categoria2 category image

As Joias de Manhattan :: Carmen Reid

21 . janeiro . 2013

Eu me impressiono com a capacidade que alguns escritores tem em me surpreender no decorrer da leitura. Quando menos esperamos, um acontecimento, uma fala ou um personagem pode nos cativar e tornar a leitura, antes desanimadora, em adrenalina e sorrisos.
Um livro pode mudar o jogo quando menos esperamos…

As Joias de Manhattan (The Jewels Of Manhattan)
Autora: Carmen Reid
Páginas: 350
Editora: Bertrand

* Livro enviado pela editora como cortesia.
Sinopse:

Como todos os planos malucos, este foi planejado em um guardanapo de papel. 1. Roubar joias fabulosas 2. Vender as joias por milhões 3. Viver feliz para sempre Era um plano brilhante e parecia tão simples… depois de ter tomado vários coquetéis. Não era tão simples assim… se nunca roubou nada antes e se namora um policial. As três irmãs Jewel, Amber, Sapphire e Em, foram para Nova Iorque em busca da vida perfeita. Mas precisam roubar seu sonho? Ou vão conseguir resistir à tentação? Um conto romântico, maravilhoso e cintilante para quem já sonhou em ter uma vida mais brilhante

Crédito: Skoob

“O que quero saber é: quanto dinheiro você acha que uma garota precisa?”

Três irmãs com personalidade totalmente diferente mas um desejo em comum: realizar seus sonhos em Manhattan. Todo mundo vai para Nova York por uma razão. Para encontrar o sucesso, para encontrar o amor, para encontrar uma vida mais excitante do que a oferecida pela cidade natal.
Amber Jewel, uma menina-mulher de 24 anos que saiu de Bluff Dale, Parker County, Texas em busca de uma vida melhor. Dividindo um apêzinho com as duas irmãs, Amber trabalha no banco Dedalous há sete meses para ajudar sua mãe com o orçamento e a hipoteca da fazenda (no Texas). O que a moça não esperava era a rasteira que Nova York lhe daria.

Amber e sua irmã, Sapphire Jewel, encantadas com a vitrine da Bijoux Rox, entram na loja de joias hipnotizadas com a decoração natalina. Ah, quantas peças brilhantes e preciosas…. Essa vida de glamour deve ser fantástica mas com o salário que ganham não dá nem para sonhar com essa vida. Quase nove horas da noite, a loja está perto de fechar quando dois motoqueiros invadem a loja e roubam as joias. Oh meu Deus, que horror! Em menos de um ano as experiências das garotas não têm sido tão promissoras como achavam mas um assalto é traumatizante! Já não basta o relacionamento fracassado que Sapphire enfrentou, agora isso. Três milhões de dólares foram levados em joias e o que resta é o medo desta cidade grande.

Agora, Amber e Sapphire são duas testemunhas-chave para o detetive Jack Desmoine, 30 anos, branco, alto e musculoso (Amber não deixou de reparar, ui). Será tão fácil roubar uma loja de joias como os motoqueiros demonstraram? Oh não, Amber não pode pensar nisso. Sua irmã sofreu grandes traumas e o assalto é demais para elas.

Enquanto isso, Sapphire volta ao seu trabalho da maneira que pode. Na casa de leilões Aubrey Wilson & Sons a garota trabalha há mais de cinco meses no escritório de Catagolação Um. Ah, quantas joias passam por aquele escritório, quanta preciosidade em uma única peça. Além de valerem milhões de dólares. Incrível. Junto com Fergus, ambos fazem um trabalho incrível e estão aptos a trabalharem no próximo leilão na Wilson & Sons: as joias reais da duquesa de Windsor. Nossa, quanto não devem valer aquele colar, aquele broche? É uma responsabilidade muito grande para Sapphire e Fergus.

Porém, uma intimação no serviço de Amber pode mudar sua vida e colocar tudo em jogo. Ser chamada para o escritório do diretor de Recursos Humanos só pode significar uma coisa: demissão.
Ninguém vai para Nova York para ser despedida; gastar meses preenchendo formulários de vagas, buscando oportunidades, sendo reprovada em entrevistas, ficando preocupada com o aluguel e torrando o restante da poupança. Ninguém.
Será o fim das meninas em Nova York? O futuro as espera de volta no Texas?

