categoria2 category image

Como eu era antes de você :: Jojo Moyes

02 . outubro . 2013

Durante esse tempo out do blog, tive a oportunidade de ler alguns livros para resenhá-los aqui. A maioria já estava na fila, só me aguardando para o momento definido. Mas, há um bom tempo (na verdade, desde que o livro foi lançado) eu estava curiosíssima para ler o último lançamento da Jojo Moyes aqui no Brasil, pela Intrínseca: Como eu era antes de você.
Não é novidade que eu amei o enredo e narrativa da escritora no livro A última carta de amor, mas não esperava me emocionar tanto com uma história tão exuberante, em todos os aspectos.
Thank you, jojo.

Como eu era antes de você (The Girl You Left Behind)
Autora: Jojo Moyes
Páginas: 320
Editora: Intrínseca

* Livro enviado pela editora como cortesia.

Sinopse:

Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento.

O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro. Como eu era antes de você é uma história de amor e uma história de família, mas acima de tudo é uma história sobre a coragem e o esforço necessários para retomar a vida quando tudo parece acabado.

Créditos: Skoob

“Eu tinha vinte e seis anos e não sabia muito bem quem eu era.”

Como é complicado escrever sobre um livro que te fez acordar para uma outra (possível) realidade. Vocês, blogueiros e resenhistas, também passam por isso? Ao invés de ficar mais prático, eu enfrento mais dificuldades para me expressar em palavras, sem parecer clichê, exagerada/dramática ou mentirosa. Não que eu seja uma completa moralista mas, dessa vez, fiquei alguns dias absorta nas falas e ideias inseridas pela Jojo no contexto do livro.

Louisa Clark é uma menina-mulher de quase vinte e seis anos que acaba de perder o seu emprego no The Buttered Bun. O ano é 2009 e Louisa não está com muita sorte, já que sua família depende (quase) exclusivamente do salário dela para (sobre)viver. Treena ganhava quase nada na floricultura; a mãe não podia trabalhar, pois tinha de cuidar do vovô – e a pensão dele era mínima-, e o pai estava sempre tenso em relação a seu emprego na fábrica de móveis. Ou seja, dá-lhe Lou!
Por coincidência (ou destino), surge uma vaga de “cuidadora assistente” no centro de empregos. Não tem nada a ver com idosos. Mas é uma vaga… confidencial. Para ajudar na casa de alguém e, para sua sorte, o endereço ficava a menos de três quilômetros de sua casa.

William Traynor é um homem de trinta e cinco anos que sofreu um acidente de transito em 2007. Ele precisa de cuidados intensivos, que são, em grande parte, realizados por um enfermeiro treinado (apresento-lhes Nathan). Seu trabalho como cuidadora é estar no anexo da casa durante o dia para fazer companhia a ele (digo, Will), ajudá-lo a comer e beber, e geralmente, garantir que ele não vá se machucar.
A oportunidade veio no momento certo mas Lou nunca teve uma entrevista de trabalho de verdade. E o que, afinal, se pergunta numa entrevista de emprego? E se fizessem um teste prático, como lhe dar comida, ou um banho, ou algo assim? Claro que Camilla Traynor, mãe de Will, não estava nem um pouco interessada nesses detalhes. O mais importante era “ficar de olho em Will o tempo todo”. E a sra. Traynor reiterou que é muito importante que Will esteja sempre acompanhado. Pelo descuido da cuidadora anterior, Will… se machucou durante sua ausência.

“- Will, nunca passou pela sua cabeça que, por incrível que pareça, tudo isso pode não se tratar apenas de você?”

Ao começar o seu trabalho como tal “cuidadora assistente”, Lou enfrenta muitos problemas com Will. Além de ser um homem totalmente seco, seus comentários ácidos (e ao mesmo tempo irônicos) deixa qualquer um louco, inclusive o leitor. A função de Lou passa de apenas acompanhar o homem, mas faxinar o anexo e suportar o mau humor constante de Will. Ele possuía a habilidade de distorcer quase todas as palavras ou ações de Lou, fazendo-a parecer uma idiota. Isso não é irritante para qualquer um?
Os dias vão passando, o progresso no trabalho de Lou é minimamente visível até que ela descobre o verdadeiro motivo de sua função na Granta House.
E isso vocês só vão saber lendo o livro, ok? ;)
Desesperada para ajudar Will a mudar de ideia o mais rápido possível, Lou procura todos os meios de mostrar à Will que a vida vale a pena, independente da situação. A partir de um plano quase impossível (aos olhos de Nathan, Camilla e Steven, pai de Will) Lou vai tentar preencher os pequenos retângulos brancos de um calendário com um monte de coisas que pudessem causar felicidade, alegria, satisfação ou prazer para Will. Tinha de preencher os dias com todas as experiências incríveis que um homem que não mexia os braços nem as pernas não podia mais realizar sozinho. Em apenas quatro meses, ela marcaria passeios viagens, visitas, almoços e concertos.

