categoria2 category image

O Príncipe da Névoa :: Carlos Ruiz Zafón

29 . maio . 2013

Eu confesso que fugi, por muito tempo, das obras de Carlos Ruiz Zafón. Só pelo nome eu tinha a impressão de que iria me deparar com uma leitura complexa, filosófica e cheia de significados nas entrelinhas. Eu é quem não estava pronta para esse tipo de confronto (coitado do meu pobre vocabulário). Eis que o tempo passa, o tempo voa e não teve jeito: eu e Zafón cara a cara, ou melhor, livro na cara, sem lugar para escapar. E não é que eu amei a escrita do Zafón? Estou impressionada com “O Príncipe da Névoa”, uma leitura que se encaixa na mente de um adolescente quanto na de um adulto. Confira a resenha e minhas impressões do primeiro livro de uma série de “romances juvenis”.

O Príncipe da Névoa (El Príncipe De La Niebla)
Autor: Carlos Ruiz Zafón
Páginas: 184
Editora: Suma de Letras

* Livro enviado pela editora como cortesia.
Sinopse:

A nova casa dos Carver é cercada por mistério. Ela ainda respira o espírito de Jacob, filho dos ex-proprietários, que se afogou. As estranhas circunstâncias de sua morte só começam a se esclarecer com o aparecimento de um personagem do mal – o Príncipe da Névoa, capaz de conceder qualquer desejo de uma pessoa, a um alto preço.

Crédito: Skoob

Quando a guerra está determinada a invadir sua esperança e sua família, o relojoeiro (e inventor nas horas vagas) Maximilian Carver reúne sua família para anunciar a mudança para uma casa perto da praia, num vilarejo às margens do Atlântico. Um lugar longe da cidade. Um lugar longe da guerra.
Max, filho do relojoeiro, não estava pronto para lidar com tamanha notícia, ainda mais no dia do seu aniversário. Completar 13 anos deveria ser motivo de alegria. Nem o relógio de bolso de prata lavrada que ganhou de seu pai seria suficiente para fazê-lo esquecer da mudança.

No caminho, Maximilian Carver explicou à família que a casa tinha sido construída em 1928 para a família de um famoso cirurgião de Londres, o dr. Richard Fleischmann e sua esposa, Eva Kray, como residência de verão na praia. Na época, ela representava uma excentricidade aos olhos dos moradores locais. Os Fleischmann eram um casal sem filhos, solitário e, ao que tudo indicava, pouco afeito ao contato com as pessoas da cidade. Uma história interessante que ficará marcada na memória de Max como uma curiosa coleção de imagens extravagantes.
Durante uma visita dentro da própria casa, se aventurando em descobrir cômodos, Max encontra um bosque no fundo de sua casa. Logo adiante, um jardim com estátuas de diversos tipos: um domador, um faquir de turbante e nariz aquilino, uma contorcionista, um halterofilista e toda uma galeria de personagens que pareciam fugidos de um circo fantasma. No centro do jardim, uma estátua representando um palhaço sorridente, de cabelo arrepiado, em cima de um pedestal. #medo
Não apenas isso, mas Max tem certeza de ter visto a silhueta de um barco, negro e afilado, navegando como uma miragem no meio da bruma no mar. Segundos depois, tinha desaparecido.
A vida da família muda novamente e repentinamente quando Irina, a filha caçula de Maximilian Carver (e irmã de Max) cai das escadas e desmaia instantaneamente após ouvir sussurros por detrás do armário de seu quarto. Quanta loucura dentro de uma casa, para uma família, em um único dia.

“- As lembranças ruins perseguem você sem que precise carregá-las consigo.”

A partir de então começa a aventura sombria e misteriosa que traz o passado à tona. Com seu novo amigo Roland, Max e sua irmã Alicia irão desvendar o grande poder que assombra o vilarejo e o navio naufragado Orpheus.
Um velho barco que naufragou em 1918 e se transformou numa selva submarina com todo tipo de algas. Durante uma terrível tempestade noturna, o barco encalhou em rochas muito perigosas, pois ficava a poucos metros da superfície. A fúria do temporal e a escuridão da noite, quebrada apenas pelo estrondo dos relâmpagos, fizeram com que todos os tripulantes morressem afogados no naufrágio. Todos menos um. O único sobrevivente da tragédia foi um engenheiro que, em agradecimento à providência que salvou sua vida, se instalou na cidade e construiu um grande farol no alto dos penhascos íngremes da montanha que dominava o cenário daquela noite fatal. Esse homem, já muito velho, continuava sendo o guardião do farol e era nem mais nem menos que o “avô adotivo” de Roland: Víctor Kray.
A verdade é que não era um barco de passageiros, mas um cargueiro, e tinha péssima fama. Seu capitão era um holandês bêbado e corrupto até os ossos que alugava o barco para quem pagasse mais. De todo modo, com o final da guerra, o negócio começou a ficar mal das pernas e o holandês voador teve que procurar transações ainda mais escusas para pagar as dívidas de jogo que tinha acumulado nos últimos meses. Parece que, numa de suas noites de má sorte, que costumavam ser a maioria, o capitão perdeu até a camisa numa partida com um tal de Mister Cain. Esse Mister Cain exigiu que o holandês embarcasse com toda a trupe do circo e a transportasse clandestinamente para o outro lado do canal: o suposto circo de Mister Cain escondia mais do que simples equipamentos circenses e ele tinha interesse em desaparecer o quanto antes. E, claro, ilegalmente. O holandês concordou. O que mais poderia fazer? Ou concordava ou perdia imediatamente o barco.

Envoltos na névoa de mistérios e perigos envolvendo o Orpheus e o terrível feiticeiro Cain, os meninos terão que investigar a fundo a história do barco, do farol, da casa onde Max mora e o jardim de estátuas atrás de sua casa. Como enfrentar o Príncipe da Névoa? Nossos personagens aventureiros terão que descobrir por conta própria…

“Sentia que, pela primeira vez em sua vida, o tempo passava mais rápido do que desejava e ele não podia mais se refugiar no sonho, como nos anos anteriores. A roda da fortuna tinha começado a girar e dessa vez quem jogou os dados não tinha sido ele.”

Ai que história fantastiquíssima (existe essa palavra? o.O)! Como disse no começo do post estou impressionada com o escritor (que provou ser diferente do que eu pensava). Primeiro imaginei um escritor cheio de “charme” e de “querer falar difícil”, sabe como é? Mas o romance juvenil do Zafón (um dos primeiros de uma série) me conquistou pela simplicidade, a visão dos personagens principais através da narrativa em terceira pessoa (a maior parte pela visão de Max mas com fragmentos de Irina, Alicia, Roland, e Víctor Kray), o vocabulário e interpretação acessível tanto para adolescentes quanto para adultos. Zafón conseguiu, através das palavras corretas, alcançar o público que ama um bom romance sombrio. Não me interprete mal, não estou dizendo que o autor é “furreba” e sem graça, pelo contrário, me conquistou com grande mérito.