“A vida parece ser muito mais fácil quando você tem muito dinheiro.”

Não, calma, é preciso manter a calma. Amber só precisa continuar firme, enviar currículos e procurar um outro emprego. E tudo vai dar certo. Vai dar certo.
Mas Emerald Jewel está de saco cheio! Com 21 anos, a garota sonha em “Ficar Famosa” e ser uma legítima MQNT: Mulheres que Não Trabalham. Sua atuação na peça teatral foi péssima, afinal de contas, jovens de várias escolas teatrais têm roubado seu momento de brilhar. Chega! Entre um coquetel e outro com Amber, Em cria um plano mirabolante e muito louco: roubar as joias da duquesa de Windsor! Não é louco, é fantástico! Sapphire tem todas as informações e acessos necessários às joias; Amber é planejadora e sabe mexer com contas de bancos e Em… bem, Em é irresponsável e imprudente! O trio perfeito! Só precisam encontrar o colecionador de joias que pagaria o preço das peças e bem vinda a vida de riquezas e sem trabalho!
Para isso, Em terá que se livrar de Fergus – o namoradinho de Sapphire -, e Jack, o detetive apaixonado pela sua irmã Amber. Em está pronta para entrar em cena e, muito mais do que isso, pronta para viver o seu próprio show.

“As únicas coisas que são impossíveis são aquelas que você nunca tentou.”

O plano foi arquitetado, nem Amber poderá impedi-la. Seu nome é Emerald e sua cena é agora… pera aí, alguma coisa deu errado… Na hora H, perto de roubar as joias, alguém as rouba primeiro! Os alarmes foram disparados, Em precisa sair correndo do prédio Wilson & Sons antes que alguém a pegue disfarçada de faxineira e… oh não, as joias foram parar na cesta de lixo em suas mãos! E agora? Quem vai acreditar em Em? Ninguém! É preciso fugir, do prédio, do páis, do continente…

Será que as irmãs Jewel terão, finalmente, uma vida de milhões? Mesmo de forma errada, às vezes é o jeito que conseguimos nossos sonhos. O que vale a pena: quatro milhões de dólares na conta ou uma vida digna e a mente em paz? Uma história romântica, maravilhosa e cintilante para quem já sonhou em ter uma vida de glamour.

A partir de uma invenção da própria filha, em que três irmãs roubavam joias em Nova York, a escritora Carmen Reid desenvolveu e aperfeiçoou a ideia, lançando As Joias de Manhattan. Uma versão mais adulta da que provavelmente sua filha inventou, mas que vale a pena desfrutar. Com o intuito de fazer o leitor sonhar, acreditar e se divertir, o livro traz uma dose bem gostosa de loucura e insensatez.

Impossível não rir com a personagem Em – Emerald -, a irresponsável com ideias mirabolantes e que podem dar certo. As conversas e filosofias que saem da boca de Em só podem resultar em diversão. Se você quiser levá-la a serio, fica por sua conta e risco, ok? ;)

Já Sapphire, a irmã romântica, que sonha com seu príncipe encantado, uma vida de pratos Italian Spode e talheres Old English Fiddle, nos faz sonhar mais alto também, afinal de contas, o romance é bem vindo em qualquer lugar e qualquer época, não é mesmo?

Amber é a irmã mais velha, aquela que cuida – das irmãs e da própria mãe. Responsável até demais, será que tem tempo para pensar em si mesma e no que realmente deseja?

De um modo geral, gostei da história e da ideia desenvolvida por Carmen Reid. Claro, confesso que a narrativa em terceira pessoa deixou a desejar, já que em chick lits e YA’s eu prefira narrativa em primeira pessoa. Outro aspecto que senti falta foi um personagem masculino encantador, do jeito que só encontramos nos chick lits. Jack Desmoine é um detetive engraçadinho, mas de um jeito bobo. Talvez ele precise ser esculpido mais vezes pela autora. Não sei.
Também não posso deixar de lado a torcida que eu fiz para Em conseguir a vida dos sonhos, com as joias “nos bolsos” e comprando seus casacos de pele, anéis de diamante e sapatos Chanel. E, lá no fundo, ficamos tentadas a pensar se seria possível realizar um roubo desses… Hahaha. Desespero?

