hilário que já li!

Aliás, essa é a linguagem principal que a autora utiliza, já que Cameron é o narrador do livro e digamos que o vocabulário dos adolescentes não é tão formal. São palavrões que deixam a situação surreal um pouco mais… real, sacou?
O que me divertiu mesmo não foi a história em si. Ela foi boa, claro. Mas o desenrolar dela até chegar ao ponto final. Cameron e seus amigos passam por cada situação que é impossível não rir da desgraça alheia. As falas fluem de um jeito que a gente não consegue deixar de lado.
Dou parabéns à autora por ter expressado muito bem através das palavras, a mente de um garoto de 16 anos. Não deve ter sido fácil “encarnar” um garoto como Cameron.

O que me deixou um pouco intrigada foi exatamente o final. Não sei se este é um daqueles livros que cada um imagina o que aconteceu e o que tudo realmente é. Eu entendi um jeito, possivelmente você entenderá de outro e talvez essa seja a intenção da autora. Não sei. O final foi um pouco vago, pra mim. Mas esse é um daqueles livros que, apesar de o final ter sido meio “estranho”, o livro inteiro compensa! A gente tira grandes trechos que valem para nossas vidas. Eu até chorei em algumas partes, fala sério, sou muito mole! A gente vê o mundo de uma forma meio louca, talvez por influência da mente doida do Cameron, vai saber… Recomendo!

Observações:

Como este livro é totalmente cheio de aventuras, descobertas e novidades, é praticamente ridículo eu detalhá-lo mais. Não quero ser a estraga prazer que fará com que você pegue o livro, chegue em uma página e diga “ah, eu vi isso no blog Meine Liege” e não sinta o ânimo, a surpresa que eu senti. Seria brochante né?

O livro realmente é bem comprido. Recomendo que você leia com uma ânsia e vontade de descobrir cada mistério em cada página. Não precisa se sentir forçado a lê-lo em um dia mas não recomendo que leia dois capítulos em um dia e depois de cinco dias volta a leitura. Isso acaba atrapalhando na hora de unir o livro no todo e descobrir a história no total.

Desculpem o linguajar na resenha mas sabem como é, Cameron e seus amigos influenciaram meu vocabulário. Logo passa, prometo! :x

Espero que tenham gostado da resenha, com uma linguagem mais informal mas acho que acabei pegando a dito da doença da vaca louca! o.O
Cameron tá fudido comigo. Deixa eu encontrar esse moleque escroto!
Um beijo com muuu e até o próximo post!
xoxo

Libba Bray

Bray foi incentivada a escrever um romance para jovens adultos de seu marido, Barry Goldblatt, um agente de livro infantil e Ginee Seo, um editor da Simon & Schuster. Antes disso, usando um pseudônimo, ela tinha escrito três livros para a 17th Street Press. Sua primeira novela, A Great and Terrible Beauty se tornou um bestseller de New York Times. Em novembro de 2006, um vídeo promoção do livro foi uma parte da Standard Book Teen Book Video Awards. Ela escreveu mais dois livros para terminar a trilogia que começou com A Great and Terrible Beauty: Rebel Angels e The Sweet Far Thing.

Site da autora Site da iD



• Hey! Deixe um comentário aqui •

• Temos 54 comentários nesta postagem" •

Luiza C, disse: - 11-03-2011 (02:29)

Nossa, adorei a resenha. Eu já tinha ouvido falar bastante do livro mas não achei que fosse tão bom! Amo livro assim, com aventuras e que nos divertem. E a gente deve morrer rindo do protagonista chapadão pelo jeito, rs. Ai, fiquei com taaaaanta curiosidade de ler ele agora, sério! To precisando ler um livro assim! Ahh, eu tava lendo o seu post debaixo sobre os layouts e nossaaa, cada coisa mais linda ein! ahahah Beijão

Luiza,
Express Coffee

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Luiza C,

Oi Lu!!! Poxa, muito obrigada! Quando recebi o livro não dei muita credibilidade não, vou ser sincera. Mas a autora conseguiu viajar tão bem numa maluquice e com uns personagens simplesmente lindos (sou fã deles) que a gente ri o tempo inteiro. Fazia tempo que eu não lia algo parecido, caiu em boa hora viu!!
*-*

Ahh e obrigada por gostar dos layouts!! Hihihih!!!
:$

Beijos!
xoxo




Diana Godoy, disse: - 11-03-2011 (02:47)

Arrasou Jeh! Tava em dúvida se comprava ou não, mas depois desta review perfeita preciso do livro pra ontem!