Não posso deixar de lado o medo que tomou conta de mim nos primeiros capítulos. Pois é,tenho um pavor inexplicável com palhaços (já reparou como, qualquer um, consegue se tornar sombrio e medonho com aquela maquiagem horripilante? o.O) e Zafón utilizou esse “serzinho” para aterrorizar os personagens e, consequentemente, os leitores. A história do Orpheus e do Mister Cain me deixaram vidrada. É impossível não mergulhar nas palavras de Zafón, que nos leva até o fundo do oceano para desvendar a maldição que cai sobre o Orpheus.

Leitura mais que recomendada para todos os apreciadores de uma boa história contada sob as palavras de um grande escritor espanhol (que, aliás, ganhou vários prêmios com “O Príncipe da Névoa”)!
Não vejo a hora de ler os outros livros do autor!
Espero que tenham gostado e, quem já leu o livro, compartilhe sua opinião conosco através dos comentários!
Beijos di moça!

Carlos Ruiz Zafón

Carlos Ruiz Zafón nasceu em 25 de setembro de 1964, em Barcelona, cenário de seus romances A sombra do vento e O jogo do anjo, mas vive desde 1993 em Los Angeles, onde trabalha como roteirista. Nos anos 1990, escreveu a trilogia infantojuvenil composta por este livro, O príncipe da névoa (1993), além de O palácio da meia-noite (1994) e As luzes de setembro (1995), e também Marina (1999). Lançado originalmente em 2001, A sombra do vento vendeu mais de dez milhões de exemplares em todo o mundo. Seus livros mais recentes publicados pela Suma de Letras são Marina (2011) e O prisioneiro do céu (2012).


Site do autor | Site Suma de Letras
categoria17 category image

Quote Da Semana (As Crônicas de Gelo e Fogo)

27 . maio . 2013

Aqui é a moça sumida que não deu satisfações para seus leitores desde quarta-feira, aê! -.-‘. Galerinha, mil desculpas por tê-los abandonados feito cria mal amada mas eu tive sérios problemas na minha vida real (bem que muita coisa poderia ser como aqui, no mundo virtual né? :x) e as coisas saíram do eixo.
Alguém me explica como,de repente, tudo fica bagunçado na vida?
Então vamos para o quote que me inspira desde o dia em que o li? Espero que ajudem vocês a manter a peruca na cabeça, o salto no pé e etc.

Meme criado pela Tamara do blog true-luv.com

Nunca se esqueça de quem você é, porque é certo que o mundo não se lembrará. Faça disso sua força. Assim, não poderá ser nunca a sua fraqueza. Arme-se com esta lembrança, e ela nunca poderá ser usada para magoá-lo.
(As Crônicas de Gelo e Fogo – George R.R. Martin)

Me fale se essa frase não é de arrepiar os cabelinhos da nuca? Adorei e com certeza levarei essa afirmação na mente durante toda essa semana!
Compartilhe comigo, conosco, o quote que te inspira nesse momento? *-*
Beijos di moça!

categoria2 category image

A probabilidade estatística do amor à primeira vista :: Jennifer E. Smith

22 . maio . 2013

A probabilidade estatística do amor à primeira vista foi meu primeiro contato com a autora Jennifer E. Smith e confesso: amei! Eu esperava algo meio clichê, bonitinho do tipo bobo, mas estava enganada (aleluia!). Confira a resenha do lançamento da Galera Record!

A probabilidade estatística do amor à primeira vista (The Statistical Probability of Love at First Sight)
Autora: Jennifer E. Smith
Páginas: 224
Editora: Galera Record

* Livro enviado pela editora como cortesia.
Sinopse:

Com uma certa atmosfera de Um dia, mas voltado para o público jovem adulto, A probabilidade estatística do amor à primeira vista é uma história romântica, capaz de conquistar fãs de todas as idades. Quem imaginaria que quatro minutos poderiam mudar a vida de alguém? Mas é exatamente o que acontece com Hadley. Presa no aeroporto em Nova York, esperando outro voo depois de perder o seu, ela conhece Oliver. Um britânico fofo, que se senta a seu lado na viagem para Londres. Enquanto conversam sobre tudo, eles provam que o tempo é, sim, muito, muito relativo. Passada em apenas 24 horas, a história de Oliver e Hadley mostra que o amor, diferentemente das bagagens, jamais se extravia.

Crédito: Skoob

“Tanta coisa podia ter sido diferente.”

Quem diria que quatro minutos poderiam mudar a vida de alguém? Eu jamais imaginaria isso porque, convenhamos, o que são quatro minutos? O tempo de um comercial, um intervalo entre aulas ou o preparo do miojo (que, no meu caso, leva bem mais que quatro minutos mas fica em off). Quatro minutos não é nada mas para Hadley Sullivan, quatro minutos é o tempo exato para perder um voo e perceber que em um único dia, tudo pode acontecer.
Convenhamos que, para uma garota de 17 anos, algumas coisas podem ser revoltantes: ser obrigada a fazer um curso que não gosta; lidar com as tarefas domésticas sozinha; morar em uma cidade que odeia e, para Hadley, ir para o casamento do pai em Londres. Em partes a gente tenta entender que é o pai dela, poxa, e casamentos são sempre motivos de celebração. Mas Hadley não vê o pai há mais de um ano e nem conhece a futura madrasta, Charlotte. Se ela pudesse decidir, nem iria ao casamento, porém, essa decisão não foi negociada.

Mesmo com todo o apoio e insistência da mãe, Hadley não quer enfrentar o pai. Por azar (ou sorte, no caso), Hadley perde o voo marcado por ter atrasado míseros quatro minutos. Poxa, todo santo dia, em qualquer aeroporto, há pessoas que estão atrasadas para o seu voo. Mas agora Hadley precisa esperar pelo próximo e ignorar toda confusão dentro de si. Em dois dias, estaria voltando para casa. Em dois dias, poderia fingir que isso jamais aconteceu. Em dois dias, teria sobrevivido ao fim de semana que temeu por uma eternidade.