Compartilhe conosco: o que seria uma vida perfeita para você?
Recomendado para quem deseja uma dose de descontração, diversão leve e uma vida repleta de sonhos!
Um beijo e até o próximo post! ;*

Carmen Reid

Carmen Reid é escritora, jornalista e… mãe de duas crianças. Já publicou diversos romances, além de escrever colunas semanais em dois jornais escoceses e contos para revistas.
Adora cozinha e, principalmente, escrever sobre a complicada vida da mulher moderna. Sua maior satisfação é fazer os leitores darem boas gargalhadas.
Carmen se mudou com o marido de Londres para Glasgow, na Escócia, logo após o nascimento do primeiro filho. “As Joias de Manhattan” é seu terceiro livro publicado no Brasil.


Site da autora | Site da Bertrand


• Hey! Deixe um comentário aqui •

• Temos 40 comentários nesta postagem" •

Jaira Costa, disse: - 21-01-2013 (21:10)

Oi, meu bem

ainda não conhecia esse livro….e gostei da sinopse…..fiquei triste por não ter personagem masculino encantador, gente eu amooooo os personagens assim. Mas nada que me faça dizer que não vou ler….adorei a resenha, me deixou curiosa. O que seria uma vida perfeita pra mim? eita pergunta difícil essa, eu nem sei o que seria…mas acho que a minha anda meio triste, um emprego novo que não me sugasse tanto a vida me deixaria feliz, então estou a procura de um pra melhorar as coisas aqui….quem sabe role….

adorei as fotos, como sempre….você tem o dom pra foto ^^

bjiss flor

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Jaira, tudo bem com você??

Poxa, não pode deixar a tristeza tomar conta né? Se Deus quiser aparecerá um emprego mais tranquilo! Acho que a vida perfeita para mim seria uma saúde muito boa (mentalmente falando), um emprego legal, que eu goste e que eu consiga concilicar minha vida pessoal também. E, claro, minha família… eita pega, tô viajando grande na maionese, hahaha!

Então, senti mesmo a falta de um personagem arrebatador, de um jeito cute como encontramos nos chick lits (não como nos romances eróticos) mas de resto é bacana!

Beijos!




Marina, disse: - 21-01-2013 (21:31)

Oi amiga, como cê tá?
Adorei a sua resenha e já fiquei hiper-ultra-mega empolgada pra ler esse livro rs

Beijos,
Marinah | Blog Marinah Gattuso@blogmarinah_gInsta</a

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Ma!!!

Tô bem graças a Deus, e você?? Poxa, que bom a resenha te deixou animada pra ler esta história! Espero que você tenha ótimos momentos com os personagens mas não invente de roubar nada viu!! ;)

Beijinhos!




Clícia Godoy, disse: - 21-01-2013 (22:28)

Oi Jeh!

Vou colocar na minha listinha de desejados!
=)

O que seria uma vida perfeita?
Vejamos…
1. Saúde
2. Familia
3. Dinheiro.
Tudo junto!
;D

Bjinhos
Psiu!
Silêncio Que Eu To lendo

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Hahaha, não quer mais nada né Clí??

A minha lista também prioriza a saúde. Nossa, como eu sonho com uma vida pelo menos 90% sem síndrome do pânico. Daí eu me arriscaria a ser modelo de propaganda do hidratante Monange! Hahahahaha!

Beijos!




Babi Lorentz, disse: - 22-01-2013 (10:46)

Acho que uma vida perfeita pra mim vai sempre envolver meu namorado ao meu lado, uma casa confortável, um carro e, claro, um bom emprego que me dê bastante dinheiro no final de cada mês. Quero viajar e conhecer o mundo, quero ir pra Austrália, França, Itália, Alemanha, Suíça, Holanda, Islândia, Irlanda… São tantos países que nem sei por onde começar, então acho que dinheiro seria mesmo essencial.
Não roubaria nada como as meninas fizeram. Mas vou sempre continuar tentando arranjar o melhor emprego que eu puder para conseguir mais dinheiro, juntar, comprar minha casa e finalmente COMEÇAR minha vida.
Beijos!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Babi!!
Pois é menina, acho que minha vida perfeita seria conciliar a vida profissional com a pessoal e amorosa. Sonho em ter um emprego que não sugue até o meu talo, que eu consiga ter finais de semana e feriado, dias certinhos de férias e viajar bastante com o marido e depois com os filhos. Mas a saúde, ultimamente, tem sido meu sonho, não posso mentir. Sonho em estar completamente saudável mentalmente e viver a vida, tropeçar, cair mas sem medo…