Olá, sou amiga e cuidadora de um tetraplégico de trinta e cinco anos, com lesão em C4 e C5. Ele era muito bem-sucedido e dinâmico em sua vida anterior e está tendo dificuldades para se adaptar à nova realidade. Na verdade, sei que ele não quer mais viver e estou tentando pensar em maneiras de fazê-lo mudar de ideia. Alguém pode, por favor, me dizer como posso fazer isso? Alguma ideia de coisas de que ele possa gostar, ou meios de eu conseguir fazer com que ele pense de maneira diferente? Todas as opiniões são bem-vindas.

A partir daí vocês precisam ler este livro e conhecer a intensidade e profundidade que a Jojo Moyes nos agarra. De um jeito espetacular, pude me envolver de coração aberto com a situação difícil para ambos os personagens. Além de Lou ter que lidar com um homem super ácido, tem sua família que depende deste emprego, seu namorado Patrick, que na verdade só pensa em maratonas de triatlo e dietas com carboidrato zero para participar de corridas.

Já Will, além de lidar com uma cuidadora assistente cheia de boas intenções e meio boba, de início, terá que engolir a notícia do casamento de sua ex-namorada com o seu ex-sócio. Manter seus objetivos previamente planejados encaminhados, sem qualquer descuido ou arrependimento. E nesse momento, Lou e Will compartilharão o incentivo e alívio nos momentos que passaram juntos.

“- Você só vive uma vez. É sua obrigação aproveitar a vida da melhor forma possível.”

Jojo Moyes nos leva a conhecer a vida de um tetraplégico através dos cuidados e da rotina da vida de Lou em seu novo emprego. Como todo cadeirante, experimentaremos as dificuldades e as novas condições de um homem totalmente ativo para uma vida condoída.
Apesar de o livro ter um toque meio melodramático, Jojo consegue nos prender em todos os capítulos com a narrativa de Lou. Em alguns capítulos, a autora modificou o foco de personagem, o que tornou a leitura mais impactante. Uma característica que observei durante a leitura é a citação da cidade e do país em que a história se passa. A autora manteve, grande parte do foco, na Granta House e no castelo que atua como ponto turístico na cidade.
E, fique tranquilo, que você não vai apenas chorar. Jojo Moyes nos trouxe muitos momentos hilários entre Will e Lou. A primeira tentativa de levar Will para fora do anexo me fez rir demais. Impossível não querer invadir a história e se sentir parte dela.

Mais que recomendado, o livro é obrigatório para quem ama aprender com a vida, as dificuldades e as tragédias na vida dos personagens, tão próximos à nossa realidade que nos surpreende e nos emociona.
Beijos di moça!

Jojo Moyes

Jojo Moyes nasceu em 1969 e cresceu em Londres, no Reino Unido. Estudou jornalismo e foi correspondente do jornal The Independent até 2002, quando publicou o seu primeiro romance, Sheltering Rain, e resolveu dedicar-se à escrita a tempo inteiro.


Site da autora | Blog da Intrínseca


• Hey! Deixe um comentário aqui •

• Temos 60 comentários nesta postagem" •

camila lacerda, disse: - 02-10-2013 (12:32)

Jeh, que cachorrinho(a) mais lindo(a),rsrs macho ou fêmea?rs
Eu quero muito ler ele, vamos vr quando vou conseguir comprar =D

http://chadecalmila.com

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

É uma lhasa, Mila! Coisa mais linda desse mundo. O nome dela é Julieta! Hihihi, mas já tem dona e logo vai pra casinha dela, ai que dor no coração!

A leitura tá mais que recomendada viu! Obrigatória! \o/
Beijos!