“Será melhor ter alguma coisa e perdê-la, ou nunca a ter tido?
– Charles Dickens”

Durante sua espera “interminável” pelo próximo voo, Hadley conhece Oliver, o garoto do assento 18C, “o britânico” (como ela o apelidou em seus pensamentos). Alto e elegante, com os cabelos desarrumados e olhos verdes. Ele tem alguma coisa interessante. Talvez seja o sotaque, que, com certeza é britânico, ou a boca tensa, evitando um sorriso. O coração dela bate mais forte.
A partir dessa espera pelo mesmo voo, Hadley e Oliver compartilharão um bom tempo juntos, conhecendo um ao outro de forma engraçada, descontraída, fofa (coisas que, imagino eu, não acontece de verdade em aeroportos -.-‘). Na vida real você divide um apoio de braço com uma pessoa por algumas horas; troca histórias sobre sua vida, conta uma coisa ou outra, talvez uma piada. Comenta sobre o tempo e sobre a comida, que está ruim. Escuta o outro roncando. E, depois, diz adeus.
O adeus.. A preocupação de Hadley toma conta quando percebe que o momento mágico pode acabar assim que puserem os pés em Londres. Cada um para o seu lado e, adeus? É isso?

“Uma pessoa contou certa vez que há uma fórmula para o tempo que se leva para esquecer alguém: é a metade do tempo que ficaram juntos. Hadley tem lá suas dúvidas sobre essa teoria, um cálculo tão simples para uma coisa tão complicada quanto um coração partido.”

Narrado em terceira pessoa, Jennifer nos conduz em uma onda de flertes, do primeiro encontro, do coração batendo forte, sabe? À primeira vista imaginei que o livro seria exclusivamente sobre o encontro de Hadley e Oliver no aeroporto. Mas estava enganada: também nos conduz aos problemas familiares (a relação de pai e filha), aos medos e inseguranças que os pegam com muita intensidade. Cada um destinado a encarar um desafio ao qual não estavam preparados.
Amei a narrativa, o texto, a facilidade que a autora desenvolveu a história e os temas misturados de forma coerente. Eu sou fã de histórias que tenham o mínimo de personagens possíveis. Porque, devo admitir, tenho uma memória fraca para lembrar quinhentos mil nomes sendo que, metade deles, nem aparecem no restante do livro. Aqui a autora foi curta e objetiva: nos apresentou os personagens essenciais, aqueles que merecem ser lembrados e citados. (Ponto super positivo).

“É de muita utilidade neste mundo, aquele que torna mais leves os sofrimentos do outro.
– Charles Dickens”

Um livro que me fez suspirar, entender os motivos de Hadley para não ir ao casamento e que, no final, me fez compreender que às vezes somos forçados a encarar responsabilidades que não queremos. Podemos bater os pés, nos jogar no chão e fazer birra, nada disso será motivo para escapar. E quem disse que todo desafio nos leva ao abismo? Em alguns momentos a recompensa pode ser muito adorável.
Incrível.
Recomendado para todos vocês que adoram um bom livro. Leitura rápida e gostosa! Me “peguei” várias vezes suspirando com os diálogos e com um meio sorriso no rosto. Adoro essa sensação.
Quem já leu? Deixe sua opinião sobre o livro para trocarmos ideias. Eu adoro essa possibilidade de compartilhar opiniões, sejam elas divergentes ou não!
Um beijo di moça!

Jennifer E. Smith

Jennifer E. Smith é a autora do livro “A probabilidade estatística do amor à primeira vista”, lançado no Brasil pela Galera Record. Atualmente trabalha como editora em Nova York. Seu livro foi traduzido em 27 idiomas.


Site da autora | Site Galera Record
categoria2 category image

Lançamentos Literários (Maio)

20 . maio . 2013

O mês de maio começou com muitas novidades literárias. Algumas estantes apostando alto na literatura estrangeira, outras apoiando a literatura nacional. Em todo o caso, é muito bom estar rodeada de literatura. Confira agora os lançamentos de maio e, quem sabe, seja a hora de quebrar o seu cofrinho! ;)

Apenas editoras parceiras. Veja aqui as editoras parceiras do Di Moça.

Arqueiro

Inferno – Dan Brown Neste novo e fascinante thriller Dan Brown retoma a mistura magistral de história, arte, códigos e símbolos que o consagrou em O código Da Vinci, Anjos e demônios e O símbolo perdido e faz de Inferno sua aposta mais alta até o momento. No coração da Itália, Robert Langdon, o professor de Simbologia de Harvard, é arrastado para um mundo angustiante centrado em uma das obra literárias mais duradouras e misteriosas da história: O Inferno, de Dante Alighieri. Numa corrida contra o tempo, Langdon luta contra um adversário assustador e enfrenta um enigma engenhoso que o arrasta para uma clássica paisagem de arte, passagens secretas e ciência futurística. Tendo como pano de fundo o sombrio poema de Dante, Langdon mergulha numa caçada frenética para encontrar respostas e decidir em quem confiar, antes que o mundo que conhecemos seja destruído.

Armadilhas da Mente – Augusto Cury Desde que recebeu o diagnóstico de que é psicótica, Camille viu sua vida virar pelo avesso. Na tentativa de ajudar a esposa, Marco Túlio compra a fazenda Monte Belo, esperançoso de que o contato com a natureza lhe faça bem. Quem faz Camille sair da concha e enfrentar o mundo é o excêntrico jardineiro da fazenda. Mas a grande virada acontece quando ela conhece o psiquiatra Marco Polo, que a estimula a superar os conflitos e procurar um personagem que deixara pelo caminho: ela mesma.

O maior amor do mundo – Seré Prince Halverson Ella Beene encontrou a felicidade quando se casou com Joe e passou a criar os filhos dele, frutos de outro casamento. Até que Joe morre e Ella percebe que ele não contou tudo sobre seu passado. No funeral, Paige, ex-mulher de Joe, aparece querendo os filhos de volta e as duas passam a disputar a guarda das crianças que amam, ao mesmo tempo que buscam as respostas para seus conflitos emocionais.

Quando você voltar – Kristin Hannah O casamento de Michael e Jolene está desmoronando. Michael está sempre mergulhado no trabalho e não apoia a carreira militar de Jolene. Então ela é convocada para a guerra e deixa para o marido a missão de cuidar das filhas. Jolene acaba se vendo protagonista de uma tragédia. Agora Michael precisa encarar seus medos mais profundos e travar uma batalha em nome da família.

Os impostores – Chris Pavone Kate Moore levava uma vida dupla. Quando seu marido Dexter recebe uma proposta de emprego em outro país, ela agarra a chance de deixar esse segredo pra trás. Na Europa, a rotina aparentemente perfeita de Kate revelará camadas e mais camadas de mentiras que a cercam e, por trás disso tudo, um golpe extremamente bem elaborado que ameaça sua família, seu casamento e até sua vida.

