categoria15 category image

Contagem regressiva para a Bienal e mudanças!

25 . agosto . 2013

Oi gente linda! Vim postar rapidinho para deixar alguns avisos para vocês e espero que entendam (e fiquem felizes como eu estou!).
Antes de falar sobre o título do post propriamente dito, preciso dizer que minha rotina mudou drasticamente há três semanas, mais ou menos. Em setembro eu explico com mais prioridade sobre essas mudanças e torço para que sejam definitivas! Estou gostando bastante dessa correria mas ainda não me acostumei totalmente. Por isso estou ausente do blog. O número de postagens reduziu drasticamente, as resenhas não vêm mais nas quartas-feiras mas é só até eu me adaptar com essa nova vida-real.

Com a Bienal chegando esta semana, a correria fica maior ainda! São tantas coisas para fazer, e que deixei para a última hora, que nem sei se vou dar conta de fazer tudo o que preciso.
Por exemplo, fui comprar minha mala para a viagem ontem (sábado) e quase não encontrei um modelo bacana e barato. Não tenho coragem de pagar mais de duzentos reais em uma mala e vê-la jogada às traças na esteira de bagagem (ai, que dó!). Então vocês conseguem visualizar meu corre-corre para encontrar uma mala com um preço menor que duzentos reais? Só por Deus…
Também não me programei para a Bienal, olha que bacana (-.-‘). Tenho alguns horários agendados mas tenho certeza que vão bater com outros eventos dentro da própria feira, que bagunça!
Algumas dúvidas ainda ficam na minha cabeça, por exemplo: estou com uma dúvida mortal se levo minha Nikon D7000 ou levo uma digital menor. A lente 18-55mm ou a 50mm? Parecem coisas idiotas mas tenho que relevar muitos tópicos como tamanho, peso, agilidade nas fotos e facilidade também! De repente eu levo essa baita câmera e não consigo boas fotos com vocês, blogueiros lindos-e-fofos! E agora, levo ou não levo?
Outra dúvida: não sei quais livros compensa levar para serem autografados. Ok, já sei que não vou enfrentar filas enormes por causa de um escritor famoso (sinto muito, benhês) por causa da minha síndrome do pânico mas também não custa tentar levar, né? O meu sketchbook com certeza vai comigo mas e os livros? Na minha primeira e última experiência na feira, levei muitos livros daqui e comprei muitos livros lá. Resultado: quase paguei excesso de bagagem, só por Deus.
Tantas coisas para decidir e fazer: cortar a franja, comprar créditos para o celular, pesquisar traslado do aeroporto até o hotel, pegar dinheiro para o transporte e alimentação, separar as roupas para viagem, fazer listinha de remédios e produtos de primeiros socorros, carregador de celular, carregador de câmera, mini tripé, fones de ouvido, chinelo (sim, dessa vez levarei um chinelo na bolsa porque cansa muito andar na Bienal!), livro pra me acompanhar durante a viagem, canetas/canetinhas, documentos de identificação e já me esqueci do resto, oh dear… 😡

O segundo aviso é que mudanças estão por vir! Finalmente o Di Moça terá um rostinho personalizado e espero que vocês fiquem tão felizes quanto eu estou! Por enquanto estou uma pilha de ansiedade! Tantas mudanças que achei que enlouqueceria mas por enquanto estou nos eixos! Então logo o Di Moça voltará com as postagens, resenhas (tenho vários livros para resenhar) e posts bem bacanas para vocês! Tenho certeza que essas mudanças serão para dar um up em mim e no blog!

Então é isso, pessoal! Quem for à Bienal nos dias 31 de agosto e 01 de setembro e quiser me conhecer (ówwn), deixem comentários aqui, vamos combinar de nos encontrarmos, a chance pode ser única, *-*!
Um beijo di moça com muito carinho e ótima semana!

categoria15 category image

Vou ali e já volto!

05 . agosto . 2013

Para quem acompanha as atualizações na Fanpage do blog viu que essa semana será um pouco bem diferente.