Barbara Sá, disse: - 02-10-2013 (12:39)

Também sofri muito na hora de escrever essa resenha. Eu sabia tudo o que senti com a história, mas não conseguia colocar para fora.
Acheo Louisa maravilhosa. Uma das melhores protagonistas que já vi. E o Will? Nossa… Com o passar do tempo ele ficou tão amável e perfeito.
Aquele final me destruiu, mas me fez pensar em muitas coisas.
Definitivamente meu livro favorito, principalmente por tudo o que ele me fez pensar.
Amei sua resenha :)

Beijocas,
http://www.segredosentreamigas.com.br

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Eu também achei a Lou maravilhosa! Nem acreditei que, depois de tanto tempo, encontrei uma personagem decente, super bacana e sem ser idiota! \o/
Eu amei a cena do casamento, sabe?? Ai flor, chorei tanto!! :x

Beijos!




Bruna, disse: - 02-10-2013 (12:42)

Eu acho as capas dos livros dela super fofas… mas achei a história bem interessante, e é bom quando um livro nos traz uma mensagem importante para a nossa vida em si.

Beijo Jé!!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Florzinha, a capa desse livro é linda mas não consegue transmitir a intensidade da história! Muito lindo, encantador, impactante e sem ser melado de doce, sabe? Espero que goste!
Beijos!




Vivi Blood, disse: - 02-10-2013 (13:08)

Esse livro é uma obra prima. um livro que me marcou muito, é tão intenso que fiquei de ressaca literária por vários dias. De forma simples e contundente a autora escreve sobre amor, amizade, dedicação e perda como nunca li antes. Amei sua resenha Jeh, muito bem estruturada e acabei com vontade de reler o livro.
Beijão.

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Ai que bom que alguém gostou tanto do livro como eu!!
Fiquei com um nó na garganta o tempo todo, Vivi! Ok, quase o tempo todo. A partir do momento que a Lou descobre sua verdadeira função e os objetivos de Will, nossa, fiquei com aquele aperto no coração! Eu entendi a opinião dos dois, fiquei dividida sabe? Ao mesmo tempo que concordava com ela, concordava também com ele, hehehe!
Um dos melhores de 2013, com certeza!
Beijos!




Gabriela, disse: - 02-10-2013 (13:26)

Oii
Eu conhecia esse livro “pela capa”, mas ele não tinha me chamado atenção. Parece que sempre perco boas historias por causa desse meu descaso, hahaha.
Eu gostei bastante do que você escreveu sobre o livro, acho que vou gostar também.

E sobre o início, quando você diz que quando um livro é muito bom, você não consegue se expressar…. Eu me sinto assim também. <3 Parece que todas as palavras não são suficientes, parece que as pessoas não vão entender o quanto o livro é maravilhoso, haha.
Você tem um blog muito fofo. É aconchegante =)

Falei demais, ops.
Beijo ;**

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Sério Gabi? Pela capa confesso que não dá pra imaginar a profundidade do tema abordado no livro. É lindo demais, fiquei com um nó na garganta e no coração!! Os personagens são lindos demais, cada um com seu ponto de vista respeitáveis!

Beijinhos flor, seja sempre bem vinda!
:*




Nessa, disse: - 02-10-2013 (15:39)

Oi Jeh!

Menina, eu li este livro este ano, achei ele fantástico, lindo e emocionante. Vale apena ler né?
Adorei sua resenha e as fotos ficaram lindas!!

Beijinhos*

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Eu fiquei com um nó na garganta o tempo todo Nessa, principalmente quando a Lou soube a verdadeira função dela no serviço. Sabe a cena que eles dançam no casamento? Chorei muito!
Sensacional!
Beijos!




Jaira Costa, disse: - 02-10-2013 (16:23)

oi flor
eu tenho o primeiro livro dessa autora, e já li….gostei bastante….pretendo ler esse, dizem que é mesmo ótimo e pelo jeito vc gostou bastante….. o outro dela me fez pensar muito na vida, e esse parece ser no mesmo estilo, achei a capa dele bem fofa, assim toda rosinha e tal.

menina esse cachorro (a) é fofa (o) ^__^

bjiss

Jaira

Livros e Versos

http://www.livroseversos.com

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

“A última carta de amor” eu AMEI Jaira! Esse tem uma história e jeitinho de contar diferente, não segue o mesmo padrão como os do Nicholas Sparks, sabe? Eu gostei MUITO, um dos melhores de 2013 com certeza!
Essa lhasa é a Julieta, já tem dona e não quero me separar dela… como faço? :x
Beijos!




Raquel Moritz, disse: - 02-10-2013 (16:41)

Aiii eu vi no teu instagram que tu tava lendo o livro e (como todo mundo me disse tbm) que é lindo!!! Ganhei de aniversário, preciso ler ele logo. Adoro chorar em livro, hauehaeuauhhue. Mas é ótimo saber que vou dar risada também. Tem que ter um balanço, né? :B

PS: ADOREI a foto com as luzes em cima do livro aberto.