Sete dias sem fim – Jonathan Tropper Em questão de dias, Judd Foxman descobriu que sua esposa o traía e perdeu o emprego. Além disso, seu pai teve a brilhante ideia de morrer, deixando um último pedido: que sua família se reunisse para cumprir sete dias de luto. Então, os quatro irmãos se juntam à mãe na casa onde cresceram para se submeter a essa tortura, criando um desfile de incidentes inusitados e tragicômicos.

Sextante

A arte de se fazer respeitar – Barbara Berckhan A arte de se fazer respeitar não é nenhum mistério: ela consiste em manter a calma, tratar a si mesmo e aos outros com dignidade e se expressar de maneira clara e sem atacar ninguém verbalmente. Especialista em comunicação, Barbara Berckhan elaborou um guia prático contendo as principais estratégias que irão ajudar você a mudar seu modo de agir para que suas opiniões sejam levadas em conta, sem que precise gritar nem ficar mudo diante das provocações.

Da dor nasce o amor – Fábio Augusto O sofrimento, por mais insuportável que pareça, nos faz reconhecer a preciosidade da vida e perceber o tempo que desperdiçamos dando valor a coisas sem importância. É sobre isso que o Dr. Fábio Augusto nos leva a refletir neste livro emocionante, em que conta histórias que testemu-nhou ao longo de mais de 20 anos no exercício da medicina.

A Bíblia em 100 minutos – Michael Hinton A Bíblia é o livro mais conhecido do mundo, mas a complexidade de sua linguagem faz com que poucas pessoas consigam lê-la do começo ao fim e compreendê-la por completo. Para nos ajudar a entender melhor, o reverendo Michael Hinton nos apresenta um livro claro e acessível, que resume as passagens mais importantes das Escrituras Sagradas.

Mestres das vendas – Ivan Misner, Ph.D. e Don Morgan No livro Mestres das vendas, mais de 80 profissionais bem-sucedidos apresentam suas técnicas, estratégias e abordagens e compartilham o segredo do seu sucesso. Em artigos curtos e acessíveis, os mestres explicam o que os torna líderes em suas áreas de atuação e como usam seu talento para fechar negócios aparentemente impossíveis.

Planeta

Treze Relíquias – Michael Scott, Colette Freedman Há mais de sete décadas treze crianças foram designadas para cuidar de artefatos antigos, dotados com um poder primitivo e letal. As relíquias, como foram chamadas, deveriam ser mantidas por seus guardiões em total segurança e afastadas umas das outras. Entretanto, agora um homem sinistro e sua amante estão atrás delas, roubando cada peça e eliminando seus protetores, deixando um rastro de crimes violentos. Aparentemente por acaso, a jovem Sarah Miller se envolverá nessa trama perigosa e terá que correr contra o tempo para elucidar os enigmas que rondam sua nova vida. Serão os guardiões seres de outro mundo? Qual será o segredo das relíquias milenares? Por que justamente Sarah foi atraída para esse jogo mortal? Uma história inquietante, povoada de lendas que até hoje rondam nosso imaginário, As treze relíquias mostra que há forças que nunca devem ser despertadas.

A grande degeneração – Niall Ferguson O declínio do Ocidente já foi profetizado há muito tempo. Hoje em dia, há inúmeros sintomas disso ao nosso redor: crescimento lento da economia, dívidas altas, fragilidade das leis, população cada vez mais velha, comportamento antissocial… Mas o que há de errado exatamente com a civilização ocidental? Em seu novo livro, o renomado – e por vezes polêmico – historiador Niall Ferguson revela algumas das possíveis causas dessa degeneração, argumentando que a chave talvez esteja na análise de quatro instituições essenciais do mundo ocidental: o governo representativo, o livre mercado, o Estado de direito e a sociedade civil. Estaríamos diante de uma degeneração irrefreável desses que sempre foram os pilares de nossa civilização?

O desconhecido – Portia da Costa A decisão de Cláudia em não amar de novo está prestes a ser posta à prova quando seu destino cruza por acaso com o do belo desconhecido… Uma primeira visão no rio, como antecipação de um mundo de sensações e descobrimentos. Do meio da tempestade surge aquele homem, a quem Cláudia decide chamar de Paul, e que mudará sua vida, abrindo novas portas para a sensibilidade, as relações, o sexo e as surpresas que a vida esconde até que a verdade se mostre. Buscar sua verdadeira identidade é ao mesmo tempo algo que se impõe e que a deixa insegura. Ela teme que, descoberto o segredo daquele jovem, a aventura prazerosa se desmanche no ar, como uma bolha de sabão numa tarde de verão. Entre novas aventuras e possibilidades, esse romance mudará a sua visão sobre o amor e o sexo. O desconhecido chegou para romper todos os tabus.

O pessegueiro – Sarah Addison Allen Bem-vindo a Walls of Waters, um lugar onde o aroma das flores envolve o ar e os pássaros parecem ter algo a dizer. Essa é a cidade onde vive Willa Jackson, uma jovem descendente de uma família falida que luta para esquecer a imagem da garota inconsequente que já foi um dia. Quando sua ex-companheira de colégio e socialite perfeita Paxton Osgood a convida para a festa de 75 anos do Clube Social Feminino, ela fica receosa em comparecer por sentir que não faz parte daquele mundo… No entanto, a ocasião acabará se revelando uma excelente oportunidade para Willa desenterrar fatos surpreendentes que reverberam até hoje em sua própria história. Qual é o segredo que une famílias Jackson e Osgood? Será que a verdadeira amizade consegue transpor as barreiras do tempo? Deixe-se inebriar por esse romance que une realismo e magia de forma envolvente, e descubra quão delicado e importante é o papel dos amigos em nossa vida.

O mundo de Muriel – Liliane Prata Muriel é uma garota de 16 anos que, um dia, quando vai ao banheiro, acaba num outro mundo: as aldeias de Landim. Landim é um mundo bem diferente, regido por leis distintas e inexplicáveis. A reação de Muriel vai mudando ao longo dos anos, refletindo sobre a convivência com diferentes culturas e sobre o mundo. Paralelamente a isso, há a busca pelas respostas do porquê de ela estar lá e a tentativa de ela voltar para casa. Qual seria de fato o novo mundo de Muriel? E quais seriam os reais limites entre realidade e fantasia?