Eu não roubaria nada também. Mas fico imaginando se, caso isso passasse na minha mente e eu levasse a fundo, qual seria meu final? Hahahaha!

Beijos!




Thais Teixeira, disse: - 22-01-2013 (13:46)

Eu fiquei curiosa! Já vi essa capa em vários lugares e imaginava algo diferente Jeh!! Eu sou muito sonhadora, acho que o livro me agradaria, mesmo eu sabendo que a vida não é um sonho e que eu preciso mudar esse meu jeito sonhadora, mas enfim, vou por na minha listinha!!

xoxo
http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Aaah Thais, então leia esse livro urgente porque ele tem uma dose de sonhos muito alta!! Hehehe, é uma delícia sabe? A gente percebe que as coisas que acontecem no livro não rolam na vida real – quem dera eu tivesse a chance de roubar algumas joias, hahahaha.

Enfim, espero que tenha uma ótima leitura e não esqueça de me contar o que achou!
;)

Beijos!




Juh Claro, disse: - 22-01-2013 (13:57)

Jeh, ACHO que essa é a primeira resenha sua que leio… Não lembro agora, mas, dels, AMEI! Primeiramente, você escreve muito bem e conseguiu passar tudinho do livro em um post um tanto quanto grande que eu li rapidamente e nem percebi! Parabéns, de verdade.

Segundo, adorei a história, parece ser super engraçada! A Bertrand normalmente traz ótimas histórias (vide Marian Keyes, né <3). Já tá na minha wishlist :)

Beijos.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Juh!!
Tudo bem?? Nossa, como fico feliz em saber que a resenha te agradou tanto! Eu adoro posts que, por mais que sejam grandes, a gente consegue devorar de tão bem escrito! \o
Fico hiper feliz que isso aconteceu com você!

Se ler o livro, me conta o que achou hein? ;)

Beijinhos!




Amanda Faustino, disse: - 22-01-2013 (20:37)

Eu achei a ideia desse livro muito legal. Nunca li nada dessa autora, mas tenho vontade.

Beijos,
Mandi – Book and Cupcake.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

*-*

Espero que tenha a oportunidade de ler algum livro da Carmen, flor! E se ler qualquer outro além desse, me conta se é bom?

Beijos!




Bia Medeiros, disse: - 22-01-2013 (23:17)

Oi Jeh! Que resenha maravilhosa! Parece que você realmente entrou no mundo do livro, em NY, uma narradora-observadora, e bem observadora rs E que me deixou com uma pulga atrás da orelha pra saber o final do livro. Já vou colocar ele na minha wishlist e comprá-lo o quanto antes! Afinal, não é todo dia que temos a oportunidade de ler um livro com uma história tao diferente como essa. Daria um bom filme, eu acho. Beijos :*

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Bia!!

Hehehe que bom que você gostou da resenha! Nossa, eu achei que a autora ia criar uma história bem sem noção mas ela conseguiu me prender, apesar de sentir falta de algumas coisas importantes em chick lits… hehehe!
Espero que você goste da leitura e depois me conta o que achou! ;**




Quequel, disse: - 23-01-2013 (13:01)

Livro com surpresas, adoroooo ! rsrs
Nossa que resenha fácil de ler Amiga, nem senti!
Amei, amei… a foto.. sempre criativa né?
Bjinsssssssssssssssss

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Hehehe, que bom que gostou da resenha Quel! Senti falta de algumas coisas, outras deixaram a desejar mas de modo geral é gostoso!

Beijos!