Parabéns mesmo!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Diana Godoy,

Ai Di, você não sabe como eu fiquei feliz com seu comentário e seus twitts sobre a resenha! Poxa, espero não te decepcionar porque eu gostei tanto do livro que tenho medo de tê-lo elogiado demais e você odiar… :x
Qualquer desavença não é culpa minha, já digo logo!
;p
Huahuahauha

Beijos!
xoxo




Geyme Lechner Mannes, disse: - 11-03-2011 (06:07)

Oi Lindinha!!!! Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas adorei a resenha e adorei tb os palavroes, rsrs!!! Faz parte do enredo, entao: PQP!!!!!! Arrasou!

Beijos e beijos!!!!!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Geyme Lechner Mannes,

Aaaiii Leeehh!!! OMG, que saudades!!! Mulher, você sumiu total!!! Viu a mensagem que deixei no seu mural do face???? *-*

Pois é, eu sou evangélica mas confesso que uns palavrões faz bem à saúde e à mente!!
Adoro!!!

Huahauhauhauha beijos!!!
xoxo




Izabella, disse: - 11-03-2011 (09:08)

Agora preciso urgentemente ler esse livro!Achei a rsenha loka, e não liguei pro linguajar,estudo em uma escola pública de um bairo que não é exatamente rico e tô acostumada, mas esse livro parece ser o tipo de coisa que se passa na minha cabeça(eu sou meio louca mesmo, daqui a pouco começo a ver anjas que nem o Cameron), tomara que eu possa ler esse livro logo!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Izabella,

Huahauhauha oi Iza!! Pois é, eu ainda estou sob efeito Cameron e Gonzo, personagens hilários!
Fora o gnomo de jardim que é uma comédia em miniatura! A autora viajou legal nesse livro mas de forma gostosa sabe?? Huhuhuh!
Menina, não tem essa de classe social, econômica pra gostar desse tipo de livro não!! Hhauhauha
*-*

Beijos!
xoxo




Amanda Ariela, disse: - 11-03-2011 (09:34)

Louca pra ler ”Louco aos Poucos” hehehehhehehe

Sério mesmo que doenca da Vaca Louca da em gente?? Putz, nao vou comer carne hj! hehehehehhe

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Amanda Ariela,

Hehehe, bem nesse estilo mesmo flor!!

Então, acho que dá sim flor, mas não é comendo porcaria e nem comida estragada. Pelo menos acho que não! Huahauhauha

Beijos!
xoxo




Raquel Euphrasio, disse: - 11-03-2011 (10:14)

Quero muito ler esse livro !!!
Bjins

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Raquel Euphrasio,

Super recomendo Raquel!! ;)

Beijos!
xoxo




Juh, disse: - 11-03-2011 (14:40)

Amei, amei e amei essa resenha!! Super Fodástica!!! Eu não estava nada interessada em ler esse livro, mas depois da sua resenha já coloquei ele na lista de desejados rs…
Arrasou Jeh!!
beijocas
Livros e blablablá

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Juh,

Eba!!! Valeu Juh! Achei que seria impossível fazer uma resenha de um livro totalmente surreal, com umas viagens muito doidas mas incrivelmente maravilhosas que nos faz rir o tempo todo!!
*-*

Com certeza merece estar na lista de desejados!!

Beijos!
xoxo




Carlinha, disse: - 11-03-2011 (14:41)

Jeh,
Amei a resenha… tah FODA!!!! rsrs
Agora estou mais curiosa ainda para ler o livro.
Beijinhos

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Carlinha,

Oi Carlinha!!! Putz, que bom que gostou! É complicado falar de um livro de quinhentas e poucas páginas, cheias de aventuras uma melhor que a outra e não rolar spoiler. Que bom que gostou mesmo!
*-*

Beijos!
xoxo




Thais - Viaje na leitura, disse: - 11-03-2011 (14:48)

Jeh!!!