Antônio Ermírio de Moraes – José Pastore Antônio Ermírio de Moraes é um dos maiores e mais importantes empreendedores do Brasil. À frente do Grupo Votorantim, acompanhou de perto grandes acontecimentos da história do país e foi sempre admirado por administrar suas empresas com seriedade, ética e humildade, além de manter um permanente envolvimento com relevantes projetos sociais, em especial nas áreas da saúde e da educação. José Pastore, seu melhor amigo há 35 anos, aborda aqui a vida desse grande brasileiro: a infância em São Paulo, a faculdade nos Estados Unidos, a vida em família, a rotina pesada de um workaholic, seu envolvimento no mundo da política e – para surpresa de muitos – sua entrada na vida artística, que acabaria mudando completamente seu jeito de ser. Recheada de revelações inéditas e histórias saborosas, a obra de José Pastore descreve um homem de personalidade forte e opiniões incisivas, que nunca deixou de sonhar por um país mais justo e honesto.

Código da Vida – Saulo Ramos Livro de memórias? De suspense? De história? Código da vida é um pouco de tudo isso. Ao narrar sua trajetória de vida, desde a infância no interior de São Paulo até os dias de hoje, o renomado jurista Saulo Ramos acaba contando detalhes de inúmeros fatos e acontecimentos de nosso país, de um ponto de vista de quem sempre acompanhou tudo de perto, seja como espectador, seja como um dos personagens principais. Nesse caleidoscópio de reminiscências, o autor desfila críticas e elogios aos personagens mencionados – Lula, Mário Covas, Fernando Henrique Cardoso, José Sarney, entre outros -trazendo ao leitor uma narrativa apaixonante e envolvente.

Francisco – Andrea Tornielli Jorge Mario Bergoglio é o primeiro papa latino-americano e o primeiro a escolher o nome Francisco. Eleito em 13 de março de 2013 após um conclave de apenas cinco votações, chamou a atenção do mundo todo, desprezando o protocolo formal do Vaticano e demonstrando um estilo próprio, cheio de humanidade, simplicidade e uma especial atenção aos não católicos. Para construir este livro, o italiano Andrea Tornielli, importante jornalista vaticanista, utilizou palavras e ideias pronunciadas pelo próprio Bergoglio, tanto como papa Francisco quanto na época em que era ainda cardeal e arcebispo de Buenos Aires. Além disso, recorreu a testemunhos de muitos que conviveram com ele – a família, os amigos e muitos daqueles que foram tocados por suas palavras e ações na Argentina. Com tudo isso, ele traça em detalhes a história de vida de um jovem, filho de imigrantes italianos, que recebeu o chamado para o sacerdócio aos 21 anos e que depois disso nunca deixou de lado a humildade e nunca parou de considerar os pobres como foco principal da Igreja.

Pensar bem, sentir-se bem – Walter Riso Você evita entrar em relacionamentos porque acha que as pessoas vão sempre magoá-lo? Você fica tenso ao conversar com seu colega de trabalho porque tem certeza de que ele o odeia? Será que essas situações são sempre verdadeiras ou será que é sua mente que o está boicotando e fazendo você acreditar nisso? Em Pensar bem, sentir-se bem, o psicólogo Walter Riso mostra que muitas vezes nossos problemas decorrem de crenças distorcidas que guardamos em nossa mente. Insistimos que essas crenças são verdades absolutas, quando, na realidade, a história pode ser bem diferente… Utilizando casos reais – e muito comuns –, o autor ensina algumas maneiras de nos livrarmos das armadilhas de nossa mente, quebrando a corrente de pensamentos negativos que nos atrapalham no dia a dia, seja no trabalho, nas relações afetivas ou na vida em família. Porque a vida é muito boa para ser desperdiçada com tanto mal-estar. E acredite: é possível fazer mudanças – e para melhor.

Trabalhar no Paraíso pode ser um Inferno – Simon Rich Entediado, Deus decide que a Terra já deu o que tinha que dar. A menos que dois anjos idealistas façam um milagre acontecer… Bem-vindo à Céu Ltda., a corporação mais mau administrada que existe. Desde tempos remotos, seu fundador e presidente (conhecido em alguns círculos como Deus) passa os dias jogando golfe. Quando resolve aparecer no trabalho, não é para acabar com guerras ou pôr fim à fome, mas sim para procurar seu nome no Google e ler o que os humanos pensam dele. Na verdade ele nem pensa muito na Terra, até o momento em que uma funcionária recém promovida a anjo lhe faz uma reprimenda e Ele é obrigado a pensar naquele planeta que criou e que… não deu certo! Diante dessa constatação, resolve mandar os homens pelos ares. Como não é uma decisão definitiva, só o resultado de uma aposta que propõe a seus anjos subalternos fará com que o Todo Poderoso desista de seu grande plano. Será que os anjos conseguirão ganhar a aposta? Qual truque esconderão na manga para salvar a humanidade do Juízo Final?

Geração

Domitilla – Paulo Rezzutti Em Domitila – a verdadeira história da marquesa de Santos, segundo livro do historiador, conhecemos a trajetória verdadeira, despida de mitos e deturpações, de uma personagem polêmica da História do Brasil, que até hoje, duzentos anos após o seu nascimento, continua a dividir opiniões, provocando admiração, ódios e paixões: Domitila de Castro Canto e Melo (1797-1867), amante de dom Pedro I e uma das mulheres mais notáveis e influentes da América Latina, que, segundo o escritor Paulo Setúbal, “encheu um Império com o ruído do seu nome e o escândalo do seu amor”.

iD

Os Videntes – Libba Bray Evie O’Neil foi exilada de sua entediante e pacata cidade natal e enviada para as agitadas ruas da cidade de Nova York – e ela está maravilhada! Nova York é a cidade do contrabando, das compras e dos monumentais cinemas! Logo Evie convivendo com as glamorosas garotas Ziegfi ed e com afamados batedores de carteira. O único problema é que Evie tem que morar com seu tio Will, curador do Museu Norte-americano de Folclore, Superstição e Ocultismo, também conhecido como Museu dos Insetos Rastejantes. Quando uma série de assassinatos ligados ao ocultismo começam a acontecer, Evie e seu tio se veem em meio a uma investigação policial. E, além de tudo, Evie tem um segredo: um misterioso poder que pode ajudar a capturar o assassino – isso se ele não a pegar primeiro…

Galera Record

O futuro de nós dois – Jay Asher e Carolyn Mackler É 1996, e menos da metade dos alunos das escolas de ensino médio nos Estados Unidos já tinham usado a internet. Emma acaba de ganhar o primeiro computador e um CD-ROM da America Online de Josh, seu melhor amigo. E ao instalar o programa, logo no primeiro acesso, descobrem que acabam de entrar no FACEBOOK, dali a quinze anos. Todos se perguntam como será o futuro. Josh e Emma estão prestes a descobrir…