Eu confesso que não tenho dado conta de responder e comentar em todos os blogs que visitam o Di Moça. Com tantos posts (um por dia, praticamente) eu fico igual barata tonta sem saber por onde começar e terminar. E, talvez seja só comigo, o meu dia parece ter menos de 24h!
Por esse motivo, o Di Moça ficará essa semana todinha sem atualizações. Por quê? Só assim poderei me organizar e responder os comentários lindos aqui no blog. E depois visitar o blog de cada um de vocês!
Muito obrigada pelo carinho que vocês têm demonstrado pelo blog e por mim também! Saibam que esse sentimento é recíproco e super bem vindo! Se você comentou aqui no blog, aguarde, essa semana eu estarei te visitando! 😉

E que venham muitas mudanças (boas) aqui no blog!
Beijos di moça!

categoria15 category image

Di Moça estrea coluna “Estante” na Mood Life

25 . julho . 2013

Para quem (ainda) não me conhece, sou uma moça-mulher de 25 anos que sonha sonhos improváveis. Um deles é ter um feedback super bacana do Di Moça e torná-lo parte da minha renda mensal. Dez anos atrás isso seria tolice mas agora isso é possível, sim. Os blogs se tornaram um meio de comunicação e divulgação (marketing) viável. Mas esse não é o tema de hoje.
O que eu quero compartilhar com vocês é a maravilhosa notícia que recebi mês passado e foi concretizado neste. O blog Di Moça estreou a coluna Estante da revista Mood Life!

A Mood Life é um convite à uma vida com mais. Suas páginas apontam tendências, norteiam escolhas e antecipam imagens e produtos in. Uma publicação lida por gente que gosta de viver bem, que busca referência e se identifica com decoração, viagem, gadgets, arte, música, pele mais jovem, mente leve e corpo em dia.

Facebook | Site

A revista Mood Life encarou, com muito entusiamo, o novo projeto gráfico da revista. Com certeza deve ter sido um trabalho extenso e que exigiu noites com uma xícara de café ao lado para recompor as energias.

Nova tipologia, novos padrões de cores e diagramação. Mas não foi só visualmente que mudamos, agora, nas páginas da Mood Life, abordaremos temas empresariais, políticos, além de nossas tradicionais matérias de decoração, arquitetura, cultura, viagem e novidades em estilo, tecnologia e carros. Nosso time de colaboradores também ficou maior para trazer opiniões diversas sobre vários temas.

A partir destas mudanças, o Di Moça foi convidado exclusivamente para estrear a nova coluna da revista, Estante. Nesta coluna indicamos um livro, um CD e um filme para os leitores. Eu adorei participar da coluna, principalmente no que diz respeito a livros! Nós, amantes de livros e boas histórias, temos o maior prazer em indicar boas leituras, né? Tive um pouco de dificuldade para indicar um CD porque meus ouvidos estão em outros continentes, rs. Mas o resultado final ficou fantástico e estou boba até agora porque, pela primeira vez, pude compartilhar um pouco do que falo aqui em outro meio de comunicação!

E foi tão legal receber o exemplar em casa! Quando dei de cara com a Fafazinha no meu sofá, pulei em cima da revista, tirei do plástico e já fui vasculhando “onde estou, onde estou, onde estou…”. E, quando você olha sua foto e suas palavras realmente impressas em uma revista, ah, os olhos enchem de lágrimas! E eu fui mostrando para todo mundo aqui em casa (será que meu conceito subiu um pouco aqui?)! Meu pai veio nos visitar e, quando mostrei a revista, ele ficou todo orgulhoso! No outro dia pediu o exemplar emprestado para mostrar para os amigos que “a filha dele saiu na revista de Campo Grande -MS.”
Essas coisas podem parecer idiotas, fúteis ou só para me gabar mas quero dizer que, se você pensa de alguma dessas formas, por favor, entenda da forma certa. Estou compartilhando com vocês um pequeno passo que dei após anos tentando dá-lo. De todas as formas, de todos os ângulos, tenho tentado dar um passo. Para os blogueiros que me acompanham desde o Meine Liege, sabem das dificuldades que enfrentei e enfrento. Esse é um passo que jamais imaginei alcançar.