Biih, disse: - 23-01-2013 (14:24)

Olá, Jeh! Tudo bem?
A trama parece ser bem interessante, mas fiquei um pouco decepcionada ao saber que não há um personagem masculino interessante – que é comum nesse gênero de livro.
Gostei da resenha! :)
Beijos!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Bih, tudo bem e você??

Pois é, senti muita falta de um personagem que me conquistasse, me fizesse marcar mil quotes de declarações e falas fofas mas não rolou… :x
Mas o livro é bom, de um modo geral!

Beijos!




Aninha Frazao, disse: - 23-01-2013 (15:08)

Nossa, eu não fazia idéia de como era esse livro!
Li um livro da Carmen Read, o “Uma cama para três” faz algum tempo, mas não curti, e fico com um pé atrás em ler outro, sabe?
Mas adoro chick-lit e daria uma chance para esse livro!
As capas com a menina com o braço para cima são lindas, mas até que a versão brasileira é legal tb!
Vamos esperar o preço baixar e qm sabe um dia eu não compre haha

beijos,
Aninha
True-Insights
http://true-insights.net/

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Aninha!
Poxa, e eu quero dar uma chance para “Uma cama para três”, gostei da sinopse! Mas como esse livro quase nunca entra em promoção, o jeito é esperar… hehehehe!

Espero que goste da leitura e compartilhe conosco sua opinião!
=*




Bruna, disse: - 24-01-2013 (18:08)

Olá Jeh *-*
Eu amo chick lits podem ser até previsíveis, mas amo porque são quase sempre divertidos e leves.
É difícil dizer qual seria a vida perfeita, cada um tem uma visão e com o passar do tempo os gostos mudam. Mas por agora com meus dezoito anos acho que a vida perfeita seria me realizar profissionalmente, encontrar um grande amor e ser feliz acima de tudo.
Beijos!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Bruna, tudo bem??
Eu também AMO chick lits, adoro leituras que me descontraem, me deixam mais leves e, no final, me ensinam alguma coisa…

A minha vida perfeita seria ter uma ótima saúde mental, conciliar vida profissional + pessoal + amorosa! Eita, tô querendo demais né?? Hehehehe!

Beijos!




Bruna, disse: - 25-01-2013 (09:06)

Eu esqueci de avisar que tem um meme pra você lá no blog http://docetimidez.blogspot.co.....oisas.html

Beijos!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

*-*

Que linda!! Muito obrigada flor!! Vou comentar no post e participar também!!
Bom final de semana!
;*




Ju Oliveira, disse: - 25-01-2013 (12:38)

Oi Jeh!
Nossa ,quanto tempo não aparecia aqui no seu cantinho, já estava com saudades ;)
Adorei sua resenha, tbm me diverti muito lendo esse livro e confesso que me surpreendi positivamente com ele.
Adorei as fotos no post.
E sem mencionar que está tudo muito lindo e delicado por aqui, como sempre neh hehe.
Beijos querida ?

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Ju!!
Menina, sinto muito a sua falta viu!! Aliás, sinto falta dos tempos em que blogar era mais fácil, a gente tinha tempo de segiur e comentar todos os blogs que gostamos. Agora parece que os dias não têm 24 horas, né?? Ou eu que preciso me organizar melhor… =(

Iupi, fico super feliz que tenha gostado da resenha e do livro! Me diz, você gostou do detetive Jack ou ele passou meio sem graça pra você também?

Obrigada pelo enorme carinho!
Fique com Deus e ótimo final de semana!
;*




Bruna Maranhão, disse: - 26-01-2013 (13:17)

Adorei a sinopse da história, ela parece ser super leve e divertida. Em relação a pergunta, eu acho que é um pouco complicado, mas a primeira coisa para mim em uma vida perfeita seria ter mais tempo, porque 24 horas não são o suficientes para fazer tudo o que eu quero e no resto acredito que com mais tempo eu conseguiria. ; )
Beijos,

Segredo de um Mundo

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Bruna!!
Ah sim, é bem leve e a personagem Em é MUITO ENGRAÇADA! Das três, é a mais divertida. Tem um equilíbrio legal na personalidade das irmãs, o que torna cada uma essencial na história!