Abandono – Meg Cabot Meg Cabot, a rainha dos adolescentes, recria o mito de Perséfone, senhora do submundo, numa nova trilogia. Desde que Pierce Oliviera se afogou na piscina de sua casa e passou por uma experiência de quase morte, sua vida mudou. Dois anos depois, expulsa de sua antiga escola e sem amigos, ela só quer começar tudo de novo – e sua mãe parece acreditar que levá-la para Isla Huesos, lugar onde nasceu e cresceu, é a solução para todos os problemas da filha. Afinal, uma menina de 17 anos precisa de alguma normalidade, não? O que ninguém sabe é que Pierce conheceu o misterioso John no mundo dos mortos, e agora o rapaz não a deixa em paz…

Como dizer adeus em robô – Natalie Standiford Com um toque melancólico, o livro conta a singular ligação entre Bea e Jonah. Eles ajudam um ao outro. E magoam um ao outro. Se rejeitam e se aproximam. Não é romance, exatamente — mas é definitivamente amor. E significa mais para eles do que qualquer um dos dois consegue compreender… Uma amizade que vem de conversas comprometidas com a verdade, segredos partilhados, jogadas ousadas e telefonemas furtivos para o mesmo programa noturno de rádio, fértil em teorias de conspiração. Para todos que algum dia entraram no maravilhoso, traiçoeiro, ardente e significativo mundo de uma amizade verdadeira, do amor visceral, Como dizer adeus em robô vai ressoar profunda e duradouramente.

Garotas, Segredos e Surpresas (It Girl) #8 – Cecily von Ziegesar Brett é a encarregada de organizar o baile de fim de ano da Waverly Academy — e o amigo oculto dos alunos. Só que alguns estudantes decidem que a tradicional troca de presentes está ultrapassada e preferem brincar de Inimigo Oculto. É muito mais divertido e fará com que todos revelem seu lado mais… ousado!

Confissões (Exclusivo) – Kate Brian Após a morte de Thomas Pearson, namorado de Reed Brennan, e a prisão de Josh Hollis pelo crime, todas só querem esquecer o crime e pensar na próxima balada. Ou na próxima edição da Vogue. Todas… menos Reed Brennan. Afinal, ela acaba de descobrir que está perdidamente apaixonada por Josh. E disposta a tudo para provar sua inocência. Será que ela vai conseguir? E o mais importante: será que ela vai sobreviver às investigações?

Fantasy/ Casa da Palavra

Os últimos dias de Krypton – Kevin J. Anderson ANTES DE HAVER UM SUPERMAN, HAVIA KRYPTON. Antes do Apocalipse – que fez o bebê conhecido mais tarde como Clark Kent ser enviado à Terra – Krypton prosperava. Na cidade de Kandor, o cientista Jor-El e a historiadora Lara casaram-se e tiveram Kal-El, o único que sobreviveria ao fim do mundo. Tudo era harmonia e perfeição numa civilização com baixíssimo índice criminal, quando um alienígena invade o planeta e provoca uma tragédia irremediável para os kryptonianos. É a grande chance do diabólico General Zod tomar o poder e implantar uma ditadura que usará da invenção tecnológica de Jor-El para subjugar a todos. E em meio a tudo isso, uma tragédia fatal se aproximava – um destino catastrófico profetizado por Jor-El que mudaria a história kryptoniana para sempre…

LeYa/ Quinta Essência

A Peculiar Tristeza Guardada Num Bolo de Limão – Aimee Bender O que você faria se pudesse sentir o gosto das emoções? Rose Edelstein é uma menina que descobriu ter um talento incomum: ela sente o sabor das emoções das pessoas que preparam aquilo que come. E tudo começou semanas antes de seu aniversário quando, depois de uma briga com seu pai, sua mãe resolveu fazer um delicioso bolo de limão. Imagine o que você faria se seu paladar pudesse decifrar o gosto das emoções? É com isso que Rose tem de conviver daqui para frente. Com apenas nove anos, a curiosa menina sabe o que cada um sente secretamente e percebe que nunca mais comerá seus pratos preferidos do mesmo jeito. E o que ela pode fazer para lidar com isso?

O Começo de Tudo – Wild Cards – Livro 1 – George R. R. Martin Ao fim da Segunda Guerra Mundial, a Terra é salva por pouco de um meteoro alienígena. Porém, o vírus que a bomba espacial carrega cai em Nova York e, gradativamente, espalha-se pelo mundo, contaminando parte da população e dotando parte dos sobreviventes com poderes especiais. Alguns foram chamados de ases, pois receberam habilidades mentais e físicas, alguns foram amaldiçoados com alguma deficiência bizarra e, por isso, batizados de coringas. Parte desses seres, agora especiais, usava seus poderes a serviço da humanidade, enquanto outros despertaram o pior que havia dentro de si. O primeiro volume conta a história dos principais personagens que povoarão as páginas desta série de 22 títulos (editada e também escrita pelo autor de As crônicas de Gelo e Fogo).

O Grande Gatsby – F. Scott Fitzgerald Obra-prima de Scott Fitzgerald, O Grande Gatsby é o romance americano definitivo sobre os anos prósperos e loucos que sucederam a Primeira Guerra Mundial. O texto de Fitzgerald é original e grandioso ao narrar a história de amor de Jay Gatsby e Daisy. Ela, uma bela jovem de Lousville e ele, um oficial da marinha no início de carreira. Apesar da grande paixão, Daisy se casa com o insensível, mas extremamente rico, Tom Buchanan. Com o fim da guerra, Gatsby se dedica cegamente a enriquecer para reconquistar Daisy. Já milionário, ele compra uma mansão vizinha à de sua amada em Long Island, promove grandes festas e aguarda, certo de que ela vai aparecer. A história é contada por um espectador que não participa propriamente do que acontece – Nick Carraway. Nick aluga uma casinha modesta ao lado da mansão do Gatsby, observa e expõe os fatos sem compreender bem aquele mundo de extravagância, riqueza e tragédia iminente.

Procuram-se super-heróis – Bel Pesce O nosso dia a dia é feito de um passo após o outro. Mas o que poucos de nós sabemos é que, na verdade, também podemos voar. Pois é: somos super-heróis. Seja porque damos exemplos de vida todos os dias, seja porque aconselhamos, escutamos, conversamos ou, simplesmente, temos coragem de mudar as coisas para melhor. Desenvolver super-poderes é uma forma de entendermos os outros e descobrirmos mais sobre nós mesmos. Falante, divertida e empreendedora, Bel Pesce nos ensina como usar a varinha de condão que todos nós temos para transformar nossa vida, trabalho e relações.