Poxa que resenha divertida hehehehe
Você realmente entrou no clima de Louco aos poucos. Me diverti aqui e ajna punk? Fala Sério! ahahahaha

Beijooooooooooo *=*

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Thais – Viaje na leitura,

Oi Thais!! Heheh, obrigada! Eu adorei o livro!! A anja punk é muito fofa!! Foda mesmo são os personagens, principalmente o Gonzo, ri demais com ele! Até achei que estava com a doença da vaca louca!!
o.O

Beijos!
xoxo




Thais Ortega, disse: - 11-03-2011 (17:10)

Hahahahaha, adorei o linguajar despojado.
Estava muito ansiosa por essa resenha, vc sabe, e superou minhas expectativaas. Estava com medo da viagem toda ser demais pra mim, mas pelo visto vale a pena!
Quero ver quando eu pegar a doença da vaca louca aqui em casa, meu marido vai surtar! rs

bjs flor
@thaorteg

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Thais Ortega,

Aah faz tempo que eu não leio um livro assim flor! Amei sabe? Estava precisando dessa descontração apesar de a autora ter viajado bem grandão durante o livro! Hehehehe!

Já pensou você com a doença da vaca louca?? Huahauhauha

Beijos!
xoxo




Martha Sossai Spadeto, disse: - 11-03-2011 (17:55)

Ei Je, adorei sua resenha!! Acho que estou precisando ler um livro assim, pra descontrair um pouco!!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Martha Sossai Spadeto,

Oi Marthinha!! Pois é, uma dica de leitura beem surreal mas super divertida!!!
*-*

Beijos!
xoxo




Mariana Ribeiro, disse: - 11-03-2011 (18:13)

Olá, Jeh!! uahauahuahauahauhauah Eu ri muito aqui com a sua resenha!! Achei super bem-humorada e mostrou muito bem a linguagem que iremos encontrar neste livro. Ô louco meu!! Eu quero muito ler, e já vou adicioná-lo na minha lista imensa de desejados.
Tenha um ótimo final de semana!
Bjos.

Mariana Ribeiro
Confissões Literárias.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Mariana Ribeiro,

Oi Mari!!! Que bom que gostou! Se você riu com a resenha, pensa com o livro? Eu adorei demais! Ria parecendo a própria vaca louca… :$

Coloca na lista sim, você vai viajar legal com os personagens!! ;)

Beijos!
xoxo




Li Um Livro, disse: - 11-03-2011 (18:31)

Ri demais com a resenha, Jeh! haha

Adoro histórias assim, meio trash…tem quem não goste, mas sempre me divirto e consigo aproveitar o que elas têm a oferecer. =)

Se eu já tava com vontade de ler, você tá quase me fazendo comprar AGORA. =X

Beijos

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Li Um Livro,

Hehehe, que bom que gostou!!! Há um bom tempo que eu não ria tanto com os personagens, as bizarrices das aventuras e tal! Gostei mesmo!!!

*-*

Espero que goste quando for ler!! ;)

Beijos!
xoxo




Loraine, disse: - 11-03-2011 (18:48)

Oii Jeh
Tudo Bem?

Bom agora estou nos posts mais recentes não é mesmo?

Calma, calma é que que foi no google e digitei Meine Liege e me redirecionei direto na pagina da resenha de crescendo, li a resenha e fui comentando e só agora me toquei kkkk
Tudo bem desconcidere minha falta de atenção (desastrada, eu).

Vamos lá falar sobre essa resenha RsRsRs…
Gente o que é isso? Esse livro é coisa de doido, eu simplismente fiquei louca para lê-lo só para saber no que é que vai dar essa história bizarra, a resenha ficou otima eu amei~, não vejo a hora de compra-lo. \o/ uhulll

Beijinhos

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Loraine,

Ebaa!! Mais um comentário seu!! *-*

Então, esse aqui é bem doido mas de um jeito bom, sabe? A autora viajou muito, uma mente muito criativa ou ela usou alguma erva pra ajudá-la… eu adorei!! Espero que você também goste!

Depois me conta o que achou tá?? ;)

Beijos!
xoxo




Nanda, disse: - 11-03-2011 (19:06)

Adorei a resenha, já tinha visto algumas por aí mas não tinha dado a menor bola nem pra ler, aheoihaeoiaheoihae. daí hoje resolvi e tchan.. DO CARALHO kkkkkkkkk
Fiquei muito louca pra ler esse livro! XD

Beeeijos

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Nanda,

Oi Nanda!! Que bom que gostou!!! *-*
Do caralho né??? Cameron é um puto de um personagem!!! Huahauhauha

Estou num momento de palavrões à solta, mas logo passa (eu espero)!
Hehehehe

Beijos!
xoxo




Fernanda Matos, disse: - 11-03-2011 (19:33)

Só digo uma coisa: esse livro é muito louco pra mim, bom saber disso… hahaha!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Fernanda Matos,

Hehehehe, acho que você ia pirar total!! Eu ainda estou sob efeito do livro, muito bom mesmo!
Faz um bom tempo que não lia um livro nessa linha. E acredite, a autora viajou total mas de um jeito muito divertido!!