E eu só conquistei uma página de uma revista por causa de vocês! É, você mesmo que está lendo esse post neste exato momento. Se é a sua primeira vez no blog, muito obrigada! Você já faz parte desse processo comigo! Se você já veio várias vezes aqui, esse passo dado foi pensando em vocês que me apoiaram, me incentivaram, tiveram a maior paciência (tipo a paciência de Jó) comigo e com o blog!
Muito obrigada a todos vocês, que visitam, comentam, curtem, divulgam o blog para os amigos, vizinhos, parentes. Mil vezes, obrigada!


Sei que o momento é de alegria e comemoração, mas peloamordeDeus, eu sou só o fiapo da mandioca, credo!

Se você mora em Campo Grande (MS) e quiser prestigiar o trabalho de uma conterrânea, vá à banca mais próxima e adquira a sua Mood Life, edição 33!
Obrigada pelo carinho de todos vocês!! Sejam sempre bem vindos!
Um beijo di moça com faringite!

categoria15 category image

Caixinha de Correio (Julho 1)

22 . julho . 2013

O friozinho chegou aqui em Campo Grande para deixar muitos de nós preguiçosos e com vontade de ficar o tempo todo debaixo do edredom com um bom livro nas mãos! E para me fazer companhia nesse friozinho, recebemos (digo, o Di Moça e eu, rs) alguns livros e logo serão resenhados aqui mesmo! #feliz


Troquinha que fiz pelo Skoob Plus com a Mari (Beijinhos Mari! :*)


Simplesmente apaixonada pelo marcador do livro “A estrela mais brilhante do céu”! Meu primeiro marcador da Marian-diva-Keyes!


Estava louca por esse livro desde que assisti o filme (não me lembro quando :x)! Amei a nova edição e vocês?


Finalmente vou saber o por quê de tanto alvoroço por causa desse livro! *-* #curiosidademedefine


Morri de amores por essa capa/sinopse! Alguém já leu??


Desta vez conhecerei uma autora pela sua segunda série! Alguém recomenda PLL?


Kit super fofo que a Suma de Letras enviou com o livro A improvável jornada de Harold Fry!

Na caixinha:

Sociedade Secreta – Tom Dolby Esse foi um dos livros de troca no Skoob Plus que fiz com a Mari! Gostei bastante dessa troquinha mas não sei quando o lerei (tento dar preferências para os livros de cortesia).

Phoebe quer ser artista. Acaba de chegar a Nova York para viver com a mãe, uma renomada fotógrafa. Filho de uma das mais poderosas famílias de Manhattan, Nick não se interessa por seu legado. Sua vocação é organizar festas em clubes badalados.Lauren poderia ser apenas uma patricinha de Manhattan que sonha em trabalhar com moda, não fosse sua perspicácia e atitude despojada. Aspirante a cineasta, Patch acaba de saber que uma rede de TV quer transformar seu videoblog em um reality show. Eles são alunos da Chadwick School, uma das mais exclusivas de Nova York, e vivem em um mundo com o qual a maioria dos adolescentes apenas sonha. Mas depois que três deles recebem uma mensagem em seus celulares com um convite para fama e sucesso, suas vidas ficarão marcadas para sempre.

Elixir – Hillary Duff Quando eu fui pra Bienal do Livro em 2011 (no Rio de Janeiro, que foi tudo de bom, digo de passagem) o livro Elixir foi o maior sucesso por causa da visita da própria autora na feira. A partir daí fiquei interessada em ler também porque a história envolve uma garota que adora fotografia (alô, eu!). O segundo livro (Devoted) foi lançado pela iD.