Beijo, lindona!!!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Aaah sério que você tem o livro e ainda não leu Quel? Poxa, tenta passá-lo na frente da listinha!
\o
Will tem um humor muito ácido que só me divertiu! Claro, você não vai gargalhar super alto (eu acho) mas é ótimo!!

Beijos!




Daniela Farias, disse: - 02-10-2013 (18:10)

Pareceu ser muito boa essa história. Faz um tempinho que estou atrás de livros da Jojo Moyes para ler.
Adorei a resenha Jeh!
Beijos!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Nossa Dani, é maravilhoso! Acho que já sou suspeita pra falar dos livros da Jojo porque AMEI “A última carta de amor”!
:*




Paula Fonseca, disse: - 02-10-2013 (18:17)

Aiiii, amei a resenha, Jeh.
Li e também amei o livro. Ele é de uma profundidade emocionante. Super recomendado mesmo.
Beijos

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Nossa, eu fiquei com um nó entalado no coração por um tempão! Me apaixonei pela cena que a Lou e o Will dançam no casamento, sabe?
#emocionada
Beijos!




Juliana Faria, disse: - 02-10-2013 (18:17)

Ah amei a resenha, o livro parece ser incrível. Entrou para minha listinha de livros que quero ler. E ainda mais que a capa é linda ?
Parabéns pelo Blog Jeh, cada vez mais lindo ?

Beijinhos,

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Juju, sua linda, tenho certeza que você vai se apaixonar pela história!!
Depois me conta o que achou?? *-*
Obrigada pelo carinho!
Beijos!




Quequel, disse: - 02-10-2013 (18:57)

Amiga nem amou a historia em !
Eu estou lendo o outro que citou aqui e já tenho essa aqui na estante esperando para ser lido.
Bjinssss

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Quel, tenho certeza que você vai amar!
Ele é tão tocante, mas sem ser melequento de doce, sabe?
Você vai curtir!
Beijos!




Anna Schermak, disse: - 02-10-2013 (19:13)

Lindona, tem um problema, não consigo ler a resenha pq aquela coisa mais linda do mundo em forma de cachorro está me seduzindo e só quero olhar ele O.O

#comofaz?

Beijos, estou com saudades jéh!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Aahahahaha rindo muito aqui Anninha!
Essa coisinha linda é a Julieta, uma lhasa! Super fofa né? Pena que já tem doninha, quero ficar com ela pra sempre, tão boazinha… :x

Saudadonas!
:*




Heloisa, disse: - 02-10-2013 (19:58)

Adorei a resenha e fiquei morrendo de vontade de ler, já coloquei na minha lista de desejos. :)

Beijos Jeh!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Eba eba!!! Se puder, leia sim Helo, tenho certeza que você vai amar! Coloque ele na frente da sua lista de desejos e tá tudo certo, hehehe!
:*




Priscila, disse: - 02-10-2013 (22:31)

Amei a resenha, e fiquei com muita vontade de ler, se já tinha ficado empolgada com a sinopse, agora mal posso esperar pra ler!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Obrigada Pri!
\o
Fico tão feliz quando as resenhas no Di Moça deixam os leitores animados pra lerem os livros!
Obrigada viu, espero que tenha uma ótima leitura!
Beijos!




Robson, disse: - 02-10-2013 (22:33)

Jé, eu estou totalmente louco por esse livro! Sua resenha me fez ter mais vontade ainda de ler ele! Parabéns <3

Robs – http://www.perdidoempalavras.com/

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Robson, leia urgentemente porque ele é lindo! Cada cena mais linda que a outra! A narrativa pelo ponto de vista da personagem Lou é incrível!
Beijos!




Ane Reis, disse: - 02-10-2013 (23:00)

Oie Jeh =)

Sou doida para ler os livros dessa autora. Eles parecem ter aquela narrativa, doce e comovente que nos deixa apaixonada pela história.

Preciso dar um jeito de ler esse livro logo rs…

Beijos;***

Ane Reis.
mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias…
@mydearlibrary

PS: Estou apaixonada pelo seu dog *_____________* coisa mais fofa parece um bicho de pelucia!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Aaah Ane, tenho certeza que você vai amar! Se puder, compre os dois porque são histórias bem diferentes, não segue um padrão como os do Nicholas, por exemplo!
=D
Beijos!