Que Presente Te Dar – Affonso Romano Um dos mais atuantes intelectuais brasileiros, Affonso Romano de Sant’Anna brinda os leitores com 44 crônicas eivadas de poesia. Emociona seja decantando a mulher madura seja constatando a necessidade do amor. Ou sugerindo como receita para mal-de-amor a leitura de poesias de Camões, Drummond, Shakespeare, Vinícius e Neruda.

O Sonhador – Pam Muñoz Ryan, Peter Sis Uma jornada ao mundo poético do jovem Pablo Neruda. Neftalí é um garoto de oito anos que sofre com as imposições de sua família. Enquanto o menino procura a beleza das palavras contidas em livros, seu pai é prático e quer que os filhos cresçam e tornem-se executivos, doutores ou qualquer outra profissão ‘respeitável’, e não poetas e artistas. Este é o enredo de ‘O sonhador’, livremente inspirado na infância do poeta chileno Pablo Neruda. Repleto de jogos de palavras que buscam brincar com a sensibilidade e imaginação de Neftalí – e também com a do leitor, ‘O sonhador’ traz a poesia presente na descoberta das coisas, no despertar das emoções e na curiosidade da infância.

Obsessão – (Breathless #1) – Maya Banks Gabe, Jace e Ash são três dos homens mais ricos e poderosos do país. Eles estão acostumados a conquistar tudo o que querem. Tudo. Para Gabe, tudo significa realizar uma fantasia particular com uma mulher que era um fruto proibido – e que agora está pronta para ser colhida… Quando Gabe Hamilton viu Mia Crestwell entrar no salão na inauguração de seu hotel, sabia que iria para o inferno pelo que tinha planejado. Afinal, Mia é irmã de seu melhor amigo. Contudo, não é mais uma menininha. E Gabe já esperou muito tempo para colocar seus desejos em prática. Gabe já fez parte das fantasias de Mia há muito tempo, desde que era apenas uma adolescente com uma “paixonite” pelo melhor amigo de seu irmão. Mas o que pode acontecer 14 anos depois? Mia sabe que Gabe é como um sonho inalcançável, mas sua atração só fez aumentar ao longo do tempo. Agora ela é adulta, e não há motivo para não agir de acordo com seus desejos mais secretos.

Gutenberg

Confissão – Paula Pimenta “Confissão” foi o primeiro livro lançado por Paula Pimenta, em 2001, e encontrava-se esgotado há vários anos. A obra, que apresenta poemas escritos pela autora desde a sua adolescência, agora recebe uma nova edição, pela editora Gutenberg. Paula ampliou um pouco o livro original, acrescentando alguns novos poemas e incluindo alguns que anteriormente havia “emprestado” para os seus personagens Fani, de Fazendo meu filme, e o Rodrigo, de Minha vida fora de série.

A turma (Memórias de uma garota que não sabia ser feliz sozinha) – Alissa Grosso O ensino médio está prestes a acabar, mas ela tem medo de perder tudo o que faz dela quem ela é. Até que seu grande segredo é descoberto… Este romance conta a história de Hanna Best, uma líder popular idolatrada e a estrela do ensino médio de sua escola. A turma existe por causa de Hanna, e tudo gira em torno dela, mesmo com o apoio incondicional das amigas Gilda, Olivia, Sheila e Patrícia, além de Alex, seu namorado fofo, gentil e amoroso. Todos estão sempre lá para ajudar. As amizades, o colégio e a rotina são sua referência e segurança no mundo, mas essa vida está prestes a acabar com o fim do ensino médio, e isso é apavorante para a jovem. Porém as coisas começam a ruir bem antes, quando uma reviravolta revela o profundo e chocante segredo de Hanna, que só Alex conhecia. E é somente vencendo dores antigas e questões profundas que uma nova fase poderá começar na vida de todos. Com uma história surpreendente, A turma fará você se apaixonar por Hanna, e sentir na pele os dramas, sentimentos e conflitos adolescentes da protagonista, em uma profunda e comovente narrativa.

Suma de Letras

Entre o agora e o nunca – J. A. Redmerski Camryn Bennett é uma jovem de 20 anos insatisfeita com a própria vida. Ela mora com a mãe e trabalha numa loja. Seu sonho de viajar pelo mundo com uma mochila nas costas parece cada vez mais distante. Ian, seu namorado, morreu num acidente de carro há um ano, fato que a traumatizou. O pai abandonou a família e o irmão mais velho, Cole, está na prisão. A gota d’água é quando seu plano de morar com a melhor amiga, Natalie, vai por água abaixo após o namorado de Nat revelar que está apaixonado por Camryn. Perdida, sem saber o que fazer, Camryn vai para rodoviária e pega o primeiro ônibus interestadual, sem se importar com o destino. Com uma carteira, um celular e uma pequena bolsa com alguns itens indispensáveis, a jovem embarca para o estado de Idaho.O que ela não esperava era conhecer Andrew Parrish, um jovem sedutor e misterioso, a caminho para visitar o pai, que está morrendo de câncer. O personagem é um perfeito bad boy, músico de blues, belo e tatuado. Ele se aproxima da companheira de viagem, primeiro para protegê-la, mas logo uma conexão irresistível se forma entre os dois. Camryn tenta lutar contra o sentimento, já que jurou nunca mais se apaixonar desde a morte de Ian. Andrew também tenta resistir, motivado pelos próprios segredos.

Intrínseca

Bel Canto – Ann Patchett Na casa do vice-presidente de algum país da América do Sul, uma elegante festa de aniversário está sendo realizada. O homenageado é o Sr. Hosokawa, poderoso empresário japonês. Roxane Coss, soprano de fama internacional, fascina os convidados. É uma noite perfeita – até que um bando armado invade o local pelos dutos de ar-condicionado e torna todos os convidados reféns. O objetivo inicial era sequestrar o presidente, mas ele ficou em casa assistindo à novela. E assim, desde o início, nada sai como o esperado. No entanto, o que começa como um cenário de pânico e risco de vida evolui para algo completamente novo, com terroristas e reféns desenvolvendo laços inesperados e pessoas de diferentes países agindo como compatriotas.