Nossa, eu comentei agorinha com uma amiga: acho que nossos dias não têm mais 24 horas porque está voando!! o.O
Eu quero muito restaurar minha saúde (principalmente mental) e conseguir um emprego bom, que me permita conciliar a vida pessoal e amorosa!
*Acho que é querer demais, mas não custa tentar*

Beijos!




Carolina, disse: - 26-01-2013 (20:47)

Concordo com você sobre a primeira pessoa em chick-lits. Quero muito ler esse livro.
As fotos ficaram lindas!

Beijo

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Carol!!

Então, eu achei que a Carmen deu muita ênfase na personagem Amber e seria legal, então, usar primeira pessoa. Mas enfim, espero que goste da leitura e depois me conte o que achou!

Obrigada pelo carinho!
*-*
Beijos ;*




Ane Reis, disse: - 27-01-2013 (16:26)

Oie Jeh!

Eu já tinha visto algumas resenhas desse livro, mas confesso que não tenho muito curiosidade em ler ele não.

A história parece ser legal tudo, mas para um pouco “futil” demais rs…

Olha no momento eu só quero conseguir um emprego que eu ganhe um pouco mais para ajudar a minha mãe e colocar alguns planos em andamento.

bjinhos e uma ótima semana!
;***
anereis.
mydearlibrary | bookreviews • music • culture
@mydearlibrary

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Ane!!
Pois é, eu fiquei super curiosa porque três mulheres roubando uma loja de jóias, eu precisava saber no que ia dar. A ideia em si é boa, alguns momentos foram muito legais mas senti falta de aspectos importantes no chick lit… =(
Quero ler outros livros da Carmen pra saber se ela segue essa linha de escrita ou se foi apenas neste livro!

Hum, pra mim agora é primordial focar a saúde mental (rs), conseguir um emprego e conciliar minha vida profissional com a pessoal e familiar (ter minha família, casar e tal…)

Beijos!




Jayane, disse: - 27-01-2013 (17:51)

Eu super quero ler esse livro,já li varias resenhas,mais só 3 estrelas ja me deixa em duvida,não tem personagem masculino que chame atenção de um modo geral em uma historia de chick-lits não tem graça.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Jay!!
Poxa, que bom que ficou com vontade de lê-lo! Pois é, a história em si é bacana mas alguns pontos deixaram a desejar… Eu senti falta né, mas de repente pode ser bem melhor pra você! Se tiver a oportunidade de lê-lo, aproveite mesmo assim!

Beijos!




Felipe Santos, disse: - 30-01-2013 (13:02)

Dizem que a capa desse livro, pessoalmente, é muito mais bonita do que já. Confirma isso, Jeh? Adoro as fotos que você coloca em suas resenhas, são muito boas. De verdade. Não conhecia muito bem o livro, mas acho que deve ser um romance meio feminino (não que literatura tenha sexo, mas…), entretanto, gosto de ler livros com linguagem leve. Esse parece um deles.
Beijos!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Lipe, tudo bem?
Essa capa realmente é bonita, mas não é A MAIS BONITA, hhahaha. Não sei se respondi sua pergunta, mas é bonita sim! Que bom que gostou das fotos, hehehe. Adoro tirar fotos, espero desenvolver melhor esse hobby! \o
Sim, não vou mentir pra você, o livro é mais feminino porque a história gira em torno das três irmãs, roubo de joias e tal. Mesmo tendo alguns personagens masculinos, eles são relevantes, no caso. Hehehe!

Beijos!




VANNESSA QUEIROS, disse: - 06-02-2013 (19:17)

Oi,maravilhoso o post,uma ótima dica de leitura leve,agradável e divertida
Com certeza essas irmãs saíram do Texas para aprontar em Manhattan,esse plano de roubar as jóias foi muito maluco,cada irmã tem uma personalidade,o que será que vai acontecer e o policial Jack vai se envolver com a Amber?
Essa história vai render muita confusão, aventura,romance…
As capas são bonitas,gostei do efeito das jóias em cima do livro!


Fernanda, disse: - 19-02-2013 (07:25)

Adorei a resenha do livro, estou louca para ir na livraria procurar esse livro para comprar, obrigada pela dica.
beijos


@blogdimoca no Instagram!

Di Moça :: Colecionando sonhos e palavras! - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2015 - Ilustração por Juliana Rabelo