Yassui Fortes, disse: - 03-10-2013 (06:51)

Só pela resenha me encantei com a estória. Parabéns pela resenha está linda!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Eba!! Obrigada Yassui! Se tiver a oportunidade, leia viu, você vai amar!
Beijinhos!




Daniela, disse: - 03-10-2013 (07:23)

Eu nem acredito que finalmente terei a oportunidade de ler este livro (obrigada pela promo Saraiva!).
Os livros da Jojo sempre são muito elogiados e eles têm uns títulos tão românticos (síndrome de Laura do Carrossel, haha).
Adorei a resenha Jeh, ficou ótima!
E essa coisinha fofa na foto com o livro? *-*
Pode morder e trazer pra casa (pra morder de novo?)

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Eba eba!!! Que bom Dani, fico super feliz que tenha comprado, tenho certeza que você vai amar! Aproveita pra ler “A última carta de amor”, dela também, porque é MARA!!

Essa coisa fofinha (Julieta) já tem dona… =( daqui uns dias ela tá indo pra nova casinha dela…
Beijos gatona!!




Nanda, disse: - 03-10-2013 (09:02)

Ei Jeh,

Ah eu ainda não li nada da autora, eu tinha comprado o outro das cartas de amor rs, mas dei para uma amiga de presente e não comprei ainda de novo rsrsrs. Este eu quero ler mais q o outro, acho que vou comprar é ele rs. Adorei a resenha. :)
bjs

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Aaahh mentira Nandinha!! Por favor, leia e leia!! “A última carta de amor” eu achei mais dramático, mais “ai que injustiça”, sabe? Esse é muito lindo, a gente simplesmente só pode aceitar a opinião de cada personagem sobre um assunto de vida e morte…
Depois me conta o que achou!!
:*




Mar, disse: - 03-10-2013 (09:11)

Jeh que foto mais linda é essa dos pisca-piscas ?
Lindíssima…
*O*

Mar Paschoal
http://www.Imaginayre.com.br

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Eu comprei esses piscas, aproveitando que o Natal está chegando, ahahahaha!
Que bom que gostou Mar, lindona!
;*




Tati Munhoz, disse: - 03-10-2013 (10:24)

ain, tenho muita vontade de ler esse livro e não só por causa dessa capa linda! hahaha!
Adorei a resenha, mesmo! ;)
parabéns!
besitos! :*

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Leia Tati, por favor, leia! Tenho certeza que você vai ficar com, pelo menos, um nó no coração de tanta emoção!
Beijos!




Mari, disse: - 03-10-2013 (11:37)

Ah, eu fiquei com muita vontade de ler! ?
A história parece mesmo linda!

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Mari, tenho certeza que você vai amar!
Leia, leia e leia!!
Depois me conta o que achou, tá??
:*




Carolina, disse: - 03-10-2013 (13:28)

Oi, Jeh! Tudo bom? Muito tempo que não visito aqui! Layout lindo, como sempre!

Apesar de ter achado o livro lindamente emocionante,não cheguei a chorar. A história é incrivel, os personagens são cativantes e a autora soube onde se aprofundar e fez uma maravilhosa apresentação dos personagens.
Realmente um livro maravilhoso!

Beijão

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Oi Carol!
Pois é, mas eu te perdoo tá? Hahaha, brincadeira, eu também estou sumidaça do Sun Rises Here e peço mil desculpas! Estou tentando me atualizar essa semana e logo te visito viu!

Nossa, eu amei esse livro Carol! Sabe aquela cena em que os personagens dançam no casamento? Ai cara, chorei tanto! Eu amei o Will porque o humor ácido que afeta as pessoas ao redor dele me fez rir muito!

Beijos!




Elisangela, disse: - 03-10-2013 (13:52)

Oi Jeh!
Que enredo fantástico! Eu li A última carta de amor e gostei muito, mas não me apeguei tanto ao enredo, vi uma história bonita apenas. Agora esse parece ser daqueles que se carrega pra toda vida. Adorei a resenha.

P.S. Que cachorro/a lindo/a *-*

Beijos

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Eli, eu AMEI “A última carta de amor”, achei incrível e fiquei com tanta raiva do destino, hehehe!
Eu me apaixonei. Nesse livro a história é incrível porque temos duas opiniões diferentes sobre a vida que a gente não tem como ficar com raiva dos personagens, a gente só consegue ler e aceitar os fatos. Eu tenho certeza que você vai se apaixonar, leia leia por favor! \o
Beijos!