E então Paulette – Barbara Constantine Ferdinand está sozinho. Após ficar viúvo e depois de seu filho mais novo se mudar com a mulher e os dois filhos para a cidade, a fazenda em que vive produz apenas saudade e memórias. Sua vida pacata e solitária, no entanto, está prestes a ser transformada. Após uma grande tempestade, Ferdinand descobre que a casa de sua vizinha está condenada e praticamente inabitável. Incentivado pelos netos, Ludo e Luzinho, convida Marceline – e sua cadela, seu burro e seu gato – para morar com ele. Pouco tempo depois, seu amigo Guy perde a companheira tão amada, Gaby, e dá a impressão de estar, aos poucos, desistindo de viver. A solução parece ser a vida partilhada na fazenda, que, assim, ganha mais um morador, com novos hábitos e habilidades. Então chegam as irmãs Lumière, com suas manias e histórias, e também os jovens Muriel e Kim. A fazenda volta a se encher de possibilidades e expectativas. E, enfim, chega Paulette…

Vida após a morte – Damien Echols Aos dezoito anos, Damien Echols foi apontado como líder de um grupo satanista e principal responsável pelo assassinato de três garotos de oito anos em West Memphis, no Arkansas. Após um julgamento marcado por falsos testemunhos, provas manipuladas e histeria pública, em 1994 seus amigos Jason Baldwin e Jessie Misskelley foram condenados à prisão perpétua, e Damien foi enviado ao corredor da morte, onde aguardaria sua execução. As irregularidades gritantes no desenrolar do processo, bem como a apatia dos advogados de defesa, chegaram ao conhecimento do público dois anos depois, quando a história conquistou repercussão mundial através de um documentário. Nos anos seguintes, foram produzidos outros três documentários sobre o caso e a causa foi abraçada por celebridades de Hollywood, que se empenharam vigorosamente para que a justiça fosse feita, o que culminou com a libertação do trio de West Memphis em 2011.

A Marca de Atena (Série Os heróis do Olimpo Vol. 3) – Rick Riordan Na continuação de O filho de Netuno, Percy Jackson e seus amigos semideuses, mais uma vez, enfrentam diversos perigos para tentar salvar seus acampamentos, os deuses e o mundo.

Os diários do semideus (Série Os heróis do Olimpo) – Rick Riordan O volume complementar à série best-seller Os heróis do Olimpo contém três pequenas histórias inéditas e está repleto de relatos heroicos, retratos e entrevistas esclarecedoras com os polêmicos Martha e George.

O fim de todos nós -Megan Crewe A ilha de Kaelyn foi sitiada e ninguém pode entrar nem sair: um vírus letal e não identificado se espalha entre os habitantes. Jovens, velhos, crianças – ninguém está a salvo, e a lista de óbitos não para de aumentar. Entre os sintomas da doença misteriosa está a perda das inibições sociais.

Confira mais lançamentos no Blog da Intrínseca

Novo Conceito

Na Companhia das Estrelas – Peter Heller Em um mundo devastado pela doença, Hig conseguiu escapar à gripe que matou todo mundo que ele conhecia. Sua esposa e seus amigos estão mortos, e ele sobrevive no hangar de um pequeno aeroporto abandonado com seu cachorro, Jasper, e um único vizinho, que odeia a humanidade, ou o que restou dela.
Mas Hig não perde as esperanças. Enquanto sobrevoa a cidade em um avião dos anos 1950, ele sonha com a vida que poderia ter vivido não fosse pela fatalidade que dizimou todos que amava. Hig é um guerreiro sonhador. E tem uma imensa vontade de gente, apesar da desilusão que se abateu sobre ele. Por isso é capaz de arriscar todo seu futuro quando, um dia, o rádio de seu avião capta uma mensagem…

O Momento Mágico – Jeffrey Zaslow Em uma cidadezinha, a 100 quilômetros de Detroit, há uma loja antiga com mais de 78 anos que se tornou um ícone em roupas para casamento e vestidos de noiva. Por ali já passaram mais de cem mil moças: noivas, mães e madrinhas. Seus vestidos vão além de roupas elegantes para mais um cerimônia: eles representam, no imaginário das noivas e de seus pais, a garantia de uma noite de princesa, um símbolo do “feliz para sempre”. Para estas moças, este lugar é, certamente, uma linha divisória: de um lado estão a fé no amor e no romance e, do outro, a ingenuidade e o medo.

Um Gato de Rua chamado Bob – James Bowen É uma tarde de outono em Covent Garden, Londres. Trabalhadores correm para o almoço, turistas brotam de todos os lados e clientes entram e saem das lojas. No meio de tudo isso está um gato. Usando um vistoso lenço Union Jack em volta do pescoço e cercado por uma multidão de 30 espectadores de boca aberta, Bob, o gatinho cor de laranja, sorri — é, sorri — timidamente. Próximo a ele, está seu dono James Bowen, com seu violão surrado, cantando músicas do Oasis. Então, ele para de tocar e se abaixa para Bob: “Vamos, Bob, cumprimente!”, diz. Bob mexe os bigodes, levanta uma pata e a estende para James. A multidão assobia. Não é todo dia que se vê um gato sentado, calmamente, no centro de Londres, aparentemente sem se abalar com o barulho das sirenes, os carros passando e todo aquele movimento — mas Bob não é um gato comum…

O Livro da Loucura e das Curas – Regina O’Melveny Após o desaparecimento repentino de seu pai, Gabriella Mondini enfrenta uma crise: sem o seu aconselhamento, ela não pode mais praticar a medicina. Então, junto de seus dois fiéis servos, Olmina e Lorenzo, ela explora toda a Europa para descobrir para onde — e por que — ele se foi. Seguindo pistas das ocasionais e enigmáticas cartas do pai, ela vasculha as capitais europeias expandindo os horizontes de seu mundo e acrescentando conhecimentos ao imenso livro das curas que está escrevendo. No entanto, ela não conhecerá apenas os limites físicos do continente, mas, também, os mistérios do amor, da perda e da mortalidade. Mistérios que estão no coração de cada alma viajante, especialmente na alma de seu pai.

Caramba! Nem acredito que tenha tantos lançamentos em apenas um mês!

E então, quais as apostas de vocês? Eu sou lerda na leitura mas minha paixão por livros não diminui. Estou super ansiosa para ler Entre o agora e o nunca de J. A. Redmerski (Suma de Letras); O pessegueiro da Sarah Addison (Planeta) e A Peculiar Tristeza Guardada Num Bolo de Limão de Aimee Bender (LeYa) . A Galera Record veio com tudo neste mês e com certeza quero ler O futuro de nós dois de Jay Asher e Carolyn Mackler; Abandono de Meg Cabot e Como dizer adeus em robô de Natalie Standiford.
Alguém já leu Confissão da Paula Pimenta? Parece bacana, né? Li apenas o primeiro volume da série Fazendo Meu Filme e amei (pretendo dar continuidade sim!)!
Não tem jeito a não ser apostar em nossos desejos, quebrar o cofrinho e fazer a festa na livraria! Aproveitem para marcar os livros mais desejados na wishlist e mostrar para o(a) namorado(a)! #ficadica.
Beijos di moça!

@blogdimoca no Instagram!

Di Moça :: Colecionando sonhos e palavras! - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2015 - Ilustração por Juliana Rabelo