Beijos Fer!!!
xoxo




Mariska, disse: - 11-03-2011 (20:25)

Gostar da resenha? Eu amei!Amei!Amei! Nunca tinha ouvido falar do livro e agora já é uma das minhas prioridades…
Obrigada Jeh.
E não precisa se desculpar pela linguagem, nunca ri tanto lendo uma resenha…
Bj

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Mariska,

Aaai flor, obrigada!!! Poxa, que bom que você amou!!! Huhuhuhuh!!
Eu estou pensando se rola fazer sorteio dele, mas pro outro mês porque minhas economias acabaram…
:x

Sabe, eu sou evangélica mas de vez em quando adoro uns palavrões!! :$
Huahauhauha

Beijos!
xoxo




Monique Melo, disse: - 11-03-2011 (20:29)

Nossa, eu peguei este livro hoje na livraria e quase compro (mas tava mega caro!). Acapa é o máximo e a história é bem louca (sem trocadilho). Acho que é bom um livro que não seja tão sério e que nos deixe pensando sobre o final… Vou ler com certeza! Abraços

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Monique Melo,

Oi Moh!! Pois é, ele é carinho mesmo! Mas vale a pena porque ele é bem grosso, tem MUITA história, muita aventura, a gente se diverte pra caramba!! *-*
Qualquer coisa, se tiver promo dele e você tiver condições de comprá-lo, não hesite, você vai adorar!!
Huhuhuhuh

Beijos!!
xoxo




Mirelli Lohaine, disse: - 11-03-2011 (20:39)

Oiiiii
Eu acabei de comprar esse livro (nem chegou ainda).
Me encantei com a capa e confesso não ter lido nenhuma resenha dele antes de comprar, foi por causa da capa mesmo.
Tava até com medo, mas depois de ler sua resenha amiga… vou ler com muita ânsia.

Beijoookas e até mais lindona!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Mirelli Lohaine,

Oi Mih!! Acho que você vai gostar! Tem que manter a mente aberta para as maluquices e criatividade da autora!! Huhuhuh!!!
*-*

Espero que goste! Depois quero ver a resenha!! HIhihih

Beijos!
xoxo




Nicole, disse: - 11-03-2011 (22:43)

ahuuahuhauhauaha ADOREI a resenha Jeh =)
Nossa! Deu pra ver o quão louco esse livro é!! Pelo título hueuheheh!! em inglês o título combinou mais! bom.. sei lá..

Espero ter a oportunidade de lê-lo!
Eu sou daquelas que le dois capitulos e para 5 dias! ahuhauuhauha tenho que focar mais! heuhuehuehue

beijos Jeh =)

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Nicole,

Oi Nicky!!! Huahuahuah, que bom que gostou!! Eu adorei esse livro, bem diferente dos quais estou acostumada a ler! Apesar de o título em inglês combinar mais com a história, a capa é bem feinha.. :$
Huhuhuhuh, eu também sou assim e por isso deixei a dica: como o livro é bem grosso, se a gente enrola muito, perde a graça toda sabe?

Beijos!
xoxo




Amanda Ariela, disse: - 12-03-2011 (09:33)

Melhor nao comer mesmo assim! heheheheheheheheehehehheehhe!!!!!!!!!!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Amanda Ariela,

Huahauhauha pode ter efeitos colaterais diferentes em cada um né?? :x




Laís, disse: - 12-03-2011 (14:10)

WTF. AMEI PORRA. Já tinha incluído na lista de livros, mas agora eu quero. Agora, nesse minuto! Ficou ótima a resenha!