Jessica, disse: - 03-10-2013 (17:21)

Menina, QUE RESENHA! Sério, eu já estava preparando a minha, mas irei refazê-la agora que li a sua, além de saber muito sobre o livro, ainda aprendi a resenhar! \õ Di Moça é cultura! hehe
Eu comprei esse livro pra minha amiga no aniversario dela e acredito que ela ainda nao leu =/
Estou querendo comprá-lo, mas nao agora, estou com tantos na frente =/ ~nosso mal né?
http://www.valeuapenaesperar.com/

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Aaainn Je, que comentário lindo e gostoso! Impossível não se sentir animada para continuar a blogar e resenhar! Olha que foi difícil falar de um livro que mexeu tanto comigo! Um dos melhores de 2013! \o/
Eu tenho certeza que você vai gostar, compre o seu por favorzinho, e depois me conte!
:*




Larissa Mirandah, disse: - 03-10-2013 (21:31)

Não esperava ler uma resenha assim sobre esse livro, não sei o motivo certo, mas eu nunca imaginaria que ele pudesse ser tão bom, eu sequer havia lido a sinopse dele, e agora eu estou desejando arduamente tê-lo aqui e acabar passando ele na frente da fila de leitura. Eu adoro uma leitura assim, mais real, acho que as vezes eu passo muito tempo no mundo sobrenatural, cheia de fantasias e criaturas diferentes, que esse choque com a realidade é meio gritante, meio doloroso, eu gosto disso, e pelo que eu senti na sua resenha é que é um livro meio leve, mas cheio desses momentos dolorosos, fofos e hilários. Eu ainda não sei bem explicar o que fez com que eu gostasse tanto dessa resenha, mas você me deixou mais leve, tranquila e querendo muito esse livro, estranho né? Resenha linda, simplesmente!
Beijos

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Que comentário fantástico Lari, meu Deus, fiquei nas nuvens! Porque é um desafio muito grande escrever sobre um livro que você tanto gostou! Pra mim, é um dos melhores de 2013!

Ele é super impactante Lari! E sabe aquele livro que você consegue entender o motivo e a decisão de ambos os personagens? Ai que situação menina, fiquei com um aperto no coração mas me diverti e me encantei com o desenvolver da história!

Torço que você goste!




Fernando, disse: - 03-10-2013 (23:04)

Olá Jeh
Este livro é simplesmente maravilhoso, fiquei fã da autora depois de conhecer esta sua obra. Já indiquei para a namorada e a irmã e todas amaram e choraram muito.

Estou seguindo seu blog para acompanhar as atualizações e sempre que puder fazer uma visita.
Abraços

http://reaprendendoaartedaleitura.blogspot.com.br/

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Nossa Fernando, eu AMO Jojo Moyes! O primeiro que li foi “A última carta de amor” e, nossa, que tenso gente! Fiquei agoniada com aquelas reviravoltas e que destino mais pé no saco!

Esse me deixou estupefata, com um soluço na garganta, engolindo em seco e querendo mudar a cabeça de Will, torcendo pela vida e pela esperança, mas… enfim!

Obrigada pelo carinho, vou visitar seu blog também!
:*




Polly, disse: - 09-10-2013 (12:29)

Esta na minha lista a algum tempo, acho que vou pular ele na fila e ler logo.
P.S. Amo suas fotos Jeh…

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Aaah que bom Polly, porque vale a pena colocá-lo na frente!! Eu comprei na Bienal e não me arrependi de ter feito esse furinho na minha lista, hehehe!
Obrigada pelo carinho, saudades de você!
<3




Rafaela., disse: - 12-10-2013 (18:09)

Oi, Jeh! :)

Sempre fiquei com o pé atrás em ler esse livro, mas você apresentou tudo de forma tão meiga e chamativa que eu fiquei curiosa. Deve ser bem intenso, o tipo de livro para aprendermos com ele e tudo o mais.

Que cachorrinha mais linda! É um charme! *-*

Beijocas e bom final de semana!
http://artesaliteraria.blogspot.com.br

Jeh Asato Jeh Asato, respondeu:

Aah Rafa, eu super recomendo! Caso você tenha um coração meio endurecido de repente não vá se encantar com ele, mas tenho certeza que você vai, pelo menos, se apaixonar pela história!
Eu espero que goste mesmo do livro!
Beijos!




@blogdimoca no Instagram!

Di Moça :: Colecionando sonhos e palavras! - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2015 - Ilustração por Juliana Rabelo