Com seus dezessete anos, Clea Raymond vem sentindo o brilho dos holofotes desde que nasceu. Filha de um renomado cirurgião e uma importante política, ela se tornou uma talentosa fotojornalista, refugiando-se em um mundo que a permite viajar para diversos lugares exóticos. No entanto, após seu pai ter desaparecido em uma missão humanitária, Clea começa a perceber imagens sinistras e obscuras em suas fotos revelando um belo jovem — um homem que ela nunca viu antes. Quando o destino faz Clea se encontrar com esse homem, ela fica espantada pela conexão forte e instantânea que sente por ele. Conforme se aproximam e se envolvem no mistério do desaparecimento do pai de Clea, eles descobrem a verdade secular por trás dessa intensa ligação. Divididos por um amistoso triângulo amoroso e assombrados por um poderoso segredo que afeta seus destinos, eles embarcam em uma corrida contra o tempo para desvendar seus passados e salvar suas vidas – e seu futuro.

E se fosse verdade… – Marc Levy Apesar de ter outros livros do Marc na estante, será com este que começarei a jornada com o autor. Eu fiquei sabendo do livro quando assisti o filme (e não vice-versa). Estou super ansiosa e é a minha leitura atual! Espero gostar muito! Claro, não posso esquecer de comentar sobre essa nova capa maravilhosa, né? Parabéns Suma!

E se Fosse Verdade… é uma história repleta de romantismo e bom humor, ingredientes que cativaram Steven Spielberg, fazendo-o adquirir, por US$ 2 milhões, os direitos do livro para o cinema. Marc Levy viu seu romance de estreia se tornar um grande sucesso de bilheteria.
A história se passa em São Francisco, em julho de 1996. A jovem e bela Lauren, estudante de medicina, sofre um acidente de carro, entra em coma e vai parar no mesmo hospital onde trabalha. Apesar de seu estado, Lauren consegue, espiritualmente, voltar para o seu antigo apartamento. Lá, encontra Arthur, o arquiteto que é o novo morador do imóvel e a descobre no armário do banheiro ao ir tomar banho. Ele é a única pessoa que consegue vê-la, ouvi-la e senti-la.
Inicialmente se recusando a acreditar na história de Lauren, Arthur só fica convencido de toda a verdade quando vai até o hospital e a encontra desacordada. A partir daí, ele vai fazer o impossível para ajudá-la a voltar ao seu estado natural.

Métrica – Colleen Hoover Estou roendo as unhas para me aventurar nessa história! Só vi comentários e resenhas incríveis sobre esse livro, gente! A curiosidade está me matando, é sério! Muitos choraram, ficaram comovidos com o final e adoro livros que mexem profundamente com alguém! Yeah!!

O romance de estreia de Colleen Hoover, autora que viria a figurar na lista de best sellers do New York Times, apresenta uma família devastada por uma morte repentina. Após a perda inesperada do pai, Layken, de 18 anos, é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor.

Baile de gelo em Nova York – Fabrice Colin Eu simplesmente me apaixonei por essa capa e a sinopse deste livro! Não resisti e quero ler urgentemente!

Quatro vezes ganhador do Grand Prix de l’Imaginaire, Fabrice Colin é autor de diversos romances de fantasia e ficção científica, entre outros gêneros. Baile de gelo em Nova York marca a estreia do escritor francês no Brasil, pelo selo Rocco Jovens Leitores. O romance conta a história de Anna Claramond e Wynter Seth-Smith, que se passa em Nova York num futuro próximo. De um incidente aparentemente casual, nasce uma arrebatadora história de amor entre esses dois jovens de origens diferentes e caminhos perigosamente interligados, nesta bem costurada trama que mistura elementos românticos, mistério e fantasia.

O Jogo da Mentira – Sarah Shepard Como disse na legenda da foto, ainda não li nada da Sarah. Como a série PLL tem muitos livros e eu só tenho uns três, resolvi começar por esta nova série da autora. Este é o primeiro livro da série The Lying Game!

O jogo vai começar. Primeiro volume da nova série da autora de Pretty Little Liars, que ficou mais de 50 semanas no ranking do The New York Times e vendeu mais de cinco milhões de exemplares, O Jogo da mentira acompanha a história de duas gêmeas separadas ao nascer e unidas por um misterioso assassino. Com uma trama ainda mais intrincada e sombria, que tem início quando Emma resolve trocar de lugar com a irmã, a série repete a trajetória de sucesso de PLL, com um enredo repleto de suspense, intrigas e reviravoltas de tirar o fôlego, e uma bem-sucedida adaptação para a TV.