Bjos

Laís, World oF Carol Espilotro

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Laís,

Huahauhauah que bom que gostou Laís!!! Obrigada mesmo!! <3

Beijos!
xoxo




thanny, disse: - 13-03-2011 (15:52)

Morri com sua resenha, quando comecei a ler logo percebi que você ainda estava sobre o efeito do livro ou é a doença da vaca louca mesmo? HAHAHAHAHA Confeso que não estava muito empolgada pra ler esse livro, mas agora tenho certeza de que preciso dele na minha estante :D

xx thanny in wonderland

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@thanny,

Huahauhauha Thanny, uma coisa que não sei até hoje: se eu estava sob o efeito do livro ou se peguei a doença da vaquinha!! Huahauhauha

Eu super recomendo, é hilário!! ;)

Beijos!
xoxo




Lari, disse: - 14-03-2011 (13:39)

Nossa, quanto tempo sem passar aqui. Foi mal, Jessica! Nem entrei muito no Pc esses dias…
Amei sua resenha! Eu já queria Louco aos Poucos mesmo antes de ser lançado, mas agora eu quero MUITO.
Haha, adoro livro com palavrão. Ainda mais com personagens adolescentes; deixa a coisa mais real.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Lari,

Oi Lari!! Nena, não tem que pedir desculpas viu! Eu sei como é complicado relacionar vida real com vida virtual! Hehehe!
Espero que esteja tudo bem por aí, é o que importa!!

Obrigada de coração pelo comentário!! Eu sou evangélica mas vou te confessar que gosto de um bom livro divertido com uns palavrões de vez em quando!
Huhuhuhuhuhuhuhuh

Beijos!!
xoxo




Jamille, disse: - 14-03-2011 (16:02)

Oi
Eu não sei como começar um comentário, porque eu não faço muitos, mas, quando eu terminei de ler essa resenha, nossa, eu não sei explicar em palavras, mais ou menos algo como AMEEEII, tanto a resenha quanto o livro, que por sinal estou desejando-o muito, mas infelizmente a grana está curta e eu tenho alguns livros para ler ainda. Mas, então, eu comecei a olhar seus videos e… ADOREI, sério, eu estou olhando seu blog desde as duas horas, quando achei essa resenha, e não consigo parar, queria olhar mais alguns “Comprar ganhar receber”, que por sinal, achei bem legal o nome, mas, infelizmente eu tenho que fazer minhas tarefas.
Também não sei terminar um comentário =/
Então, acho que…
Bjs :)

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Jamille,

Oi Jamille! Hehehe, poxa, que lindo seu comentário, adorei!!! Que bom que gostou do blog! É sempre uma alegria maravilhosa receber elogios assim!!!
*-*

O livro “Louco aos poucos” é mesmo carinho mas se você encontrá-lo em uma promoção e estiver dentro do seu orçamento, não hesite em comprá-lo! Você vai se divertir muito!
Huhuhuhuh!

Não tem problema em começar ou terminar um comentário, o importante é deixá-lo com carinho e isso você fez! Obrigada!

Beijos e seja sempre bem vinda!
xoxo




JESSICA DINARTE, disse: - 12-05-2011 (00:36)

Oi chará =D, uhuuu, arrasou, como sempre, minha mana e eu estamos doidinhas(como se já não fossemos de natureza,hihi) pra ler este livro.
Bjs amada, e com certeza as duas doidas aqui vão participar da promo kkkk.
Até mais chará ;)

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@JESSICA DINARTE,

Huhuhuh oi flor!!
Aaah que bom, esse livro é ótimo, eu pelo menos adorei! Super psicodélico, uma viagem doida com personagens malucos e muito hilários! ;)

Beijos!
xoxo




Max Antunes, disse: - 15-05-2011 (21:49)

Olá Jeh!

Primeira vez que visito seu blog, e já digo, adorei.

Gostaria muito de conversar com vc sobre o seu blog e literatura, além do que, lhe perguntar algumas coisas, mas entretanto, gostaria que o fizessemos pelo msn… por favor, me add para que eu possa lhe fazer umas perguntas?

maxwelldca@hotmail.com

Desde já grato,

Maxwell Duarte Campos Antunes
1º Período – LICENCIATURA em Artes Cênicas – UFOP

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

@Max Antunes,

Oi Max! Poxa, muito obrigada mesmo! Fico muito feliz quando visitam o blog e gostam dele assim, meio de cara! Rs, seja sempre bem vindo!

Será muito legal conversar com você sobre literatura. Quase não entro no MSN, fico mais no facebook e no twitter mas vou te adicionar! ;)

Beijos!




@blogdimoca no Instagram!

Di Moça :: Colecionando sonhos e palavras! - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2015 - Ilustração por Juliana Rabelo