A improvável jornada de Harold Fry – Rachel Joyce Sendo sincera com vocês, eu não sei o que esperar deste livro. Foi uma surpresa (maravilhosa, pois se trata de um livro! *-*) da Suma de Letras e veio com uns mimos super fofos! Alguém já leu?

A autora conta a história do aposentado Harold Fry que numa manhã de sol sai de casa para colocar uma carta no correio, sem imaginar que estava começando uma jornada não planejada até o outro lado da Inglaterra. Ao receber uma carta de Queenie Hennessy, uma velha conhecida com quem não tem contato há décadas, ele descobre que ela está em uma casa de saúde, sucumbindo ao câncer. Então, Harold Fry escreve uma resposta rápida e, deixando sua mulher com seus afazeres, vai até a caixa postal mais próxima. Ali, tem um encontro casual que o convence de que ele deve entregar sua mensagem para Queenie pessoalmente. E assim começa a peregrinação improvável de Harold Fry. Determinado a andar 600 milhas de Kingsbridge à Berwick-upon-Tweed, porque, acredita, enquanto caminhar, Queenie Hennessy estará viva, ao longo do caminho, ele encontra personagens fascinantes, que o trazem de volta memórias adormecidas: sua primeira dança com Maureen, o dia do seu casamento, a alegria da paternidade. Todos os resquícios do passado vêm correndo de volta para ele, permitindo-lhe conciliar as perdas e os arrependimentos.

Vou lhe mostrar o medo – Nikolaj Frobenius Outro livro-surpresa pela Geração e não conhecia esse lançamento. Mas quando bati o olho na capa, no subtítulo O mistério de Edgar Allan Poe já coloquei na fila de leituras urgentes! Eu adoro Edgar Allan Poe e será um prazer conhecer mais um livro sobre o escritor!

Edgar Allan Poe (1809-1849), o célebre poeta e autor de histórias de terror, bem como criador do gênero policial na literatura, é o protagonista deste romance de suspense psicológico, que discute os limites da criação literária e a responsabilidade moral da arte. Nele vemos o jovem escritor norte-americano afligido pela pobreza, angustiado com a enfermidade da sua frágil esposa e assombrado por um maníaco que comete assassinatos inspirados nos seus escritos, além de sabotado em sua carreira pelo crítico literário Griswold, que lhe dedica um misto de admiração e ódio. Publicado em toda a Europa, traduzido em dez idiomas e plagiado por Hollywood, este romance premiado marca a estreia, no Brasil, de Nikolaj Frobenius, um dos grandes expoentes da moderna literatura norueguesa.

Sorteio de kit de marcadores

Como vocês viram na foto, a editora LeYa mandou um montão de marcadores para sortear no blog! Gente, é um mais lindo que o outro! E pensando nesse carinho maravilhoso da editora, que tal fazermos o sorteio aqui no post? Selecionei mais alguns marcadores de outras editoras e teremos um montão de marcadores para um ganhador!
Para participar, curta a página do blog no Facebook, deixe um comentário decente e seu e-mail aqui neste post! O sorteio será realizado dia 28/07. Ou seja, temos uma semana de sorteio! *-*
Conto com a participação de todos vocês!
Um beijo di moça!

Resultado

Uau! Quantos comentários lindos e decentes! Muito obrigada pelo carinho e atenção de todos vocês! Torço para que todos os posts do blog sejam tão visitados como esse, iupi!!!
Vamos ao resultado.
O sorteio foi feito pelo site Random e o número sorteado foi conferido nos comentários aqui.

Parabéns Alessandra Vieira!!

Você seguiu as instruções certinho e o Di Moça já encaminhou um e-mail solicitando os seus dados para envio! Yeah!!!
Obrigada a todos que participaram!

@blogdimoca no Instagram!

:: Di Moça :: Colecionando sonhos! - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2015 - Design por Jeh Asato